terça-feira, abril 08, 2008

O Homem é Justificado pela Lei da Fé


Crêem que São Justificados Diante de Deus

Mt 6:8-15; Lc 18:9-14; Jo 3:1-8; Rm 6:1-14; Devemos apresentar-nos a Deus, como vivos de entre os mortos, porque consideramos que ao recebermos Jesus Cristo como nosso Rei, Senhor e Salvador, recebemos o poder de sermos feitos filhos de Deus, por meio de adopção, porque fomos escolhidos e elegidos para sermos adoptados, mas como estávamos mortos, então ao sermos adoptados, é como se ressuscitássemos juntamente com o Filho Unigénito de Deus, fomos justificados, não pelas nossas obras, mas pela ressurreição de Jesus Cristo.
Portanto não devemos desprezar as outras pessoas, pensando que somos mais importantes diante de Deus, do que elas, se já somos filhos de Deus, é por causa do que Jesus Cristo fez em nosso lugar.
Se não roubamos, se somos justos, se não adulteramos, se jejuamos duas vezes por semana, se damos os dízimos dos lucros de tudo quanto possuímos, isso é bom, mas não é suficiente para nos colocar no reino de Deus, se não nascermos da água e do Espírito, nem podemos ver o reino, nem entrar nele.
Mt 18:19-35; Rm 12:19-21; Gl 6:7-9; Depois de nascermos de novo, devemos deixar-nos guiar pelo Espírito de Deus, Ele ficou em lugar do Senhor Jesus Cristo, é Ele que é, o nosso Mestre e nos ajuda em tudo.
Também um irmão deve perdoar sempre ao outro irmão que o ofendeu, perdoar é concordar que Jesus Cristo já pagou o castigo de qualquer pessoa que me ofender.
Deus foi generoso para comigo, mandando o Seu Filho Unigénito para sofrer o meu castigo, então eu devo sofrer o castigo que um irmão me quer dar, ainda que seja injusto, é claro que Deus não se deixa escarnecer, mas tudo o que uma pessoa semear isso há-de ceifar, é Deus que faz vingança, se a pessoa não se arrepender vai sofrer.
A lei do perdão foi instituída por Deus, e é para todas as pessoas cumprirem, ela demonstra compaixão, e amor, se uma pessoa não usar esta lei, automáticamente está a usar a lei do pecado e da morte, e isso submete-a aos ataques de espíritos atormentadores.
Oração: Pai celestial ajuda-me a perdoar, as pessoas que me ofenderam, julga-as tu e dá-lhes o castigo que merecem, porque Tua é a vingança. Ámen, no nome de Jesus Cristo.

Receberemos um Novo Corpo

(Gn 1:1-4; Rm 5:5; 8:11,14,26; 15:19; 1 Co 15:50-58; Sl 119:25,107,149,154,156; 143:11; 2 Co 3:6; Jo 14:17,26; 15:26; 16:13;20:22; Is 53:4,...