sábado, outubro 09, 2010

Jesus Cristo é o Caminho a Verdade e a Vida


Devo Ir e Pregar o Evangelho a toda a Criatura



2 Rs 14:25; At 10:45; 11:18; 27:1,5,16,44; Mt 12:40,41; 16:4; Jr 1:4-10; 18:7-10; Sl 16:8-11; 139:1; Rm 9:14,15,33; 10:20; 11:36; Lc 11:29-32; Ef 6:12; Mt 8:26; Jn 1:5; Jo 8:29; Jn 1:12; Jo 2:19,20,22; 3:14; 8:28; 12:32; 15:1; Jn 1:17; Mt 17:23; Jn 2:10; 3:4; Gn 8:15; 19:24,30; Jn 4:1; Mt 10:31; 12:12; Jo 3:16;

Deus está atento à malícia dos governantes e do povo que dirigem, ir pregar o evangelho é ir contra o diabo e sua teia, porque como uma aranha é pequena mas tem uma teia grande em relação ao seu corpo, o diabo tem os principados, as potestades, os príncipes das trevas deste século e as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Muitos servos de Deus foram mortos, por aqueles homens que fazem parte dos que rejeitam o Senhor Jesus Cristo, como único Rei eterno.
Jonas se deitou e dormia um profundo sono, mas estava em desobediência ao seu Criador, Jesus Cristo estava dormindo, mas o Pai Celestial estava com Ele, porque o Filho Unigénito de Deus, fazia sempre o que agradava ao Seu Pai.
Jonas, ao ser engolido pelo grande peixe, sofreu o seu próprio castigo, e se Deus não o tivesse livrado, poderia ter ido parar ao inferno.
Mas o Cristo morreu em lugar do Jonas e de todos os descendentes do Adão, Ele ressuscitou e é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores eternamente.
Portanto todo aquele que crer Nele e O receber, como seu Rei, Senhor e Salvador, não será destruído, mas tem a vida eterna, porque passa a ser uma vara ligada com o Cristo, que é a videira verdadeira.
Os filhos de Deus devem exaltar e adorar a Jesus Cristo, juntamente com o Pai Celestial, e o Espírito de Deus é adorado quando adoramos o Pai e Seu Filho Jesus Cristo.
Os Seus discípulos só conheceram verdadeiramente quem Ele era, quando o adoraram, depois da Sua ressurreição.
Os Seus inimigos O levantaram para O matar, mas nós Seus servos, O levantamos para O glorificar.
Jonas esteve três dias e três noites nas entranhas do grande peixe, e o Cristo ressuscitou ao terceiro dia.
Deus falou ao grande peixe, e ele vomitou a Jonas na terra, o Pai Celestial também ressuscitou o Senhor Jesus Cristo, e o levou para o céu.
Jonas dizia que faltavam quarenta dias para a destruição da cidade de Nínive, e S. Pedro diz que, haverá um denominado, dia de Deus, em que os céus em fogo se desfarão, e os elementos ardendo se fundirão; os céus passarão com grande estrondo, e os elementos ardendo se desfarão, e a terra e as obras que nela há se queimarão.
O Espírito de Deus, usou a mensagem de Jonas, de tal maneira, que logo no primeiro dia, todas as pessoas se converteram do seu mau caminho, e da violência que havia nas suas mãos.
Também o rei de Nínive se arrependeu, e se tornou um pregador do reino de Deus, todos se converteram, e até os animais foram forçados a jejuar, não comeram, nem beberam durante tempo indeterminado.
Então Deus, vendo os seus actos de arrependimento e de conversão, se arrependeu e não destruiu a cidade.
Nas cidades de Sodoma e Gomorra, ninguém se arrependeu, só o Lot e as suas duas filhas é que foram salvas.
No tempo de Noé, só a sua família é que foi salva, e repovoaram a terra.
Jonas ficou ofendido com o Pai Celestial, se Jonas fosse Deus, teria destruído a cidade, mesmo que eles se tivessem arrependido, mas Deus é piedoso, longânimo, e grande em benignidade baseado no facto de que haveria de mandar o Senhor Jesus Cristo para morrer em nosso lugar, parece que Jonas se tinha esquecido disso.
Deus não lhe tinha revelado toda a mensagem, talvez para provar se Jonas Lhe seria fiel, apesar de que as coisas não lhe correriam como ele tinha pensado, certamente Jonas nunca pensou que um povo tão violento se pudesse converter ao Deus de Israel.
Uma pessoa ofendida fica deprimida, com desejo de morrer, mas se depois, continuar a sua vida, verá que a palavra de Deus, é sempre verdade, mesmo que não compreendamos a totalidade do Seu projecto.
Apesar de tudo, Deus continuou a ajudar o Jonas, mas ele nunca agradecia, o bem que Deus lhe fazia, ele devia ver a parte boa da vida, mas só via o mal que lhe acontecia.
Ficou alegre por causa da vida lhe estar a correr bem, depois de ter sofrido muito, dentro do grande peixe, agora tinha a sombra da aboboreira, mas ele não agradeceu, nem pediu a Deus que a mantivesse viva.
Mas a vida de Jonas, começou a correr mal, mais uma vez, e ele ficou novamente ofendido e deprimido, desejando morrer, e sair daquele corpo, que tinha desmaiado, e novamente reanimado.
Jonas ficou incomodado pela perda da aboboreira, porque ela, lhe fazia falta, mas as pessoas da cidade de Nínive, não lhe faziam falta, pensava ele, porque não as amava e até achava justo que Deus as matasse de uma só vez, porque as odiava e tinha medo delas.
Mas Deus via os espíritos daquele povo e sabia que se iam converter, se ouvissem a Sua mensagem.

Meditámos sobre a graça de Deus, Pai, filho e Espírito Santo, baseada na morte e ressurreição de Jesus Cristo.









Sem comentários:

Uma Murmuração

Anciãos ou Presbíteros Eram os mesmos que os Bispos (Comentários estão entre parêntesis e tiveram a ajuda da Sociedade Religiosa Edições V...