terça-feira, abril 29, 2008

Deus Deseja que Comamos o Melhor desta Terra


Mantimento

Gn 1:29,30; 2:17; Jo 1:17; 16:12; Hb 1:1; No princípio Deus determinou que o ser humano, alimentaria o seu corpo com sementes, frutos e outros vegetais, mas não devia comer da árvore da ciência do bem e do mal, senão morreria.
Gn 9:1-6; Depois do dilúvio, o ser humano já poderia alimentar o seu corpo, com a carne de todo o animal da terra, e com toda a ave dos céus, e com todos os peixes do mar, mas a carne deveria ser sangrada. A pouco e pouco o Altíssimo ia revelando novas coisas ao ser humano, conforme eles podiam suportar.
Lv 11:1-47; No tempo de Moisés, Deus deu a lei dos animais e das aves, e de toda a alma vivente que se move nas águas e de toda a alma que se arrasta sobre a terra; para fazer diferença, entre o imundo e o limpo, e entre os animais que se podem comer, e os animais que não se podem comer.
Dn 1:1-21; Daniel só comeu vegetais e água, para não pecar contra Deus, comendo da comida sacrificada aos deuses de Babilónia.
Rm 14:2; Mas S. Paulo diz que a pessoa forte na fé, crê que pode comer de tudo.
1 Tm 4:1-5; Tt 1:15; Porque pela palavra de Deus e pela oração, todas as comidas são santificadas.
Portanto actualmente os filhos de Deus podem comer, pela fé de que nada lhes faz mal, desde que tenha a bênção do nosso Criador.


Pv 15:17; 1Tm 6:17; O acto de comer, seja legumes ou carne, deve estar acompanhado de amor e louvor ao Altíssimo, porque Ele nos dá abundantemente todas as coisas para delas gozarmos.
Lc 15:23-29; Nesta parábola, Jesus Cristo não proibe comer carne de bezerro, nem de cabrito.
Dt 1:1; 14:1-21; Moisés, achava que o animal que tem a unha dividida em duas partes, e que remoi é que devia ser utilizado para alimento do corpo humano.
Da água, só deveriam comer o que tem barbatanas e escamas, etc..

Receberemos um Novo Corpo

(Gn 1:1-4; Rm 5:5; 8:11,14,26; 15:19; 1 Co 15:50-58; Sl 119:25,107,149,154,156; 143:11; 2 Co 3:6; Jo 14:17,26; 15:26; 16:13;20:22; Is 53:4,...