domingo, fevereiro 07, 2010

Falemos com Deus em Mistérios


Procurai com Zelo

A nossa intenção é obtermos mais fé, para falarmos em mistérios com Deus, então falando em língua estranha, ensinamos a nós mesmos, o que significam esses mistérios.

Mc 16:17; E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas;
1 (oração) Pai Celestial, eu devo falar novas línguas espirituais, porque eu creio, na ressurreição do Teu Filho Unigénito, já fui baptizado na água, e no Teu Espírito, como no dia de pentecostes, o Teu Santo Espírito, veio como um som veemente, e como línguas de fogo, e todos foram cheios do Teu Santo Espírito, e esse facto deu-lhes a capacidade de falarem noutras línguas....
Jo 4:24; Deus é Espírito, e importa que os que O adoram, O adorem em espírito e em verdade.
2 (oração) Pai Celestial, o meu espírito te adora em línguas, e creio que isso é adorar-Te em espírito e em verdade.
At 2:4; E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.
3 (oração) Pai Celestial, é o Teu Santo Espírito, que me permite que eu fale em língua estranha, e isso para mim é um privilégio, por isso te agradeço por tudo o que me tens revelado, acerca deste assunto, mas eu sinto que o diabo, procura fazer de tudo para que eu e as pessoas da Tua igreja, não falemos língua estranha, porque ele não percebe o que dizemos, e não pode impedir-me de me ensinar a mim mesmo, enquanto falo em língua estranha.
At 10:46; Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus.
4 (oração) Pai Celestial, os gentios, ao ouvirem a pregação de S. Pedro, encheram-se do Teu Espírito, que veio sobre eles, os teus filhos explicaram que o Teu Espírito, que tinha descido sobre os gentios, era uma dádiva Tua, que tinhas prometido ao Senhor Jesus Cristo, para continuar a obra iniciada por Ele.
Os fiéis que eram da circuncisão sabiam que os gentios, tinham recebido o Teu Espírito, porque eles começaram a falar línguas e a magnificar-Te, Pai Celestial, como tinha acontecido no dia de pentecostes, pela primeira vez.
Eles receberam o Teu Espírito e falaram línguas e magnificaram o Teu nome, antes de terem sido baptizados na água.
At 19:6; E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam.
5 (oração) O S. Paulo também recebeu o Teu Espírito e ficou cheio Dele, antes de ser baptizado na água, penso que ele deve ter falado em línguas porque ele disse que falava mais línguas do que todos os crentes da igreja de Corinto.
Pai Celestial, em Éfeso, os crentes não sabiam nada sobre o Teu Santo Espírito, mas S. Paulo baptizou-os como o Senhor Jesus Cristo tinha dito, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, depois Paulo pôs as suas mãos sobre os doze varões e o Teu Santo Espírito veio sobre eles, e falavam línguas e profetizavam.
1Co 12:10; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
6 (oração) Pai Celestial, depois do Teu Santo Espírito, ter vindo sobre os crentes, estes deviam falar, usados, e guiados pelo Teu Santo Espírito, então
S. Paulo explica que o Teu Espírito nunca falaria contra o Teu Filho Unigénito, Jesus Cristo, mas tinha vindo para O defender.
O Teu Espírito era em Si Mesmo, uma dádiva Tua, mas vinha dar-nos outras dádivas, e ministérios que eram apóstolos, profetas, doutores, operadores de milagres, operadores de curas, faladores de línguas para darem mensagens, intérpretes, etc..
1Co 13:1; AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse caridade, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
7 (oração) Pai Celestial, apesar de as dádivas do Teu Santo Espírito serem muito úteis, havia uma dádiva mais importante, que é como óleo num motor, sem o óleo o motor depressa se estragaria, e sem o amor, a igreja não funcionaria.
1Co 14:2; Porque o que fala em língua estranha não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
8 (oração) Pai Celestial, viver em amor, sigifica perdoar, e deixar contigo a vingança, e pregar o Teu evangelho é muito importante, mas S. Paulo fala outra vez para aqueles que receberam a dádiva, ou capacidade de falarem contigo, em língua estranha, ele explica que esse idioma é para ser utilizado quando falamos contigo, e também o crente se ensina a si mesmo, quando fala contigo, em língua estranha, mas falar às pessoas deve interpretar.
1Co 14:4; O que fala em língua estranha edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.
9 (oração) Pai Celestial, para que todas as pessoas se ensinem a elas mesmas, o Teu Espírito é obrigado a dar a todas elas, o mesmo dom, de falarem língua estranha, e todas elas devem procurar com zelo, o dom de falar em língua estranha.
Se uma pessoa endemoninhada falar em língua estranha, inspirada pelo diabo, não se edificará, porque o diabo só ensinará o mal a esse espírito humano, usado por satanás, mesmo que diga, que está a falar em nome de Jesus Cristo, estará a errar, porque não tem o Teu Santo Espírito a guiá-lo.
Então o diabo deve ser expulso, para que esse espírito humano, possa falar em língua estranha, inspirado pelo Teu Espírito, Pai Celestial.
Mas há o dom de falar em línguas estranhas para dar uma mensagem, então é necessário o dom de interpretar, e há o dom de falar em línguas estranhas para que a pessoa se edifique a si mesma, então não precisa do dom de interpretar, mas pode fazê-lo para receber maior bênção.
1Co 14:5; E eu quero que todos vós faleis em línguas estranhas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas estranhas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.
10 (oração) Pai Celestial, S. Paulo está a explicar que, quando eu pregar o evangelho, a portugeses, devo fazê-lo no idioma português, porque se pregar em língua estranha, eles não perceberão, a não ser que eu, ou outra pessoa, interprete o que foi pregado.
1Co 14:12; Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja.
1Co 14:13; Pelo que, o que fala em língua estranha, ore para que a possa interpretar.
1Co 14:18; Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos.
1Co 14:39; Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas.
Rm 8:27; E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
Hb 2:4; Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?
11 (oração) Pai Celestial, o Teu Santo Espírito, tem muitas dádivas, e Tu já nos abençoaste com todas as bênçãos espirituais, nos lugares celestiais em Cristo, portanto devemos usar o máximo dessas dádivas para edificação da Tua igreja.
Então podemos pedir-Te que nos dês, o dom de interpretar, ou outras dádivas, e não devemos impedir ninguém de ter e usar essas dádivas, seja língua estranha ou outras.
O Teu Santo Espírito, é que nos ajuda em tudo e também, nos inspira, se lhe pedirmos, para falarmos em língua estranha, e para interpretar etc..

Meditámos sobre os mistérios que Deus revela àqueles que falam com Ele em língua estranha, e verificámos que ninguém deve proibir as outras pessoas de falarem em língua estranha.









Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...