sexta-feira, julho 27, 2007

Foi Uma Desgraçada

Atália Filha de Acab

Sétima Governante de Judá
2 Rs 8:26; 11:1-20; 2 Cr 24:7; Jo 8:44; Atália era uma pecadora, não tinha nascido do Espírito de Deus, e obedecia ao seu pai, que era o diabo; mas devido ao facto de os governantes de Israel e de Judá serem postos a governar porque os seus familiares já estavam no governo anteriormente, ela dominava sobre o povo;
1 Sm 9:1,2; 10:17-27; At1;15-26; 15:22; Mas no princípio, não era assim: saúl era da tribo de Benjamim e foi escolhido por Deus, ele nem queria ser rei, mas o povo recebeu-o, como foi na escolha de Matias e de José, que foram escolhidos pelos apóstolos, e depois a Igreja escolheu o Matias, através de um processo material...
1 Sm 16:11-13; 1 Cr 2:1-15; O segundo rei também foi escolhido e ungido por Deus, mas não era da tribo de Benjamim, era da tribo de Judá, portanto não creio que a transmissão do direito e dever de ser rei, deva ser pelo facto, de que o seu pai, ou familiar, já o era;
Atália era ímpia, não acreditava no Deus de Abraão, por isso permitiu que seus filhos arruinassem a casa de Deus, e todas as coisas sagradas do seu Criador.
Gn 3:21; Is 61:10; Rm 4:1-8; Fp 3:9; 1Jo 1:8-10; Se ela se tivesse arrependido e tivesse pedido perdão a Deus, o Altíssimo tê-la-ia perdoado e purificado de toda a sua iniquidade.
Jd 1:10-16; Mas foi morta, antes de se arrepender; ela dizia mal do seu Criador, corrompeu-se seguindo deuses estranhos, deuses não anunciados por Moisés.
Entrou pelo caminho de Caim, e foi levada pelo engano do prémio de balaão, e pereceu na contradição de Coré; era uma mancha nas festas de amor, comia com as outras pessoas, tinha boa aparência perante elas, mas não temia o seu Criador, era uma nuvem sem água, levada pelos ventos, de uma parte para outra, não tinha fé no Altíssimo, na Luz espiritual, era uma árvore murcha, infrutífera, duas vezes morta e desarraigada.
Era uma onda impetuosa do mar, que escumava as suas próprias abominações, era uma estrela errante, que está eternamente nas trevas negras e terríveis.
Ela queixava-se da sua sorte, mas andava na sua sensualidade, dizia coisas muito importantes sobre si mesma, mentiras para comover e enganar a quem a ouvia, elogiava as pessoas quando estavam no seu plano de roubar, matar e destruir.
Sl 58:3,4; Atália andava errada desde que nasceu, falava mentiras e as seguia, tinha veneno, semelhante ao veneno da serpente, era como uma víbora surda, para não ouvir a voz dos encantadores.
2 Rs 11:1; Sl 73:1-28; Gl 6:6,7; Houve um tempo em que parecia que tudo estava acontecer como ela queria, matou toda a descendência real que encontrou, mas estava num caminho escorregadio, num caminho de destruição, Deus não se deixa escarnecer, porque tudo o que o ser humano semear, isso também ceifará; ficou arruinada, quase num momento:
2 Rs 11:13-20; Sl 92:7; Atália ouviu a voz dos guardas e do povo, no templo de Salomão, então foi ver o que se passava, porque não a tinham informado, e ela estava zangada, mas todo o povo da terra estava alegre, ela viu que tinha sido atraiçoada, foi dada a ordem para que Atália fosse morta, mas, só fora do templo, ela fugiu, mas não escapou, cheia de medo morreu.
Sl 140:1-13; 145:20; Mas aqueles que permanecem em Jesus, no caminho do amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança, pedem a Deus que os livre do ser humano mau e violento; que os guarde das mãos do ímpio, pedem a Deus que não permita que os desejos dos ímpios se concretizem, e pedem que a maldade dos seus lábios os cubra, pedem que caiam brasas vivas e espirituais sobre eles, que eles sejam lançados no fogo espiritual, em covas profundas, para que se não tornem a levantar.

Receberemos um Novo Corpo

(Gn 1:1-4; Rm 5:5; 8:11,14,26; 15:19; 1 Co 15:50-58; Sl 119:25,107,149,154,156; 143:11; 2 Co 3:6; Jo 14:17,26; 15:26; 16:13;20:22; Is 53:4,...