sábado, maio 26, 2007

Quando o Verbo de Deus Chega a Febre Foge

Título








Saúde pelo Sistema Natural e Divino






























Ficha Técnica


Os textos bíblicos apresentados neste livro, são reproduzidos com autoriza­ção da Sociedade Bíblica de Portugal, bem como os seus respectivos direitos de autor.

O autor começou por escrever poesia com 14 anos. Fez os seus estudos pelo Instituto Bíblico “MoodY”, sobre toda a Bíblia.

Fez cursos sobre: Arrependimento, Fé, Regeneração, Justificação, Adopção, Oração, Santificação e Verdade Bíblica.

Fez o Curso de Teologia Pastoral e mantém a sua fé no Verbo de Deus, o Senhor Jesus Cristo.

















Prefácio



O meu propósito ao escrever este livro sobre cura bíblica e fé, é que as pessoas o leiam obtenham saúde e prosperidade, e principalmente, que recebam o Senhor Jesus Cristo como seu Rei Senhor e Salvador. Este Livro, é o resultado de quarenta anos de estudo da Bíblia. Se não o escrevesse, prejudicava a Igreja de Deus. Por isso, achei útil semear palavras que julgo serem importantes.
Este livro é como uma semente de amor que certamente produzirá boas obras.
Como todos os livros, têm a sua missão, este irá alcançar o espírito dos que o lerem com atenção e oração a Deus.
Leia este livro como se fosse escrito por si e para si. Creia que o Deus invisível estará à sua volta e dentro de si, para fazer da sua vida uma bênção.
Não desanime nos dias piores, que são como parte de uma viagem pelo meio do mato. Você vai chegar a casa do Pai Amigo no tempo oportuno.
Estamos vivendo no planeta terra, à volta do sol, mas o que nos acontecerá no futuro, Deus sabe. Espere o melhor, mas seja prudente.
Tudo o que semear, ceifará. Então ame e perdoe e procure esquecer o mal.
Estou muito agradecido por todos os homens e mulheres que me ensinaram, durante estes quarenta anos.
Não cito nomes para não esquecer algum Obrigado amigos/as, por me terem ajudado.














CAPÍTULO I

A CURA




(Num. 12:1–16). Miriam, irmã de Moisés, foi curada da lepra ao fim de sete dias.
A lepra veio como castigo, por ela ter atacado a autoridade de Moisés, o grande libertador do povo de Israel.
Ela tomou o lugar de Deus, julgando o seu irmão por ter casado com a mulher cushita.
A Miriam devia ter orado a Deus, e devia ter falado com o Moisés a sós. (Mt.18:15; Ef.6:12).
Deus usou o cérebro antigo da Miriam, para produzir aquela lepra, mas depois o usou para a curar, ao fim de sete dias. (Job 5:18).
Este problema serviu como aviso, da parte de Deus, para mostrar, que a autoridade de Moisés vinha de Deus, e só Ele devia castigá-lo.
Não devemos tomar o lugar de Deus, na vida do nosso semelhante.
A pessoa que quer ser curada, deve confessar a palavra de Deus, logo que se sinta doente, e deve lembrar-se que Deus vê o seu pecado. Ele sabe que você transgrediu a lei do Amor.
Deve lembrar-se que Deus vê a sua transgressão. Deve arrepender-se e aconselhar-se com o seu supervisor, para que através da Bíblia, ele lhe mostre como deve perdoar e ser perdoado, para que o seu cérebro antigo funcione para seu bem.
Se a doença é antiga, deve meditar todos os dias neste livro ou ouvir cassetes sobre cura bíblica.















A Cura


O Senhor Espírito Santo está-nos falando através da Bíblia, para que todos sejam curados.
Deus quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da Verdade.
(I Tm. 2:4). Na salvação está incluída a cura.
Deus me tem curado de toda a enfermidade, usando o meu cérebro antigo, mas preciso de meditar neste livro sobre Cura Divina, para que o meu subconsciente, se liberte de algumas coisas que não estão de acordo com a vontade de Deus.
Se Deus não desse à humanidade o direito de vencer as doenças, já não existia ninguém sobre a terra, mas todas as pessoas e animais são curados porque o Senhor Jesus Cristo levou o castigo que o homem merecia.
Até mesmo as pessoas que são curadas usando medicamentos, são curadas pelo sangue do Senhor Jesus Cristo.
A sua fé consiste em crer que ao tomarem o medicamento, poderão ser curadas; é Deus que cria todas as plantas e medicamentos através dos homens.
Mas se a pessoa é curada e não se salva pela morte do Senhor Jesus Cristo quando morrer ficará longe Dele, e isso representa o sofrimento eterno, como quem é queimado eternamente.
Se você julgou alguém, arrependa-se. O trabalho de julgar o homem só pertence a Deus. O seu trabalho é orar a Deus pela pessoa, e repreender o diabo, que a enganou. Fale com o ofensor para que se reconcilie com a outra pessoa para que a parte emocional dele, não fique aprisionada.
Não devemos pôr em perigo a autoridade dos chefes. (Rm. 13: 1-7). Devemos querer, não só ser curados, mas também salvos, por receber o Senhor Jesus Cristo como nosso Rei, Senhor e Salvador.












A cura

Vimos que Deus quer curar-nos e nos restabelecer a saúde.
A Miriam aprendeu com o que sofreu, mas foi curada.
Deus quer perdoar-nos, mas nós devemos arrepender-nos e temos obrigação moral, de confessarmos a Ele o nosso pecado. Deus tem misericórdia, até dos que ainda não estão salvos.
Não devo julgar o meu próximo, mas devo orar a Deus e repreender o diabo. Não devo pôr em risco a autoridade dos homens que estão em eminência.

Capítulo 2
A Cura do Rei Ezequias

Analisemos a Bíblia, sobre a cura do Rei Ezequias.
(2ª Rs.20:1-11; Is.38:1-22; 2ª Cr.32:24-26).
Deus disse-lhe que ele iria morrer dentro de pouco tempo. Ele ora ao Senhor sobre o assunto. Ezequias chorou, e pediu a Deus que se lembrasse que ele viveu uma vida santa.
Deus respondeu-lhe, pois tinha ouvido a sua oração, tinha visto as suas lágrimas, e disse que o iria curar.
Deus ordenou que colocassem uma pasta de figos, sobre a chaga.
Aquela ferida aberta, levá-lo-ia à morte.
Deus curou-o exaltando Ezequias perante os olhos de todas as Nações. Mas ele não louvou ao Senhor, ficou a pensar que foi pela sua própria força que venceu.
O Rei Ezequias era muito rico. Ele tinha o seguinte:
ouro, prata, pedras preciosas, trigo, mosto, azeite, ovelhas, vacas, e outros animais. Usava a água do rio Gion, que era um dos braços do rio que saía do Éden. (Gn.2:11-14).Mas exaltar-se a si mesmo em vez de exaltar a Deus, foi mau para ele.
(Sl.30:1). Se Deus nos exaltar devemos exaltá-lo A Ele.
(Sl.34:3).Devemos engrandecê-lo, dizendo-lhe o seguinte:
Senhor Deus de Abraão de Isaac e de Jacob Tu És omnipotente, omnisciente, omnipresente, imanente, e transcendente, te louvo porque me exaltaste e me abençoaste.
(Mt.23:12;Lc14:10,11).
A pessoa que não exaltar a Deus, mas a si mesmo, será humilhado, ficará doente e poderá morrer.






A Cura do Rei Ezequias




(At.5:30,31).O Senhor Jesus Cristo se humilhou perante Deus, e diante dos governantes, e Deus O exaltou.
Ele podia agir como Deus, mas actuou como Homem. Deus o exaltou soberanamente, lhe deu um Nome que é sobre todo o nome.
(Tg.4:10;1ª de Pd.5:6,7). A seu tempo Deus exaltará aqueles que O exaltam, e lhe entregam toda a ansiedade, usando a sua fé.
O rei Ezequias não entregou o seu louvor a Deus, ele foi humilhado, por uma chaga que quase o matava, e mataria se não tivesse chorado
e orado a Deus.
(Ex.11:5-7;9:6,25,26;10:22,23;15:26). As doenças vêm sobre todos, porque todos são imperfeitos. Mas O Senhor promete que não mandará doenças sobre nós. Devemos crer que Ele fará o mesmo que fez ao povo de Israel, que estava no Egipto.
O rei Ezequias pecou contra Deus, não lhe entregando a glória e o louvor, que Lhe pertence. Arrependeu-se a tempo e foi curado.
Se alguém nos elogiar, digamos a Deus o seguinte:
_Senhor Deus foste Tu que me criaste e usaste esta pessoa para me louvar, mas eu entrego a Ti todo o louvor e glória, porque tudo é teu e foste Tu que tornaste possível, a minha boa obra, me deste paciência e sabedoria e todos os teus dons.



















Capítulo 3

As Mãos de Deus curam?



(Job 5:18). O Senhor Jesus Cristo ao sofrer o meu castigo, trouxe-me a paz com Deus e a salvação, na qual está incluída a cura da alma e do corpo.
Quando Jesus tomou sobre si mesmo, a minha grave injustiça, que eu já tinha herdado do Adão, Ele me libertou das maldições, do diabo, e de todo mal, que há no Reino das trevas. (Isaías 53:5,6;Ef. 1:3). A bênção da cura Divina, começa no espírito, passa para a alma, e vem para o cérebro antigo, com o qual Deus faz a cura, baseado no sofrimento do Senhor Jesus Cristo em meu lugar.
No homem ímpio, Deus também actua, se ele não falar negativo acerca da sua enfermidade, pois a sua fé está no medicamento.
A pessoa faz oração baseada na Bíblia, e recebe a cura pela fé, pondo-a em movimento, e anulando a dúvida. Alimentando a fé com a Palavra de Deus, a dúvida perderá a sua força.
Deus criou o ser humano, com capacidade de se curar a si mesmo, ou de se matar a si mesmo. (Sl.45:1).É com a minha língua que escrevo no meu cérebro antigo. As palavras que falo, elas são para meu bem, ou para meu mal.
(Pv.6:12). Á pessoa que mente e semeia contendas, o seu cérebro antigo o fará ficar doente; não obterá cura, a não ser que se arrependa, e aceite O Senhor Jesus Cristo, como seu Rei Senhor e Salvador.
(Tg.3:6). Se o meu cérebro inconsciente estiver cheio da Palavra de Deus, a Bíblia, acerca de cura Divina, eu terei saúde no meu corpo.
A pessoa que não recebeu Jesus, como seu Rei, Senhor e Salvador, e não lê a Bíblia sobre cura Divina e não acredita que vai ser curado, e vai mentindo e falando negativo, sobre si mesmo, o que falar com a sua boca se crer, com o seu coração, é isso que lhe vai acontecer; e por fim irá para o inferno. (Rm. 10:9-11).









As Mãos de Deus Curam?



Isto é parecido com o seguinte:
Uma pessoa a quem fizeram um corte num pé, não quer perdoar. Quando a ferida parece estar curada, ele corta-a outra vez, e assim faz, todos os dias, porque não quer esquecer o mal, que fizeram ao seu pé. Ele quer fazer vingança por suas próprias mãos, tomando o lugar de Deus.
(1ª a Tm.2:4).Deus quer que todos os homens se salvem... portanto Ele quer que todos os humanos sejam curados.
Todos de vem encher-se da Palavra de Deus, sobre cura Divina, mas também devem ser prudentes, comendo e bebendo com louvor a Deus,
Tudo o que Ele criou para nosso bem.
Se tomar medicamento, ou suplemento alimentar, faça-o com fé e louvor a Deus, louve-o pelas pessoas que os produziram.
O seu cérebro antigo deve estar cheio da Palavra de Deus, sobre cura Divina.
Cada pessoa constrói o seu futuro, com as palavras que fala, e com as obras que faz.
Devemos perdoar e ser perdoados, para nosso próprio bem.
Deus quer que todos se salvem e sejam curados.
Ele até trabalha a favor do agricultor, regando a terra e fazendo crescer todo o mundo vegetal.
Todos devemos ser prudentes, sobre o que comemos e bebemos.
Tudo devemos fazer com fé, não dando lugar à dúvida em relação a Deus, porque Ele É perfeito.
Digamos-lhe o seguinte:
Senhor meu Deus te peço que me ensines a usar a fé e não a dúvida.











Capítulo 4


Hoje é Tempo de Curar



Há um tempo em que cada coisa acontecerá , e em que a cura do seu corpo terá lugar.
(Ec.3:3;8:6).Para ser curado há um tempo e um modo. Quando uso a fé na Palavra de Deus, esse é o tempo de ser curado. Estar a viver em Amor, e imaginar-me já curado, e falar isso que imagino é o modo correcto de gozar verdadeira saúde. (Rm.10:8-11).
(2ªaos Co.6:2;7:8-10). O pecado impede a cura. Se a Palavra de Deus nos faz sentir tristeza é sempre para que nos arrependamos e sejamos curados.
Durante um dia tenho tempo para cada coisa. Enquanto dura o mês, o ano, a minha vida, tenho tempo para fazer a vontade de Deus.
Enquanto eu estiver vivo, vai haver tempo, para fazer o que tenha boas consequências. Deve haver tempo, para manter o corpo limpo, alimentado, cheio de saúde, de acordo com a Bíblia, para que possa servir a Deus, ao meu irmão e ao meu próximo; porque vou dar contas a Deus pelo tempo que Ele me entregou, e por tudo que Ele me deu, dá e dará, aqui no planeta Terra.
Devo arranjar tempo para curar os enfermos e expulsar os demónios, e para tudo que a Bíblia diz que devo fazer. (Mc.16:15-20.).
O ímpio usa o tempo para falar palavras negativas, e para arrancar, matar, derribar, chorar, rasgar, aborrecer, etc..
Qualquer pessoa pode usar o tempo para o bem ou para o mal. As crianças precisam de Amor, pensar nisso é útil, tem bons resultados, deve ser posto em prática, cada dia, mês, ano, e em toda a minha vida; para que o bem vença o mal e para que a vontade de Deus se cumpra. Ele quer que todos se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. (1ª a Tm.2:4).
Deus quer que eu tenha saúde, no espírito, alma e corpo, em todo o tempo da minha vida. (3ª de Jo. 2).
O modo de ser curado é enchendo-me de versículos sobre cura Divina.
Se eu pecar devo pedir perdão a Deus e a quem tiver ofendido.
Devo fazer o bem porque tenho melhores resultados, e porque irei dar contas a Deus, de tudo o que Ele me deu, dá e dará.






Capítulo 5

Encha-se da Energia de Deus

O Senhor Jesus Cristo veio restaurar os contritos, que O recebem como seu Rei Senhor e Salvador. Veio consolar os tristes para que louvem a Deus, em vez de se andarem a lamentar.
Veio para animar os que querem segui-lo, para vencerem todas as forças do diabo.
Veio salvar-nos de todo o mal, tornando-nos livres, do pecado, da morte, do mundo, de toda a dor e doença. Livrou-nos de Satanás e de todos os seus servos espirituais, os anjos caídos.
O Senhor enviou O Senhor Espírito Santo que é outro consolador Divino, que nos guia em toda a verdade e nos faz lembrar do que Jesus nos ensinou.
O diabo planeia roubar, matar e destruir a alegria de Deus, no cristão, mas não vai conseguir, porque o Espírito de Deus não vai permitir.
(Mt.12:29,30; Mc.4:3,4,14,15;Jo.14:7-12). O Senhor Jesus Cristo veio prender o diabo, e despojar violentamente a Satanás.
Nós, filhos de Deus, devemos lutar ao lado de Jesus, contra Satanás, sabendo que é um inimigo vencido.
Devemos semear o Evangelho, e pedir que o Senhor Espírito Santo convença os que O ouvem, do pecado de não crerem no Cristo de Deus, que lhes dê convicção da Justiça do Altíssimo, porque o Senhor Jesus Cristo, já está sentado no Trono de Deus, para julgar; e do Juízo porque Satanás já está condenado.
É nosso dever orar pelos cristãos que estão a ser provados, pela doença, dor, sofrimentos no seu espírito alma e corpo, para que a fé não desfaleça, e para que se arrependam dos seus pecados, e voltem a usar a sua fé no Senhor Jesus Cristo.
Nestas provações, é o diabo que procura fazer, que o cristão use a dúvida em lugar da fé, incitando-o a confessar o que sente, no lugar de declarar a Palavra de Deus.
(Lc.22:31,32; 2ª aos Co.2:1-11;12:7). Devemos crer que Jesus nos alegra com o seu Espírito e com a sua Palavra, também usando os santos de Deus, nossos irmãos.
Devemos amar os cristãos e perdoá-los, mesmo aqueles que, por má conduta, tinham sido expulsos da Igreja local, que depois de um tempo de castigo, foram chamados pelo administrador da Igreja, para serem consolados.







Encha-se da Energia de Deus


A Igreja deve declarar-lhes o seu perdão e amor, por escrito ou numa reunião especial.
Mas o cristão deve lutar e amarrar os mensageiros de Satanás, como quando um demónio foi enviado, para espetar um espinho na carne do apóstolo Paulo. Ele foi injuriado, perseguido, angustiado, por amor ao Senhor Jesus Cristo e por pregar o seu Evangelho, mas o reino das trevas tinha que lhe obedecer.
(1ª de Jo.4:12;2ª aos Ts.2:10;1ª a Tm.1:19,20). Devemos ensinar aos cristãos a autoridade da Bíblia, para que eles amem a verdade e saibam amarrar os demónios e o próprio Satanás.
A Igreja de Deus, deve conservar a fé e a boa consciência, deve desaprovar aqueles que não crêem que o Senhor Jesus Cristo é o Messias, o Filho do Deus Altíssimo.
Quando eu pensava como o mundo pensa, estava triste, e longe de Deus. Era uma pessoa normal, mas estava desempregado, havia já quatro meses.
O diabo enganava-me, dizendo que Deus não existe.
Um dia alguém me convidou para ouvir a Palavra de Deus. Fui e ouvi acerca do novo nascimento, que aconteceria, se eu recebesse o Senhor Jesus Cristo, como meu Rei Senhor e Salvador.
Apesar de indeciso, na terceira reunião, em que ouvi a Palavra de Deus, fiz a oração de arrependimento e de recebimento do Senhor Jesus Cristo, como meu Rei Senhor e Salvador.
Agora pela fé, Ele está no meu espírito e também está no céu, porque É omnipresente.
Então Jesus restaurou o meu espírito, fê-lo nascer de novo. Consolou-me e deu-me a sua alegria; desejei louvar a Deus e servi-lo.
Já se passaram quarenta anos, desde mil novecentos e sessenta e dois, porque agora estamos no ano dois mil e dois, e o Messias me tem guardado, na sua mão poderosa. Vai continuar a fazê-lo, através do seu Espírito e dos seus anjos poderosos.
Assim como Ele me abençoou, tem tornado felizes, a milhões de pessoas, desde que ressuscitou dos mortos e foi para o céu. Aleluia!







Encha-se da Energia de Deus



Mas o Salvador continua a dizer:
Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas. (Mt.11:28,29;Dt.32:8-14). O trabalho que o Mestre Divino veio fazer, de dar ânimo, curar os enfermos, alegrar os tristes, etc., continua a ser feito actualmente pelo Senhor Espírito Santo. Ele usa os seus filhos, os humanos que nasceram de novo. Podemos comparar isto com a águia que cuida dos seus filhos e os alimenta.
O Deus vivo e verdadeiro, ama a sua Igreja, que é constituída de israelitas e gentios, esta Igreja é de Deus, Ele a ama carinhosamente.
O Senhor instrui a sua Igreja, e guarda-a como à menina dos seus Olhos. Ele a alimenta com o melhor que a terra produz.
(Jó. 39:27-30). Este Deus por sua inteligência, deu à águia capacidade de voar e de ver a mais de mil metros um pequeno rato.
Foi Deus que tornou possível que as aves se movam no ar, onde o homem só de avião pode andar.
(Is.39:31). Esperar no Senhor Jesus Cristo, lendo a sua Palavra, pregando o Evangelho, etc.,leva-nos a ver espiritualmente, e a voar como a águia, até ao céu. Leva-nos a estudar sem nos cansarmos, e a trabalhar para Deus sem nos fatigarmos.
Jesus veio para nos salvar, morreu em nosso lugar. Nesta salvação está incluída a cura do espírito alma e corpo, porque Ele ressuscitou e está reinando, com base no planeta céu.
Ele nos anima e alegra, faz-nos sentir coisas boas. Livrou-nos de Satanás e de todo o mal, mas devemos mantê-lo amarrado, pelo poder de Jesus, enquanto não for lançado, no lago de fogo enxofre.
O diabo procura entristecer-nos mas não pode, porque o Senhor Jesus Cristo nos ajuda, a perdoar e amar, as pessoas que ele usa contra nós, os filhos de Deus.
O Senhor Espírito Santo vai convencer as pessoas, a quem nós pregarmos o Evangelho de Jesus.








Encha-se da Energia de Deus


A Igreja de Deus deve conservar e usar a fé e deve ter boa consciência, baseada na Palavra de Deus, que nos diz que o Cristo foi morto, ressuscitou, e está reinando sobre tudo e sobre todos, e orando ao Pai por nós, sua Igreja.
Eu, um filho de Deus, estava perdido e fui achado, estava morto e ressuscitei, assim como na parábola do filho pródigo.
O Senhor Jesus Cristo quer abençoar a todos como fez comigo. Só Ele É A Alternativa ao desespero em que o mundo se encontra, por causa da doença, dor, sofrimento, drogas, guerras, fome, etc..
Deixemos para os nossos herdeiros um mundo melhor; preguemos-lhe a Palavra de Deus, como os apóstolos fizeram antes de irem para o céu. Vigiemos e oremos.

























Capítulo 6

Ensinava Pregava e Curava


O Senhor Jesus Cristo ensinava nas sinagogas, pregava as boas Novas.
Dizia que o Reino de Deus tinha chegado, tinha vindo através da sua pessoa Gloriosa.
Ele curava todas as enfermidades e todas as moléstias e todos os tormentos.
Libertava os dominados por demónios, os lunáticos e os paralíticos e grande multidão O seguia.
A razão porque O Senhor curava todas as pessoas que lhe pediam, era a sua Compaixão. Ele sentia-se mal, ao ver a injustiça, causada pelo diabo, desde a queda do Adão.
Quando Deus criou o homem deu-lhe poder. Ele devia dominar sobre os peixes, aves, gado, répteis, e sobre todos os animais que viviam no planeta terra. (Gn.1:26-31; Sl. 8:1-9).
O homem é um pouco menor que Deus. Ele pode dominar tudo, inclusive o vírus, que é tão pequeno que pode atravessar o poro, da pele do animal.
Deus pode criar, através do corpo humano, o antídoto para matar os vírus que causam as infecções, e para matar todas as doenças. Aleluia!
O Senhor Jesus Cristo pode transformar a água em vinho, multiplicar o pão e o peixe repentinamente. Ele tem domínio sobre tudo.
Alguém poderá perguntar o seguinte:
Se é assim como diz acima, porque é que as pessoas morrem com sida, cancro, e com outras doenças?
Morrem por causa da sua ignorância, acerca do seu direito de serem curadas, pelo sangue de Jesus. Utilizam a dúvida e não a fé, habituaram-se a duvidar, não crêem que Deus existe e É salvador dos que O buscam. Desviam-se Dele, vivem fazendo tudo ao contrário do que a bíblia diz.
Não perdoam a si mesmos nem aos outros e não ensinam a perdoar. Assim adoecem e não podem curar-se a si mesmos. O corpo humano, feito pelo maior de todos os cientistas, criado com todo o poder para expulsar as doenças, fica dominado por elas e morre. Porque é que o crente não é curado e morre? Porque utiliza a dúvida e não a fé, porque não conhece a Bíblia acerca da cura Divina, porque está habituado a falar negativo. (Mt. 22:19).







Ensinava Pregava e Curava




Deus curou-me de dezenas de doenças, porque Lhe peço que me ajude a usar a fé e não a dúvida, e porque encho o meu cérebro de versículos sobre cura Divina.
O Antigo e o Novo testamentos da Bíblia, podiam estar cheios de histórias de pessoas que foram curadas, ressuscitadas, libertadas de espíritos imundos, etc..
O diabo procura impedir que as pessoas façam como eu, porque tem prazer em as ver sofrer, e porque sabe que O Senhor Jesus Cristo sofre com isso. (Mt.27:26-31).
(Mt.7:24-29;1ª a Tm. 2:14).
Como há o perigo de sermos enganados, o Senhor Jesus Cristo deu-nos o exemplo do homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha, que simboliza a Palavra de Deus.
O diabo enganou a Eva e continua enganando o homem, mantendo-o em ignorância, acerca da cura Divina, e de todo o bem que Deus nos quer outorgar. (Mc.13:5; Rm. 7:17;1ª aos Co.3:18;2:10;6:10,11;15: 33. Mas Jesus não quer que ninguém engane os seus filhos.
No caso de Adão e Eva, esta era mais fácil de enganar, por isso o diabo a atacou primeiro.
O pecado engana a pessoa, levando o seu cérebro a produzir doenças e dores.
A Criatura humana é enganada ao pensar que a verdadeira sabedoria, é aquela que se obtém através dos cinco sentidos. A sabedoria que não é revelada pelo Senhor Espírito Santo, apesar de ser boa é incompleta.
A pessoa engana-se a si mesma, introduzindo no seu cérebro, más conversações, más leituras, maus programas de televisão, maus filmes,
Trazendo doença e dor sobre o seu corpo e alma.









Ensinava Pregava e Curava



Devemos por em acção a nossa fé, pedindo a Deus que nos cure, e crendo que Ele sabe o que deve fazer, no tempo próprio.
Devemos ver-nos já curados dizendo o seguinte:
Já me vejo curado livre desta dor, deste incómodo, desta borbulha, deste mal, desta anormalidade, em nome do Senhor Jesus Cristo.
É nosso dever encher o nosso cérebro de versículos sobre cura Divina.
Devemos acreditar que Jesus tem compaixão de nós. Ele sente dor ao ver-nos sofrer.
Devemos crer que aos filhos de Deus foi dado domínio sobre tudo. Sobre os vírus e sobre os outros micróbios, Deus através do nosso cérebro, pode criar o antídoto para matar toda a doença, ou anormalidade.
Devemos crer que O nosso Deus sofreu o castigo que nos trouxe a salvação completa, para o corpo alma e espírito.
Devemos desviar-nos das más conversações.
Não devemos enganar-nos a nós mesmos, vivendo em pecado, ou comendo e bebendo coisas que não nos fazem bem.
Devemos confiar na Bíblia e não naqueles que seriam capazes de matar O Cristo de Deus.
Devemos pregar o Evangelho, curar enfermidades e moléstias e fazer tudo que o Senhor Jesus Cristo faria em nosso lugar.
A sua obra maravilhosa, sua dor ao ver o sofrimento que o diabo causou ao género humano, mostram a sua bondade e cuidado de bom pastor.
O homem é um pouco menor que Deus, Ele lhe deu domínio sobre tudo, incluindo os micróbios; o seu corpo pode curar-se por si mesmo,
Tem esse direito porque Jesus sofreu o seu castigo.
S. Paulo diz que a mulher, incluindo a Eva, é mais fácil de ser enganada pelo diabo. (1ª a Tm.2:14), mas grande parte dos homens,
Vive utilizando a dúvida, e envergonha-se do seu Salvador, e não busca o Deus da Bíblia.
Devemos imitar o nosso Mestre, que sendo tentado a duvidar do Antigo Testamento, não o fez ,mas expulsou a Satanás, que queria ser o seu deus.






Capítulo 7

O Senhor Jesus Quer Curar Seu Corpo Alma e Espírito




O Senhor Jesus Cristo quer curar todas as doenças, pois Ele veio para desfazer as obras do diabo.
A doença é consequência do pecado, que a produz; este pode não ter sido cometido pelos pais ou pelo doente, mas já vem desde o Adão, trazendo toda a espécie de mal. (Jo.9:1-3).
Jesus disse:
“Nem ele pecou nem seus pais, aconteceu assim para que nele se manifestem as obras de Deus”.
(Lv.14:1-32). O Senhor Jesus deu o seu apoio à lei de Moisés, em relação à oferta, depois da cura do leproso. O sacerdote deveria confirmar a cura.
No texto seguinte S. Mateus fala num centurião, que tinha um escravo. Este estava paralítico e com dores.
O centurião reconheceu O Senhor Jesus, como seu Rei Senhor e Salvador, e acreditava que na administração do planeta Terra, no inferno, no Céu, tudo funciona com ordens, que devem ser obedecidas. O Senhor Jesus explicou que a fé do centurião, no facto de a paralisia dever obedecer à Sua ordem, faria que o escravo ficasse curado.
Em Lv.14:1-32, assistimos a uma alegoria da salvação, que O Senhor Jesus veio trazer à Terra.
O sangue de animais puros, fala-nos do sangue Do Senhor Jesus derramado por nós, não só o Seu Sangue, mas também A Água do Seu Corpo foi Vertida até ao fim.
O azeite fala-nos Do Espírito de Deus, que Ele enviou no dia de Pentecostes.
Ao Nome Do Senhor Jesus, todo o joelho se dobra. Por isso a paralisia e as dores, teriam de dobrar os seus joelhos. Os espíritos que as acompanhavam teriam de fugir.(Fp.2:5-11;Hb.1:1-14;Jo.1:1-15).
Deus falou ao seu povo através do Senhor Jesus, A Quem fez herdeiro de tudo. Ele no princípio era o Verbo, que estava com Deus, e era Deus.
Quando estudamos a Bíblia, acerca do Senhor Jesus, verificamos que o centurião, tinha razão no que pensava, acerca da autoridade do reino de Deus.




O Senhor Jesus Quer Curar Seu corpo Alma e Espírito



Filho de Deus, para ordenar que o doente fosse curado, e isso infalivelmente tinha que acontecer. O seu Nome “Jesus” significa Salvador, Ele era conduzido pelo Espírito de Deus. (Mt.1:21;4:1).
O Senhor Jesus ressuscitou e apareceu a mais de quinhentos cristãos, quase todos vivos, no tempo de S. Paulo. Jesus foi para o Céu, para o Trono de Deus. S. Estêvão viu Jesus à direita do Altíssimo. O Cristo Apareceu a Saulo de Tarso, o qual se converteu do Judaísmo, para o Cristianismo.
Ele escreveu, mais ou menos catorze epístolas ás Igrejas de Deus.
S. Paulo, que se chamava, “Saulo” Estava disposto a morrer pelo Senhor Jesus.
Por meio Dele o crente obtém paz com Deus, consigo mesmo, e com o seu próximo.
Jesus É O chefe supremo da Igreja de Deus.
Até hoje, 2002 D.C., Jesus continua a ser pregado, de acordo com o N.T. da Bíblia, continua a conquistar o coração, dos que O recebem como seu Rei Senhor e salvador.
Tudo quanto o verdadeiro cristão faz , fá-lo em nome do Senhor Jesus e para a glória de Deus.
Em oposição ao Senhor Jesus, existe o diabo, que faz tudo o que pode para que a pessoa duvide de Deus, da sua existência e da sua protecção. Para ele e para os seus espíritos, está preparado o lago de fogo e enxofre.
Ele procura arrebatar a palavra de Deus e a fé, do coração daquele que A ouve.
Enganou o Judas Iscariotes para que entregasse O Senhor Jesus aos seus inimigos.
É o pai espiritual dos mentirosos e dos que se opõem a Deus
O diabo oprime as pessoas, com perturbações, pensamentos de doença, e com toda a espécie de pensamentos maus, e com todo o engano de mentira, entra naqueles que permanecem no pecado e lhe dão lugar continuamente, escraviza-os porque rejeitam a palavra de Deus, ou porque seus pais já eram escravos dele.
Faz ciladas para fazer cair as pessoas em tentações.








O Senhor Jesus Quer Curar Seu Corpo Alma e Espírito




Prende-as ,com laços de falta de perdão, ressentimentos, raízes de amargura, etc..
Se a pessoa desobedece à palavra de Deus, está a obedecer ao diabo.
Então devemos levar o Evangelho, conforme O Senhor Jesus mandou, porque o diabo foi aniquilado, foi reduzido a nada, foi-lhe tirada toda a autoridade. (Ap.1:18;3:7;Is.22:22).
O crente que recebeu O Senhor Jesus, como seu Rei Senhor e Salvador, deve sujeitar-se a Deus e à sua Palavra, deve resistir ao diabo, para que ele fuja da sua vida e para que não o engane. Porque ele é o adversário da Igreja de Deus, que convence as pessoas a serem injustas, e a não quererem perdoar. Convence-os a se vingarem e manterem ressentimentos e raízes de amargura.
O diabo é o grande dragão, a antiga serpente, é satanás. Será preso durante mil anos, depois será solto, mas será lançado no lago de fogo e enxofre, onde já terão sido lançados a besta e o falso profeta.
O diabo me enganou, impedindo-me de conhecer a Palavra de Deus, o Evangelho do Senhor Jesus, mas desde 1962 D.C., mais ou menos, eu recebi O Senhor Jesus, como meu Rei, então Ele me livrou das mentiras do diabo, e me fez nascer de novo.
Agora O Espírito de Deus está em mim, para me livrar de todo espírito
maligno, que procure impedir-me de ser curado, ou de receber as bênçãos de Deus.
Deve o cristão obedecer aos governantes não cristãos?
O Senhor Jesus reconheceu que o presidente Pilatos, tinha poder sobre Ele, como homem, e que esse poder vinha de Deus. (Jo.19:11;At.4:24-28;23:1-3;Rm.13:1-7;1ª a Tm.2:1,2).
O Herodes e o Pôncio Pilatos, os gentios, e os Israelitas, se juntaram contra Deus, e contra O Senhor Jesus, porque O Altíssimo tinha determinado que fosse assim; para que Jesus, fosse feito pecado por nós, e fosse morto em nosso lugar, pagando nosso castigo. Assim os humanos podem reconciliar-se com Deus, por nosso Senhor Jesus.






O Senhor Jesus Quer Curar Seu Corpo Alma e Espírito



Apesar de o cristão dever sujeitar-se ao poder político instituído, na sua Nação, os administradores da Mesma, não devem legislar contra a Lei do Rei Jesus.
Os Governantes de Portugal e dos outros países, devem ter consciência que são ministros de Deus, porque as pessoas da sua Nação foram feitas por Ele, e são Dele.
Os Governantes da Igreja do Senhor Jesus, são os apóstolos, profetas, evangelistas, pastores, doutores, etc..Mas os membros do poder executivo têm outros nomes, tais como:
Ministro da Segurança Social, Finanças, Obras públicas, Justiça, Educação, Ciência, etc.. Mas devem todos lembrar-se que o seu dever, também é elogiarem e ajudarem os justos, e castigarem os injustos, de acordo com as leis do País.
A Igreja de Jesus, deve pedir a Deus pelo poder executivo e legislativo, para que tenham sabedoria, e força para fazerem o seu trabalho, e para se lembrarem que são ministros de Deus e para que a igreja viva
Em piedade e dignidade.
Os governantes políticos devem agir, no sentido de que a Igreja do Cristo, viva quieta e sossegadamente, em paz e tranquilidade, não permitindo que os descrentes ataquem os cristãos.
Alguns Países não têm protegido a Igreja Cristã, e por isso sofreram condenação da parte de Deus. (Ap.2:26; 1ª aos Co.6:1-7).
Um dia a Igreja do Senhor Jesus, guiará as nações e elas seguirão as suas leis.
Este estudo sobre a autoridade dos administradores da nação e da Igreja de Deus, serve para mostrar a autoridade que O Rei Jesus tinha, tem e sempre terá. Não só sobre as nações, mas também sobre satanás, sobre as doenças, e sobre todos os espíritos imundos.
Então o centurião tinha razão ao crer que uma só palavra de Jesus, faria que o seu criado ficasse curado.










O Senhor Jesus Quer Curar Seu Corpo Alma e Espírito




Citámos o facto que a ordem do Senhor Jesus curou o doente.
Usámos uma alegoria da salvação que o Senhor Jesus nos trouxe.
A Bíblia mostra-nos que o Senhor Jesus, ainda hoje tem a autoridade demonstrada na cura do criado do centurião.
Ele continua a curar, através dos seus servos, cheios do Seu Espírito.
Estudámos sobre o opositor, o diabo, o inimigo de Deus e do homem, que será lançado no lago de fogo e enxofre para sempre.
Examinámos o facto de que os administradores políticos, da nação portuguesa, e as outras, são ministros de Deus, e devem gerir a Nação através de leis, às quais eles mesmos devem obedecer.
Isto serviu para ilustrar o facto de que a Palavra do Senhor Jesus deve ser sempre obedecida; porque o seu poder é sobre tudo e está acima de todos; no Céu, na terra, e debaixo da terra; inclusive sobre doenças e seus sintomas.
Certamente há espíritos de dúvida segredando-lhe, aos seus ouvidos, pensamentos contra a Palavra de Deus. Expulse-os em nome do Senhor Jesus.
Peça ao nosso Salvador que o ajude a usar o dom da fé.
Você venceu domina e vencerá em nome do Senhor Jesus.
Ele jamais o deixará, sempre o perdoará; e o ajudará a desculpar os que o ofendem.
Ele o ajudará a esquecer as ofensas, e a amar o seu próximo. Confie Nele e na Palavra de Deus, a Bíblia.
















Capítulo 8


Quando o Verbo de Deus Chega a Febre Foge


O Senhor Jesus viu a sogra de Pedro que estava deitada e com febre; esta não resistiu ao toque do Senhor Jesus e a doença que a produzia foi curada.
Há diferença entre os enfermos e os endemoninhados.
Esta cura foi imediata e completa.
O senhor Jesus expulsava os espíritos. Os dons de curar estavam a ser manifestados Nele pelo Espírito de Deus.
Se a virtude saía do Senhor Jesus, Ele precisava outra vez, de ficar diante de Deus em oração, para se encher da virtude do Espírito de Deus, e para sentir a sua presença gloriosa. (Mc.5:30;Lc.8:46;Ef.5:18;1ª Rs.8:11;Is.11:9;Rm.15:13;Mc.1:29-39;
Jo.4:46;At.28:7-9;Jo.14:12-14).
A ordem é: enchei-vos do Espírito de Deus, e da Glória Dele.
Podemos encher-nos da Palavra de DEUS, de versículos sobre o Pai o Filho e o Espírito Santo.
Podemos ficar cheios com o gozo e paz, usando a fé para pedir ao
Senhor Espírito de Deus que nos faça sentir a Sua presença. Peçamos-Lhe que nos perdoe, as vezes em que não a sentimos e por isso fomos desagradáveis para outros.
Podemos sentir-nos cheios da energia de Deus, através do Seu Espírito e da Sua Palavra.
Os discípulos do Senhor Jesus, falaram-lhe da sogra de Pedro e Ele a curou; não só lhe tocou na mão, mas pegou nela, e levantou a sua sogra. Levou-a a fazer o que ela pensava que não podia.
Depois de curar os enfermos e expulsar os demónios, o Senhor Jesus levantou-se, de manhã muito cedo e foi orar, para se encher da virtude do Espírito Santo, e para sentir a Sua presença.
Observemos outros milagres:
O filho de um régulo estava a morrer, o seu pai dizia: “ele vai morrer”.
O Senhor Jesus disse-lhe para ir para casa, que o seu filho estava curado, portanto não ia morrer.
O régulo cheio de fé na Palavra do Senhor Jesus, foi para sua casa e verificou que na hora em que Jesus falou, o seu filho ficou curado. Podemos confiar na Palavra de Deus, Ele não muda.






Quando O Verbo de Deus Chega a Febre Foge



Observemos mais um milagre:
Na ilha de Malta o pai de públio estava de cama com febres e disenteria, que é um problema nos intestinos. S. Paulo orou por ele, pôs as suas mãos sobre o homem e o curou.
O que Paulo fez foi o cumprimento da Palavra do Senhor Jesus, é Ele que cura através das mãos dos seus servos, que O amam e ás pessoas doentes.
Todas estas pessoas, podiam ter morrido se o Senhor Jesus não chegasse.
A oração da fé salva o doente e o Senhor o levanta através das mãos dos seus servos, mas ignorar a Palavra viva que é o Senhor Jesus é muito mau.
Ainda hoje Ele continua curando, aqueles que conhecem a sua Palavra, é pela fé que o corpo humano fica curado da doença, que o diabo trouxe ao seu corpo. Deus me tem curado dezenas de vezes. Aleluia.
Como posso ajudar uma pessoa caída?
(Lc.10:25-37;Tg.4:17;Is.52:13;53:1-12;Ef.6:16).
Este homem que descia de Jerusalém para Jericó, estava deitado no chão, meio morto; o samaritano chegou perto dele viu-o e teve compaixão; aproximou-se atou-lhe as feridas depois de ter deitado azeite e vinho.
Então levou-o para uma estalagem, e deu do seu dinheiro para pagar a recuperação de um homem que ele não conhecia.
O Senhor Jesus quer que ajudemos aqueles que pudermos, pois Ele diz o seguinte:
“Aquele que sabe fazer o bem e o não faz comete pecado.”
Nesta parábola, pessoas respeitáveis, o sacerdote e o levita, não puderam salvar o homem, mas o samaritano pertencente a uma raça desprezada pelos Israelitas, salvou-o da morte certa.
Esta parábola simboliza o que o Senhor Jesus veio fazer. Ele era desprezado e o mais indigno entre os homens, mas tomou dobre Si as nossas enfermidades, como o samaritano atou as feridas, depois de lhes pôr vinho e azeite. O Senhor Jesus pagou para nos salvar da doença, e da morte eterna.





Quando O Verbo de Deus Chega a Febre Foge



Mas nesta parábola, ainda observamos os salteadores, que simbolizam os espíritos malignos do diabo, estes lançam dardos inflamados, que são pensamentos de doença e outros.
Depois de darmos ao doente a Palavra de Deus, oremos por eles, coloquemos as nossas mãos no lugar doente, ou a própria pessoa o poderá fazer, durante um minuto, mais ou menos, para que a unção do Espírito de Deus, a Sua energia, a Sua virtude, vá sobre eles e fiquem curados.
Levemo-los a fazer o que antes não podiam.
Se for necessário transportemo-los ao hospital para serem tratados pelos técnicos de saúde.
Sumário
Como o samaritano viu o homem caído no chão, meio morto; o Senhor Jesus viu a sogra de Pedro deitada cheia de febre, curou-a sem medicamentos. Ele fez o corpo humano, com capacidade de se curar; se estiver livre da dúvida e de hábitos contrários à fé. Se estiver cheio de confiança na Palavra de Deus, não só curará uma ferida, feita por uma faca, mas todas as doenças, sofrimentos e anormalidades.
Actualmente é o Senhor Jesus que cura através dos seus filhos.
É necessário que Ele esteja no Céu, no Seu trono para tornar possível o equilíbrio do planeta Terra, o crescimento das plantas, a fabricação de alimentos e medicamentos e outros, para que estes supram ao corpo, as substâncias necessárias á sua saúde. Um corpo morto já não tem poder para se curar.
A pessoa sozinha, sem conhecer a Palavra de Deus, e sem ter a ajuda dos médicos, devido à sua ignorância, pode morrer, como um bebé morreria, sem os cuidados necessários.
Mas os espíritos do diabo, lançam dardos inflamados, que são pensamentos de doença.
Devemos por todos os meios, levar os crentes a conhecerem, a doutrina da Bíblia.









Capítulo 9

A Tua Cura Já Começou




Havia um homem paralítico, deitado numa padiola.
O Senhor Jesus diz que perdoa os seus pecados. Esta é a primeira parte da cura. Mas os escribas, acham que só Deus pode perdoar pecados. Como não acreditavam que o Senhor Jesus fosse Deus, feito Homem, achavam que Ele estava a blasfemar, ou a insultar a Deus, fazendo algo que estava destinado só a Ele; tal como julgar, pois Deus É o Juiz.
Se eu quisesse perdoar pecados, em lugar de Deus, estava a blasfemar, porque sou homem e não Deus, mas o Senhor Jesus É Deus. Para os perdoar é necessário apagá-los dos livros do céu, pelo valor da morte do Senhor Jesus. (Mt.9:1-8; Ap.20:11-15).
É tão difícil perdoar, como curar o paralítico; pois o livro onde se apaga, também é no subconsciente do pecador; se estiver limpo, actuará para bem do ser humano, como o do Adão, antes de pecar.
O cérebro do paralítico precisava da ordem do Senhor Jesus, e de ser perdoado; então ficou curado e foi para sua casa.
Se os amigos do paralítico o tivessem levado ao médico, este não se preocuparia com os seus pecados, nem com os pensamentos das pessoas, à volta do paralítico. Não perguntaria, se eles achavam que era fácil curar.
O médico não teria autoridade para perdoar pecados, nem para fazer milagre da cura instantânea; o paralítico não se levantaria, a multidão não ficaria admirada, e não glorificaria a Deus.
Jesus poderia curar o paralítico progressivamente, se ele se enchesse de versículos Bíblicos, sobre cura Divina; podia ser curado se tomasse um medicamento, usando ao mesmo tempo a sua fé.
O Senhor Jesus ensinou que é importante, que o doente peça a Deus , que perdoe os seus pecados.
É o Senhor Jesus que os perdoa pois Ele É o Juiz.
A multidão achou que Ele era homem a quem Deus tinha dado poder, para fazer andar os paralíticos, mas não o receberam, como seu Rei Senhor e Salvador.




A Tua Cura já Começou



Perante o homem paralítico, o Senhor Jesus agiu como verdadeiro Pastor. Este homem acreditou Nele, porque era das suas ovelhas, então não podia ficar preso pela paralisia; O Senhor Jesus trouxe-o para fora, Ele estava diante da sua ovelha, presa no aprisco do diabo.
O homem paralítico precisava de receber o Senhor Jesus, como a Porta para sair da doença, e entrar na saúde; só assim podia ser perdoado e curado.
O diabo trouxera-lhe aquela doença, mas o Senhor Jesus veio dar-lhe a Vida espiritual, que vence toda a doença. Ele veio para dar a sua Vida por aquele homem paralítico, dando-lhe o direito de ser perdoado e curado.
Os demónios são como lobos que roubam, matam e destroem, mas este homem foi salvo pelo Senhor Jesus, que tinha e tem compaixão do doente.
Aqueles amigos do paralítico entregaram-lho, colocaram-no diante Dele. Devido à sua compaixão, o Senhor Jesus não podia fazer outra coisa senão curá-lo.
Os amigos dele estavam usando a sua fé, para o levarem ao Senhor Jesus.
Também a mim, alguém me levou a ouvir a Palavra de Deus, recebi o Senhor Jesus, como meu Rei, Senhor e Salvador, nasci de novo, e ainda hoje sou perseverante em crer, que Deus existe e É galardoador dos que O buscam. Eu tenho buscado e tenho encontrado, Ele me tem curado e libertado de toda a maldição e de toda a obra do diabo.
É meu dever sair de casa e esperar que alguém me peça para orar, por uma pessoa enferma; essa pessoa deve vir com fé, no Deus que a criou, no ventre de sua mãe.
Devo dizer ao doente: não desanime, não tenha medo da doença. Devo encorajá-lo a pedir que Deus perdoe os seus pecados, na certeza de que o Senhor Jesus o perdoará, e o ajudará a perdoar, isso será a primeira parte da cura Divina.
Devo levar as pessoas que estejam à volta, na mesma sala, a pensarem que o doente, vai ficar completamente curado, no tempo próprio, e a não duvidarem de Deus.







A Tua Cura Já Começou




Devo demonstrar que para Deus é tão fácil perdoar, como fazer milagres. (Jo.10:1-21).
É meu dever, anunciar que o Senhor Jesus apesar de estar no céu, tem autoridade para ordenar ao doente que fique perdoado e curado.
O resultado deve ser o facto de Deus ser glorificado, pelos que tiverem conhecimento, do milagre ou cura por Ele operado.
Mencionámos o milagre do paralítico, que em cerca de uma hora, começou a andar, e ficou perdoado dos seus pecados.
Nenhum médico, no tempo do Senhor Jesus, nem actualmente, curaria como Ele curou, porque Ele É Deus. É o único que levou sobre Si mesmo o castigo do pecador, do doente, do pobre, e de todos.
Se o doente foi curado, mas não recebeu O Senhor Jesus, como seu Rei, Senhor e Salvador, ficará perdido eternamente e lhe acontecerá algo pior.
O Senhor Jesus disse a um cego:” vai e não peques mais “. Deus quer que sejamos santos, como Ele É.
Dei o exemplo do bom pastor, que servia de porta ás suas ovelhas, porque o Senhor Jesus É a Porta de saída da doença e de entrada para a saúde.
Ele continua hoje a fazer milagres, através da sua Igreja.
Ressuscitou e está vivo, reinando a partir do planeta Céu.
A Bíblia é a palavra de Deus, suas profecias cumpriram-se no passado, estão a cumprir-se hoje, e sempre se cumprirão.
A pessoa doente não deve desanimar; devo dar-lhe versículos Bíblicos sobre cura Divina e orar por ela com imposição de mãos, ou com óleo santo que simboliza o Espírito de Deus.
O paralítico foi para sua casa, mas certamente a sua vida foi muito mais feliz, se ele manteve a sua fé no Senhor Jesus, se O recebeu como seu Rei, Senhor e Salvador.









Capítulo 10


Uma Mulher Curada e Menina vivificada



Pensemos neste chefe, que indirectamente adorou o Senhor Jesus, dizendo: tu És o Deus que podes ressuscitar os mortos, pondo a tua mão sobre a minha filha, o seu corpo ressuscitará.
O Senhor Jesus ia com este chefe, o Jairo, a sua casa, mas uma senhora queria ser curada.
Ela tinha sofrido muito, durante doze anos, e nesse tempo, havia gasto todo o seu dinheiro, com os médicos, e estava cada dia pior.
Esta mulher já tinha ouvido falar do Senhor Jesus, Ele fazia bem a todos.
Então ela tocou na orla do seu vestido, e ficou curada, mas ficou com medo, do que pudesse acontecer; o Senhor Jesus viu-a e disse-lhe para não desanimar, porque pela sua fé estava curada.
Realmente ela sentiu que tinha ficado livre do fluxo de sangue.
Por fim o Senhor Jesus, chegou a casa do chefe, o Jairo, e disse que a menina não estava morta, mas adormecida.
Então ordenou que as pessoas se retirassem, pegou na mão da menina e ela ressuscitou. (Mt.9:18-26;Mc. 5:22-43;Lc.8:41-56;Tg. 2:26).
Se a filha de Jairo estivesse em estado de coma, não se levantaria imediatamente; se estava morta, não se ergueria; estava adormecida porque o Senhor Jesus tinha transformado a morte em adormecimento.
S. Marcos diz-nos que o nome do Chefe era Jairo, este prostrou-se aos pés do Senhor Jesus.
Também observámos que no caminho para casa de Jairo, uma senhora que tinha um fluxo de sangue, já não tinha esperança nos médicos humanos; a sua fé já estava no Senhor Jesus.
Ela acreditava que receberia a sua cura, no acto de tocar no vestido do Messias.
O Senhor Jesus sabia e sentia, quando a pessoa tinha fé, porque saía dele energia e precisava receber mais, em comunhão com Deus, seu Pai.







Uma Mulher Curada e Menina Vivificada


O Senhor Jesus ordenou ao Jairo, que não tivesse medo, mas que usasse a sua fé.
Chegando a casa dele, só deixou entrar o pai e a mãe da menina, também o Pedro, Tiago, e João seu irmão.
O Unigénito de Deus, tomou a menina pela mão e logo ela se levantou, porque já tinha doze anos de idade.
Mandou que lhe dessem de comer. O Senhor Jesus fez que o espírito da menina voltasse, e ela ressuscitasse.
S. Tiago diz que o corpo sem o espírito está morto, se este sair o corpo morre.
O Jairo acreditou que o Senhor Jesus É Deus feito Homem, O Messias prometido a Abraão
A mulher que fora curada, também acreditava; quando o Senhor Jesus a curou, foi com o propósito de restaurar o seu espírito, à comunhão com Deus e pôr o Seu Reino sobre ela, tirando-a da potestade das trevas, para o Reino da Luz espiritual e Divina.
Desde o Adão que o inimigo, procura enganar a raça humana.
Esta mulher que esteve doente durante doze anos, gastou com os médicos, todos os seus haveres, não sendo curada por nenhum deles.
A sua ignorância acerca da Fé, gerava o medo de ficar cada dia pior, e foi isso que aconteceu durante doze anos, Mas ela pôs a sua fé no Senhor Jesus.
A filha de Jairo tinha doze anos de idade, a mulher esteve doze Anos doente, e Israel gerou doze filhos.
A mulher doente não tocou no vestido de Pedro, mas na orla do vestido do Senhor Jesus, porque a sua fé estava Nele.
O Pedro não percebia o Senhor Jesus, porque muitos Lhe tocavam e Ele perguntava: “quem é que me tocou?”
A ignorância fez que a mulher perdesse a força e desanimasse, a doença trouxe-lhe a guerra consigo mesma e com Deus, sua paz desapareceu. Mas o Senhor Jesus é o Príncipe da paz.
O diabo trouxe a doença e a morte, e fez que o Jairo sentisse medo de perder a sua filha. Ele queria criar confusão com a morte da menina. Pessoas curiosas, desconfiadas, reúnem-se sugestionadas por ele, que rodeou a menina para a matar, mas o Messias lhe deu vida.





Uma mulher Curada e Menina Vivificada




Também o Senhor Jesus usou o Pedro.
Ele disse ao Eneias, o qual estava paralítico, havia já oito anos, que o Senhor Jesus lhe dava a energia da saúde.
Mandou-o fazer o que ele antes não podia, o homem foi curado imediatamente.
Também uma menina estava morta, o Pedro pôs-se de joelhos e orou a Deus, então falou ao corpo da menina, pelo seu nome, ordenou que se levantasse, deu-lhe a mão, e a menina ressuscitou.
O espírito da filha do Jairo voltou, assim como o espírito de Tabita, por quem Pedro orou.
Porque Deus É a fonte da energia espiritual.
Ele mandou o Senhor Jesus, o seu Filho amado, para nos salvar da morte eterna, na qual nos encontrávamos, separados do nosso Criador.
A Bíblia foi escrita pelos homens santos de Deus, eles falaram inspirados por Ele. Estes homens previram a vinda do Messias pormenorizadamente, incluindo datas históricas que se cumpriram no tempo determinado por Deus e nos lugares próprios, tais como Belém, onde o Senhor Jesus nasceu; Egipto para onde os seus pais o levaram, etc.. Moisés que escreveu os primeiros cinco livros da Bíblia, não era conhecido do profeta Isaías, nem do Jeremias, nem dos outros homens que A escreveram. Todas elas, que são quarenta pessoas, não se contradizem o que não é normal na raça humana, mas tendo passado mil e seiscentos anos entre Moisés e S. Paulo, que teve uma visão do Senhor Jesus e se converteu ao Cristianismo, ele concorda com o Moisés ao escrever sobre o nosso omnipotente Salvador. Isto demonstra que Deus usou os homens da Bíblia, para escreverem as trezentas profecias, acerca da vinda, da vida, da morte e da ressurreição do Senhor Jesus, que Ele cumpriu totalmente.
Jesus está actualmente no Céu, intercedendo por nós, para que tudo o que peçamos a Deus tenha resposta.
Se não recebermos, é porque o nosso cérebro não teve fé para receber.
Encha-o da Palavra de Deus.






Uma Mulher Curada e Menina Vivificada



Não dê lugar ao diabo, não use a dúvida, nem o desânimo, nem o medo. Fale, com a sua língua, o mesmo que a Bíblia diz, sobre cura Divina e resposta à oração. Faça-se especialista da Bíblia.
Devemos louvar e adorar O Senhor Jesus dizendo-lhe:
Tu És o Senhor que resolves os problemas me libertas de toda a obra maligna e crias em mim a saúde e a alegria; Tu És Deus juntamente com o Pai e o Senhor Espírito santo.
Peçamos ao Senhor Jesus, que entre no nosso espírito, alma e corpo.
Devemos examinar os Evangelhos e passagens Bíblicas, sobre cura Divina, com fé de que elas nos transmitem imagens positivas, com que ficaremos curados.
Também podemos pedir a Deus, que nos revele o sentido das palavras do Senhor Jesus. Ele o fará através do seu Espírito.
Louvemos a Deus e contemos às pessoas, que cremos Nele e fomos libertados da doença.
Esta senhora e a filha de Jairo, foram libertadas da doença e da morte. Este acontecimento transmite-nos fé, pois o Senhor Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente.
A menina não estava em estado de coma, nem a dormir fisicamente, estava morta.
O Senhor Jesus disse que ela estava a dormir, seu espírito estava a descansar.
O Messias veio desfazer as obras do diabo, este ocasionou os problemas, mas o Senhor Jesus curou a mulher e ressuscitou a menina. Uma tinha doze anos de doente, e a outra doze anos de idade, as duas foram por Jesus abençoadas.
Devemos estar ligados em santidade ao Senhor Jesus, usando ânimo e fé, não pondo em prática, a dúvida, medo, ou palavras negativas.
Deus Pai Filho e Espírito santo, são Vida e Energia espiritual. Deus dá vida, saúde e prosperidade, ao nosso espírito alma e corpo.
Devemos trazer para Ele os doentes, pelo poder do Seu Espírito.









Capítulo 11



Jesus Toca e Cura Não vimos Cremos



Observemos dois cegos que iam atrás do Senhor Jesus, e que lhe pediam que tivesse compaixão.
A perseverança dos cegos, para seguirem o Senhor Jesus até à sua casa, demonstra a sua fé.
Ele ordenou que acontecesse, segundo o que eles esperavam. Creio que a sorrir, cheio de amor e de alegria, o Senhor Jesus ordenou-lhes que não dissessem a ninguém que Ele os tinha curado.
Espreitemos mais dois cegos que o Senhor Jesus curou. Estes estavam assentados e alguém lhes disse que o Senhor Jesus ia passando, com uma grande multidão de pessoas.
Então os cegos pediram-lhe que tivesse piedade deles. Eles gritavam, insistiam, e as pessoas à volta diziam-lhes, que se calassem. Mas o Senhor Jesus não tinha a mesma maneira de pensar. Ele parou e perguntou-lhes:
“Que quereis que vos faça?” porque Ele também ama os cegos; estes queriam ver bem. O Senhor Jesus tocou os seus olhos, os curou, e lhes deu capacidade de verem. (Mt.9:27-34;20:29-34;11:28;Jo.14:12;
Gn.17:19-21;Jo. 6:33-44;Mt.14:17-21;Tg.5:16;Sl.91:7).
A expressão “filho de David” mostra que os dois cegos, receberam o Senhor Jesus como o Messias, prometido a Israel, por ser descendente de Isaac. Eles creram com o coração, confessaram com a sua boca e foram salvos da doença, que os escravizava.
Espiritualmente e com a sua imaginação, eles já viam os seus próprios olhos abertos, vendo claramente.
Se os dois cegos não tivessem pedido, que o Senhor Jesus tivesse misericórdia, não teriam sido curados.
Há tantos invisuais que não foram curados, mas não pedem que o Senhor Jesus tenha piedade deles; estes estão cegos espiritualmente, vivem em pecado, estão enganados pelo diabo.
Sigam o exemplo destes dois homens de fé, porque o Senhor Jesus diz: “vinde a mim todos”.





Jesus Toca e Cura Não Vimos Cremos


O diabo usou a multidão que mandou calar os cegos, e fê-los pensar que o Senhor Jesus, não lhes daria importância, mas Ele os amava e morreria em seu lugar, carregaria o seu castigo e os salvaria da morte eterna.
O inimigo não respeitava a vontade dos dois cegos, mas o Senhor Jesus a honrava. Ele veio à Terra para os servir. Ele não era movido pelo ódio, ou pelo desprezo, era movido por compaixão, por Amor intenso, por aqueles dois homens cegos. Estes não ficaram calados, perante o Senhor Jesus, mas viram-no, como Alguém santo que podia salvá-los da sua incapacidade de verem claramente. Não ficaram longe Dele, com medo ou vergonha, mas aproximaram-se em oração humilde.
Alguns têm vergonha do Senhor Jesus, mas não se envergonham do pecado e do diabo, mas esse caminho os levará ao inferno, que se tornará cada dia mais quente para eles, pois estão separados de Deus, Pai Filho e Espírito santo.
O inimigo queria que os dois cegos usassem a dúvida, acerca da possibilidade da sua cura, mas eles usaram a sua fé, que actuou sobre o seu cérebro, por ordem do Senhor Jesus.
Porque Ele é o bom Pastor, como verificamos no facto de ter visto uma multidão, por quem teve compaixão. Eles seguiam o Senhor Jesus, estavam num deserto, era já escuro, o Sol estava a esconder-se, não tinham comido, durante todo o dia. Então Ele multiplicou, num momento, cinco pães e dois peixinhos, que serviram para alimentar, quase cinco mil homens e suas esposas e filhos. Ainda sobejaram doze cestos de pão e peixe, porque o Senhor os tinha abençoado.
Observemos como Deus cura actualmente:
Ele cura de várias maneiras, mas quando a pessoa quer recorrer aos médicos, acontece assim:
A minha esposa foi ao clínico que lhe receitou “aspegic 1000”, ela sentia febre e dores em todo o seu corpo.
Eu quis levá-la ao hospital, mas enquanto fui buscar o automóvel, ela desmaiou na casa de banho, quando cheguei ela já tinha recuperado os sentidos, mas não conseguia levantar-se nem andar. Telefonei para as urgências, número 112, que mandaram pôr uma colher de açúcar debaixo da língua e almofadas debaixo dos pés.






Jesus Toca e Cura Não Vimos Cremos



Vieram e levaram-na para o hospital. O médico receitou-lhe, urispás e outros medicamentos. Viu através das análises ao sangue, que tinha uma grande infecção nos órgãos urinários, e disse-lhe que se vomitasse os medicamentes teria de ser internada, para receber os medicamentos, através de soro.
Eu pedi a Deus para que isso não acontecesse, e a fé dela, no seu inconsciente, e a sua vontade, era ficar livre do hospital, porque achava que Deus a curaria.
Ela piorou, mas eu expliquei-lhe que no hospital ela ia sofrer muito, por causa dos outros doentes, que não dormem e gritam com dores. Mas levei-a ao hospital e graças a Deus não foi atendida pelo mesmo médico, que queria interná-la.
Era uma médica usada por Deus, que explicou à minha esposa, que teria que pôr uma sonda na bexiga, era forçada a ficar na cama e se fartaria de sofrer, se ficasse no hospital.
Esta médica receitou-lhe novos medicamentos, que esteve a tomar e não lhe fizeram mal ao estômago.
A cura da minha esposa é resultado da nossa oração, mas também telefonei ao irmão Rui Reis, da Igreja de Lisboa em Alvalade, que orou pelo telefone, e me disse que ela já estava curada, e que lhe dissesse para receber a cura. Então a minha esposa disse comigo o seguinte:
“Senhor Jesus eu recebo agora a minha cura. Amem.” Agora está completamente curada. Deus e ela têm vitória sobre a infecção.
Deus impediu que o seu povo sofresse as doenças que vieram sobre os egípcios, no tempo de Moisés.
É o Senhor Jesus que dá ordem para ficarmos curados. No caso da cura dos cegos, que estamos a estudar, o Senhor Jesus disse:
“seja-vos feito segundo a vossa fé”. Estas palavras não foram pouco importantes, porque Ele disse isto baseado no facto, que Ele como verdadeiro Messias, carregaria o castigo que a humanidade merecia, senão ninguém teria direito de ser curado. Todos teriam de sofrer as doenças, e morreriam indo para o inferno eternamente.







Jesus Toca e Cura Não Vimos Cremos



Os Evangelhos foram inspirados pelo Espírito de Deus, foi Ele que infundiu nos Evangelistas, a capacidade de escreverem acerca da cura dos dois cegos.
Deus deu-lhes capacidade de se curarem, mas foi por causa do Senhor Jesus, que a sua fé começou a actuar em seu favor. Até ali a sua fé trabalhava contra eles.
O Senhor Jesus é a Luz espiritual, que actuou sobre o seu cérebro, e o fez actuar para seu bem. Fez que compreendessem que lhes era possível, verem perfeitamente.
Ele livrou-os das trevas, do diabo, e da corrupção espirituais. Transformou as bênçãos espirituais do Céu, em bênçãos materiais e físicas, na vida dos dois cegos.
Será que em 2002-11-21 D.C. os invisuais podem ser curados? Sim! Porque a Trindade Divina quer usar os seus filhos, para fazerem obras maiores, do que o Senhor Jesus fez. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente; pode limpar-nos de todo o pecado e de toda a doença. Tudo devemos a Deus, foi Ele que nos formou com espírito, alma e corpo. Jesus tem piedade de nós, por isso preparou uma maneira de nos salvar da doença e de toda a anormalidade.
Meditemos sobre cura Divina, na Bíblia, para sabermos usar a fé que Deus nos deu. Perdoemos a todas as pessoas, façamos boas obras, para que o nosso cérebro actue no alvo de obter e manter saúde e todas as bênçãos, que podem vir de Deus.
Foi o Senhor Jesus que curou os cegos, como o arquitecto que manda reconstruir uma ponte ou um prédio. Os quatro invisuais receberam o Senhor Jesus, como o Messias prometido, através das trezentas profecias da bíblia, se eles tinham vontade de ser curados e de ver claramente, é porque essa era a vontade de Deus.
Nós que já recebemos o Senhor Jesus, devemos assistir ás reuniões para recordarmos juntos a morte do Senhor até que Ele venha, e para adorarmos a Deus.
Quando um filho de Deus cheio de Amor e de fé, pede para que uma pessoa seja curada, nem sempre as coisas acontecerão como espera, porque a fé do doente é diferente da sua, mas sempre haverá bênção e no fim, tudo será para a glória de Deus. Creia que Ele não permitirá que a doença tenha vitória.




Capítulo 12

Receba Vá Ensine Cure



Se já recebeu o Senhor Jesus, vá por todas as Cidades, Vilas e Aldeias, ensinando, pregando e curando.
Cure todas as enfermidades e moléstias. No tempo do Senhor Jesus, o povo não tinha ninguém que lhe desse a palavra de Deus, ninguém que os curasse.
Devemos pedir ao Senhor que envie pessoas que creiam e pratiquem, o que o Jesus mandou.
Ele deu poder aos seus discípulos, sobre os espíritos malignos, estes são os que pertencem ao grupo chefiado por Satanás, a quem Jesus derrotou totalmente.
Estes homens do Senhor Jesus deviam actuar, só para com Israel, deviam dizer que o Reino dos Céus tinha chegado, porque Este lhe dava poder, para curar enfermos, limpar leprosos, ressuscitar mortos e expulsar demónios, sem receber nenhum pagamento em troca.
(Mt.9:35-38;10:1-8;3:12;13:2443;Mc.16:1520;Lc.6:19;1ªCo.5:15; Ef.1:3;Rm.10:8,9;Jo.15:3;1:35-51).
Então todos os que tocassem no Senhor Jesus eram curados.
O trabalho Dele não era uma brincadeira, Ele era e é o grande e perfeito Pastor.
O Senhor Jesus ia por todas as Cidades e Aldeias, dando lições Divinas, restabelecendo a saúde dos pecadores e exaltando o Reino de Deus; assistia às reuniões normais da sinagoga, sem medo nem vergonha. Havia pessoas que discordavam Dele, mas não se preocupou com isso. Jesus precisava de arranjar discípulos, então atraiu-os para si, e deu-lhes capacidade de fazerem as obras que Ele fazia.
Hoje nós que somos discípulos do Senhor Jesus, devemos ter grupos de oração, que peçam a Deus que envie obreiros para a sua seara, para semearem a Palavra de Deus e para pastorearem os crentes. Lembremo-nos que sendo filhos e discípulos do Senhor Jesus, e pertencendo à Igreja Dele, temos o mesmo poder que Ele tem, usando os dons que o Espírito de Deus nos tem dado.
Então não devemos parar, sejamos como varas na videira, dando fruto, fazendo algo de útil para a Igreja de Deus.






Receba Vá ensine Cure



O Senhor Jesus é como uma videira, que sem varas não pode dar fruto, nós somos as varas espirituais, se não Lhe obedecermos seremos expulsos ou cortados da videira. Devemos dar muito fruto, trabalhando o máximo, na Seara de Deus para que Ele seja glorificado.
Ele é como o dono de uma Seara, e de tudo que existe. As pessoas que recebem o Senhor Jesus, e lhe obedecem são o seu trigo, as outras são a sua palha, que será queimada, no lago de fogo e enxofre, no qual arderão para sempre, se não se arrependerem enquanto estiverem no planeta Terra.
Por todas as cidades, Vilas e Aldeias, o diabo usa pessoas para ensinar, que Deus não existe, que não é galardoador dos que o buscam e que não devem procurá-Lo. Serve-se delas para pregar a mentira, sobre as enfermidades e moléstias. Afirmam que a verdade é o que os seus sentidos lhes dizem, mas essa não é a verdade de Deus. Existe uma realidade espiritual que se sobrepõe, à verdade dos sistemas receptores do nosso cérebro, chamados “cinco sentidos” é a verdade da Bíblia.
A pessoa que se guia pelos seus sentidos, sem contar com a verdade revelada pelo Espírito de Deus, anda em desânimo e em medo, pensando sempre que a doença vai piorar, e que o seu corpo caminha para a morte. Assim como a criança que se corta com uma navalha, fazendo um pequeno golpe, no seu indicador, e pensa que por isso irá morrer.
Esta forma de pensar acontece, porque o inimigo não dorme, nem anda em piedade. Interessa-lhe que o povo ande como ovelhas sem pastor, ignorando a Palavra de Deus. Esse inimigo impede-os de saber, que precisam de receber o Senhor Jesus, como seu Rei, Senhor e Salvador, que precisam de ser libertados dos espíritos imundos, de pensamentos errados.
Desde o Adão que a humanidade escolheu, o caminho da desobediência a Deus, e da doença, sofrendo enfermidades e moléstias.









Receba Vá Ensine Cure



Mas não são os governantes de Portugal e das outras nações, que podem satisfazer as necessidades espirituais das pessoas.
È a Igreja de Deus que o deve fazer, pregando a Sua Palavra e transformando assim, bênçãos espirituais em materiais. Então cada pessoa que crê com o seu coração, e confessa com a sua boca, diante de Deus, é curada da dor, da doença e de todo o mal.
Durante dois mil anos o Senhor Jesus, com a sua Palavra, e com o Seu Espírito, tem libertado as pessoas da maldição e da doença.
Quando Ele veio, encontrou o povo de Israel dominado pelos Romanos.
Não havia profecias desde o profeta Malaquias; os escribas, fariseus e saduceus não agradavam a Deus. Os médicos não curavam as pessoas, porque a medicina estava pouco desenvolvida, em relação ao medicamento actual.
Ninguém sabia usar o poder da fé, para curar, nem os sacerdotes judeus.
O Senhor Jesus não os podia fazer obedecer, porque não acreditavam que Ele fosse o Messias, profetizado pelo antigo testamento da Bíblia. Mas Ele continuava transformando os doentes em pessoas cheias de saúde, dando ordem para que fossem curados.
A Igreja de Deus deve formar grupos de oração, suplicando todos juntos à mesma hora, dirigidos por um líder capaz, para que possamos dar o exemplo da vara, que tem o mesmo poder da videira, que vem da raiz. Isto simboliza o crente no qual actua o Espírito de Deus.
A maldição teve início no facto de o Adão admitir, que Deus podia mudar, ou podia enganar-se, e que o diabo podia dizer a verdade, sem intenção maligna. Assim deu lugar à doutrina do diabo, que diz que o mal poderá vencer. Mas o Senhor Jesus cura todo o mal e toda a maldição.










Capítulo 13

Jesus Cristo Dá Perfeita Saúde


Examinemos S. Pedro, S. João e um crente que era coxo, ele tinha, talvez, uma perna mais curta do que a outra; e não conseguia andar. Porventura teria outras complicações, tais como: falta de força nos pés e nos tornozelos. Este homem pedia esmola, à porta do templo, cujo nome era “porta formosa”. O crente estava já em atitude de receber, olhando para Pedro e João.
S. Pedro disse-lhe: “Jesus Cristo te dá saúde”, ordenou que se levantasse e andasse, tomou-o pela mão direita, o poder de curar actuou sobre ele, e os seus pés e artelhos se firmaram. O homem saltou e pôs-se em pé. Nunca tinha sentido tanta força, e tanta alegria, andava, saltava, e louvava a Deus.
Todo o povo o viu, todos o conheciam, porque ele fazia um trabalho público, que era receber de todos, uma oferta, para sua subsistência.
O povo pensava que o poder para curar o homem, pertencia ao Pedro e ao João; mas o Pedro explicou, que a cura foi baseada, no sangue do Senhor Jesus, e no poder do Espírito de Deus.
O coxo foi curado porque teve fé, no nome do Senhor Jesus Cristo. Quando o Pedro disse: “em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda”, o poder de curar actuou sobre o homem, e este acreditou, que o Senhor Jesus É o Messias, o Salvador do mundo.
Nada pode resistir ao Nome omnipotente, que existe sobre a terra, o nome de “Jesus”.
Ele é Deus feito Homem. O cérebro do coxo foi fortalecido, porque usou a sua fé para crer em Jesus. Ele recebeu de graça, o poder para ser curado, que actuou sobre o seu inconsciente e sobre todo o seu corpo, alma e espírito, recebendo perfeita saúde, e completa salvação.
Este homem pediu dinheiro, ao Pedro e ao João e recebeu a sua cura e libertação. É bom pedir aos servos de Deus, cheios de fé e de poder.
O Pedro e o João, olharam para o coxo, e certamente numa atitude, de Amor e de fé, o Pedro ordenou que o crente olhasse para eles, ele olhou esperando receber uma moeda, e recebeu uma ordem. O coxo esperava receber, e recebeu o poder na sua alma, para ser curado completa e perfeitamente.







Jesus Cristo Dá Perfeita Saúde



Para ele se levantar e andar era necessário o poder invisível, do Pai do Filho e do Senhor Espírito de Deus.
A ordem para se erguer e caminhar, foi antecedida do recebimento da bênção de Deus. O homem, agora sem dor, nem doença, cheio de força, caminhava e adorava a Deus, porque ele sabia que o Senhor Deus de Abraão, de Isaac e de Jacob, é que o tinha curado. Deus tinha usado o Pedro e o João, para fazer aquele milagre.
Os pés e artelhos do crente, estavam a funcionar perfeitamente. A virtude e santidade que fizeram andar aquele homem, eram e são do Senhor Deus de Abraão. (At.3:1-16;4:12;16:15-20;9:14,15;10:38-43; 19:10;1ªJo.2:12;Cl.3:17;Fp.2:9-11;Ef.1:19-23;2ªCo.5:20;2ªTm.2:19.
Nós, os crentes, só podemos ter fé, para sermos salvos e curados, porque o Senhor Jesus, ressuscitou e completou a nossa salvação. É unicamente pela fé no seu Nome, que recebemos tudo que Deus nos quer dar, foi Ele que curou aquele homem.
S. Pedro exemplificou o modo como devemos usar o Nome de Jesus, ele pôs a sua mão, na mão direita do coxo, para o ajudar a levantar-se, não para o fazer cair. Também para sermos perdoados é só pelo Nome do Senhor Jesus, afastemo-nos da iniquidade.
Devemos trabalhar para Deus, fazendo-o sempre no Nome do nosso Mestre, porque somos seus representantes, e é grande esse privilégio.
O Nome de Jesus Cristo está acima de qualquer nome. Toda a língua deve confessar, que Jesus é o Proprietário, o dono de todas as coisas, para a glória de Deus Pai. O Senhor Jesus é o Chefe da Igreja de Deus.
Ele está acima de todo o rei, de todo o governador, de todo o ditador, de todo o líder, desde que se assentou à direita de Deus, no seu Trono.
Devo pedir-lhe que Ele me salve e me cure. Tudo o que lhe pedir, de acordo com a sua vontade, Ele me dará. (At.2:21).
É minha obrigação levar seu Nome, e dizer que Ele É O Senhor, o Amo de tudo e de todos, pregando assim a verdade do Seu Evangelho.
Creio que ao usar o Nome do Senhor Jesus, para fazer boas obras, acontecerão maravilhas extraordinárias, as enfermidades fugirão, os espíritos malignos sairão, e o Nome do Senhor será engrandecido e reverenciado.






Jesus Cristo Dá Perfeita Saúde


Continuemos a observar a cura do homem coxo, que deve ter acontecido, antes do grande incêndio de Roma, em 64 A.D., e antes da destruição de Jerusalém, em 66-70 A.D.
O livro de “Actos dos Apóstolos”, escrito pelo doutor Lucas, é exacto na sua apresentação da história.
No tempo da cura do homem coxo, ainda existia o Templo de Deus, em Jerusalém.
Os seus profetas anunciaram, que o Senhor Jesus havia de vir, para cumprir o castigo, que nos traz a paz com Deus. Ele cumpriu mais de trezentas profecias, enviou o Senhor Espírito Santo, que me fez nascer de novo, porque me voltei para Ele, e me arrependi dos meus pecados.
O Senhor Jesus me tem libertado das minhas maldades, e me tem curado de toda a enfermidade.
A cura do coxo é uma verdade exacta e gloriosa. Mas maior milagre foi eu ter renascido, pelo poder de Deus.
O homem coxo não teria sido curado, se o Senhor Jesus não tivesse ressuscitado, e se o Seu Nome não tivesse poder. Mas também se o Pedro e o João não estivessem cheios do Espírito de Deus, e não seguissem o Mestre, como seu Rei, Senhor e Salvador.
O diabo muito tentou impedir o Pedro de seguir o Messias, mas não conseguiu, glória a Deus.
O inimigo fez que o homem ficasse coxo, mas o Senhor Jesus o curou.
Ele tem pena dos que sofrem, principalmente dos que sofrem há muito tempo, sem conseguirem libertar-se, da sua forma de pensar errada, acerca da sua libertação.
Estou a pensar noutro homem que era paralítico, há trinta e oito anos. Este sempre pensou que ninguém lhe dava valor, e que não o ajudariam, a entrar na água, depois do anjo de Deus a pôr em movimento. Como ele havia muitos a sofrer, que não conheciam as Escrituras nem o poder de Deus. Mas o Senhor Jesus é a Luz que veio ao mundo, para nos ensinar a verdade, acerca de tudo e também da enfermidade. (Jo.5:1-9;1:1-9).
Então Ele mostrou que a pessoa deve querer ser libertada, e deve desejar ter saúde, no seu espírito, alma e corpo e deve acreditar, que para ser curado por Jesus, não são necessárias as coisas nas quais esperava.




Jesus Cristo Dá Perfeita Saúde



Ele trouxe o poder de Deus e a sua graça, para nos libertar da doença, pela fé e pela maneira que Ele deseja utilizar.
Devemos crer na palavra do nosso Criador, com o coração, e com a boca devemos confessar, não o que sentimos, mas o que Jesus diz.
Podemos pedir-lhe que nos ajude a confessar, com os nossos lábios o que a Bíblia diz. Ele nos ajudará.
O milagre de cura do homem coxo, demonstra como o Espírito de Deus, pode usar aqueles que querem imitar o Senhor Jesus, e obedecer à sua ordem.
O Pedro deu-nos o exemplo, para usarmos o nome do Messias, e mostrou-nos como usar as nossas mãos.
Devemos fazer a obra de Deus, em nome de Jesus, e para a glória de Jeová.
A cura deste homem está incluída na Bíblia, e esta é digna de toda a nossa confiança.
O coxo não teria sido curado, se o Pedro e o João não fossem servos de Deus, e se o Senhor Jesus não tivesse sofrido e morrido em nosso lugar. Porque é que o Pedro e o João, e outros servos de Deus, fazem estes milagres? Porque o Messias disse o seguinte:
Não se ausentem de Jerusalém, mas esperem a promessa do Pai, que de mim ouvistes. Vocês serão baptizados no poder do Espírito do Criador, não muito depois destes dias. Recebereis a virtude do Espírito Santo, Ele ficará sobre vós, para serdes minhas testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judeia, Samaria, e até aos confins da Terra.















Capítulo 14

A Sombra do Homem de Deus


Então Pedro fora enviado, para fazer sinais e prodígios, que demonstravam que o Senhor Jesus tinha ressuscitado. Ele está no Céu reinando sobre tudo e sobre todos. Por esta razão, a multidão dos cristãos, era cada dia maior.
Estava a cumprir-se o que o Senhor Jesus disse em João 14:12, porque os enfermos e atormentados por espíritos imundos, todos eram curados, como o Messias fazia, antes de ir para o Planeta Céu.
De facto o Pedro era usado pelo Espírito de Deus, para falar de acordo com a Bíblia. Eles actuavam sobre o espírito, alma e corpo das pessoas, para que fossem curadas. Então pela sua fé, no nome do Senhor Jesus, eram libertadas. (At.9:3;5:12-17;Sl.17:8;Mt.5:14;Jo.1:8;8:12;10:33-38;Ec.2:3;Os.14:7;1ªaosTs 2:9;Ex.7:10-12;Pv.22:1;Jb.34:19;2ªpd.3:
8-18;1ªaosTs. 3:12;Cl.2:19;Mc.16:15-20;Ap.20:10.
Não era só o Pedro, que era usado, para fazer sinais e prodígios, os outros Apóstolos também os faziam. Glória a Deus.
A Igreja local reunia-se num lugar, para recordarem a morte e ressurreição do Senhor Jesus, mas as pessoas que tinham doentes na sua família, em vez de os levarem ao médico, traziam-nos em padiolas, para onde o Pedro passasse. Eles tinham fé no facto de que a sombra de Pedro, passando sobre o doente, o curava. A sombra de Pedro servia de protecção contra o diabo, e esta era de Deus, porque o seu espírito estava cheio do Espírito do Altíssimo.
À sombra do Senhor Jesus, podemos comer o seu Fruto, o qual nos dá saúde.
A promessa de Deus, é que vivificará e fará florescer, os que se sentam à Sua sombra, esperando na Sua Palavra.
Quando a pessoa se senta, ou se deita, à sombra de uma macieira, fica livre do calor do Sol, e pode comer vivificadoras maçãs, isto simboliza os que confiavam, que eram curados através de Pedro. Não eram os ímpios e os que negavam que o Senhor Jesus é o Messias, que faziam sinais e prodígios, Eram os apóstolos dele. Estes não viviam em Guerra, mas em paz, e concordavam uns com os outros recordando a ressurreição do Senhor Jesus.








A Sombra do Homem de Deus



Os que não recebiam o Salvador, também não se juntavam com a sua Igreja, mas tinham-nos em grande estima. Mas o Povo que seguia Jesus não eram seis ou sete pessoas, era uma grande multidão, não era só constituída de homens mas também de mulheres. Não era só o número delas que crescia, mas também o número deles.
As pessoas que tinham enfermos, não os deixavam em casa, mas traziam-nos para as ruas, à frente das suas casas. S. Pedro não impunha as mãos sobre os doentes, mas punha só a sua sombra, que era simultaneamente, a sombra de Deus.
As pessoas não vinham só de Jerusalém, mas também das cidades circunvizinhas.
Não eram só alguns enfermos, e atormentados de espíritos imundos, que eram libertados, mas todos ficavam livres e curados, Aleluia.
Também nós, filhos de Deus, fazemos sinais e prodígios, como o Pedro, o Moisés no Egipto, e todos os outros servos de Deus, por toda a face da Terra.
Então a Igreja do Senhor Jesus, e os seus membros, devem dar um bom exemplo, às pessoas que estão à sua volta.
Não devemos estimar, mais o rico do que o pobre, porque o Senhor virá novamente, para reinar sobre a Terra. Devemos ficar firmes, em obediência à Palavra de Deus. É nosso dever, crescer na graça e conhecimento do primogénito de Jeová, perseverando sem desistir.
A Ele devemos dar glória, por sua vinda à Terra, seu ensino, morte, ressurreição, ascensão ao Céu, e pelo facto de estar a reinar, em favor daqueles que Nele esperam.
Peçamos a Deus que nos faça crescer em Amor, ficando assim ligados com o Senhor Jesus, que É o Chefe da verdadeira Igreja, para que esta cresça em poder, sabedoria, número de pessoas, e em tudo que seja útil. É nosso dever cumprir o mandamento do nosso Mestre: “ide e pregai”… Devemos curar os enfermos, expulsar os demónios, etc..











A Sombra do Homem de Deus


O Senhor Jesus curou os doentes, expulsou os demónios, e desde que Ele veio à Terra, o Seu Povo continuou a fazer o mesmo que Ele fez, e isso continuará a acontecer.
O diabo tem enganado os homens, e continua a fazê-lo, até que seja lançado no lago de fogo e enxofre, para sempre, mas a Igreja do Senhor Jesus, continuará a pregar sobre salvação, cura divina, libertação, até que Ele venha e a leve para o Céu.
Ao ouvirmos a palavra de Deus, esta gera a fé, que leva as pessoas ao Senhor Jesus, para serem curadas.
Os sinais e prodígios, eram e são a prova, de que o Senhor Jesus, anunciado por Pedro, tinha ressuscitado e estava no Céu, intercedendo pelos que Nele esperam.


























Capítulo 15

Paralítico Curado



O Pedro continuava anunciando a salvação, por nosso Senhor Jesus e achou um homem chamado Eneias, que estava paralítico. Este não pôde sair da cama, durante oito anos. Então S. Pedro falou-lhe do Messias, a quem ele recebeu como seu Rei, Senhor e Salvador. Quando S. Pedro lhe disse para se levantar e fazer a sua vida normalmente, porque o Senhor Jesus lhe estava a dar saúde, ele se levantou, e ficou completamente curado.
É o Senhor Jesus que dá saúde, se a pessoa usar a fé, em lugar da dúvida. Servir-se da fé é ver-se já curado, e dizer as palavras correspondentes, crendo nelas. Exemplo:
Senhor Jesus, já me vejo cheio de saúde, saltando e louvando-te, vejo-me cheio de alegria, feliz, salvo, liberto de todo espírito maligno.
Recebo agora a minha saúde, perdoo e esqueço as ofensas que me fizeram.
A fé das pessoas com quem andamos, actua sobre nós, assim como as más conversações corrompem os bons costumes. Também as boas palavras de Deus fortalecem a fé, que inconscientemente usamos para receber Dele a saúde e todas as bênçãos.
Por ser benéfico para a nossa fé, devemos estar nas reuniões recordando a morte do Senhor Jesus, até que Ele venha. O Pedro fazia isso, mas se ele não tivesse sido adoptado, como filho do Altíssimo, se não tivesse em si o Senhor Espírito Santo, que o usava, ajudava, e lhe fazia recordar a palavra de Deus, não andaria pregando o Evangelho, por todas as partes. As pessoas não seriam salvas e curadas, como foi o Eneias. O número de pessoas que foram entrando, para a Igreja de Jeová, não aumentaria.
Mas o Senhor Jesus venceu o diabo e tirou-lhe as chaves da morte, e do inferno, e deu à sua Igreja capacidade de O servir.
Também o Paulo servia a Deus, então encontrou um homem coxo desde o ventre de sua mãe, o qual nunca tinha andado. Ele ao ouvir falar o S. Paulo, ficou cheio de fé, e começou a imaginar-se já curado. S. Paulo viu que ele tinha fé, ordenou-lhe que fizesse o que não podia antes, então o homem deu um salto, e começou a andar. Foi o que o Senhor Jesus fez ao Eneias, através do S. Pedro.






Paralítico Curado



A Igreja a que o Pedro pertence, é a mesma da qual eu sou membro, é o Povo governado pelo Senhor Jesus.
Este discípulo já está no Céu, mas a Nação santa de Jesus, continua a curar os enfermos e a fazer tudo o que o Messias manda.
Irmãos amados, que obedeceis ao Espírito Santo de Deus, não desanimemos nem tenhamos medo. Vamos por todas as partes, pregando, curando, expulsando demónios… Os anjos de Deus estão connosco para nos servirem.
Ensinemos que o Senhor Jesus, está na sua Igreja, para nos dar saúde, vitória sobre toda a maldição. Para nos dar bênçãos, libertação, perdão.
Lembremo-nos que os cristãos, na Terra e no Céu, desejam juntamente com Deus, que as pessoas sejam salvas, curadas libertas. Estudemos este livro, para fortalecermos a nossa fé.
Pedro, homem de crença absoluta, no Cristo de Deus, pregava e curava, obedecendo ao que o Senhor Jesus ordenou.
Ele falou ao Eneias em nome do Salvador, que Este lhe dava, naquele momento, a saúde completa e perfeita. Isto era uma profecia baseada na Bíblia, então o Eneias se levantou e andou, porque recebeu a força, e a virtude, para ser curado.
Que bênção foi o Pedro ser salvo, abençoado, cheio com o Espírito De Deus. Que milagre, o facto de pertencermos a uma Igreja, a uma Nação santa, que já tem mais de dois mil anos. Muitos cristãos, já estão no Céu, outros ainda na Terra, mas esta Igreja continua a vencer, por ordem do Senhor Jesus.
Continuemos a encher-nos do Espírito de Deus, e de fé, através do estudo da Bíblia. Jeová nos guiará em toda a Verdade.
Deus quer fazer deste planeta, um belo e pacífico jardim, onde todos Lhe obedeçam, de livre vontade.
Só com Ele, nosso Criador e sustentador, podemos ser felizes eternamente. (At.9:32;8:7-13;Rm.10:8-10;Mt.9:1-8;Mc.2:1-12;1ªco.
15:33;At.14:8-10;Jo.21:25;







Capítulo 16


A Ilha dos Milagres


Assim como S. Paulo que foi, por força das circunstâncias, a uma Ilha chamada Melita, actualmente o seu nome é Malta.
Os habitantes da ilha não usaram o medo e ódio, mas deram lugar à sua bondade. Deram hospedagem a todas as pessoas, que vieram parar à praia, devido ao naufrágio.
Os moradores da ilha acenderam uma grande fogueira, para aquecerem e secarem, as roupas dos náufragos.
Naquele dia chovia, mas Paulo usou a sua boa vontade, para manter o lume aceso. Numa atitude de colaboração, com os seus hospedeiros, trouxe alguma lenha, para o fogo, mas uma víbora que se encontrava, no sítio onde fizeram a fogueira, sentiu-se muito quente. Quando fugia, teve medo das pessoas e mordeu o Apóstolo Paulo, numa mão. Deus livrou-o do veneno, como o Senhor Jesus tinha prometido, e ele não morreu, nem sofreu nenhum mal.
Os naturais da ilha, estavam atentos, porque sabiam que aquela espécie matava, aquele a quem mordesse. Então pensavam que Paulo cairia, morto repentinamente. Supunham que a justiça de Deus estava usando a natureza, para castigar um homem, que poderia ter matado outros homens.
Toda a gente ficou admirada, pelo facto de Paulo não ter morrido, e pensaram que era um deus, e era na verdade, porque Deus diz que são deuses, aqueles a quem a palavra de Jeová foi dirigida. (At.28:1-10;Jo.10:34,35;11:35;Sl.82:1,6;34:19;Mc.16:15-20;Rm.8:27,28,37;
Mt.25: 31-40;Ap.4:10;Gl.5:22;Gn.21:1,2;22:1-20;
Então Paulo, louvou a Deus, por tê-lo livrado do mar e da víbora. Também o Senhor Jesus prometeu: “pegareis nas serpentes”, isto significa que nenhum animal nos fará mal, e dominaremos as serpentes. A serpente pertence ao grupo dos répteis ofídios.
Depois de o Paulo ver e sentir, esta tão grande libertação, o Espírito de Deus o dirigiu, a casa do chefe daquela ilha, que se chamava “públio”, o qual usou a sua bondade para com os náufragos, hospedando-os durante três dias.








A Ilha dos Milagres


O pai do públio estava de cama, com febres e disenteria, então Paulo quis ir vê-lo, fazendo o seu dever de cristão.
Com a minha imaginação, posso vê-lo a contar-lhe acerca da morte, ressurreição, e ascensão ao Céu, e o ancião a receber o Senhor Jesus como seu Rei Senhor e Salvador. Então o apóstolo pôs as suas mãos sobre ele e o curou. Porque o Senhor Jesus ordenou: “porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”.
Depois disto S. Paulo recebeu, todos que estavam enfermos. Eles vieram à sua presença, falou-lhes do Messias, e vejo também estas pessoas a receber a Cristo o salvador. Então o homem de Deus pôs suas mãos sobre eles e ficaram livres das enfermidades. Então a ida de Paulo a esta ilha não foi em vão.
Por causa dele, o povo estava feliz, e deram a todos os náufragos, presentes e toda a espécie de comida, e coisas necessárias para a viagem.
Porque Deus é misericordioso, impediu que Paulo, e seus companheiros de viagem morressem, assim puderam assistir e ver, os milagres do Criador, na vida do apóstolo, e no povo da ilha de Malta.
O diabo usou a víbora, para provar a fé do servo de Deus, Ele permitiu, que esta o mordesse, mas livrou-o do efeito do veneno.
Os filhos de Jeová, que receberam o Senhor Jesus, como seu Rei, Senhor e Salvador, são deuses. O Messias a nós enviado, é a Palavra de Deus, o Verbo vivo, que trabalha em favor daqueles que Nele esperam. O Altíssimo gostou da maneira, como este povo recebeu os náufragos. Foram um bom exemplo, para qualquer País.
S. Paulo e seus companheiros de viagem, precisavam de ajuda, e os habitantes da ilha, foram usados por Deus para os ajudarem, Jesus viu
Isso e curou os enfermos.
Ao fim de três meses, tiveram um navio para sair da ilha. Tudo contribuiu para seu bem, porque Paulo amava a Deus. Até um naufrágio Jesus pode usar, para a sua própria glória. O Messias livrou o seu servo, e a todos que com ele estavam.
O Senhor Jesus e o Espírito de Deus, estavam intercedendo por Paulo.








A Ilha dos Milagres



Se o apóstolo fosse um homicida, o que poderia ter acontecido? Todos teriam morrido, e não teriam conhecido a simpatia e a ajuda do povo maltês. Os doentes não teriam sido curados, os náufragos e o povo da ilha, não teriam ouvido falar do Senhor Jesus. Ninguém teria visto o poder de Deus.
O diabo teria ficado muito contente, por sua vitória sobre a raça humana.
Mas o Altíssimo cuida dos seus filhos. Quando algo de inesperado nos acontecer, não demos lugar ao medo, oremos a Deus, dizendo-lhe que confiamos Nele. O Senhor nos curará, nos fará prosperar, solucionará nossos problemas, fazendo que as pessoas, à nossa volta, nos ajudem.
Façamos como o Senhor Jesus sugeriu:
Demos de comer, aos que têm fome, de beber, aos que têm sede, hospedemos os estrangeiros, vistamos os nus, visitemos os doentes, e os que estão presos. Fazer isto aos homens, é servir a Jesus, que está assentado à direita de Deus, Ele nos pagará. Em Primeiro lugar devemos ajudar, os cristãos pobres que estão à nossa volta. Também devemos orar pelos administradores, que estão no governo do País, para que saibam, e queiram fazer a sua parte.
Devemos ter uma atitude de colaboração, para com aqueles que estão a fazer o bem, na Igreja ou no governo do País a que pertencemos. Podemos cooperar, com aqueles que nos estão fazendo bem, sejam de família ou não, crendo que é Deus que os usa, e nos livra de todo o mal, que o diabo planeia contra nós; ele usa animais, pessoas, espíritos, ou qualquer outra coisa.
Nós somos filhos de Deus, recebemos o seu Verbo vivo, O Messias, por isso somos deuses, juntamente com o Senhor Jesus, não para sermos adorados, mas se alguém nos elogiar agradeçamos, e logo que pudermos digamos a Deus o seguinte:
Senhor Deus, louvo-te por este elogio, e entrego-o a Ti, porque só Tu mereces.
Para com Deus, e para com o nosso, próximo, devemos usar, não a dúvida, mas o amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança.








A Ilha dos Milagres




Acreditamos que Deus transforma o mal em bem, e que somos mais do que vencedores, sobre toda a maldição, bruxaria, dardos inflamados do diabo, magias brancas ou negras…
Se não quisermos lutar, se usarmos, medo e dúvida, não veremos o poder de Deus, libertando-nos da doença, e de toda a maldição. Façamos tudo em nome do Senhor Jesus, e para a glória de Deus.
Jesus é a autoridade máxima, acima do homem, então a esposa, deve colaborar com o seu marido e vice-versa. Os filhos devem trabalhar com seus pais, no sentido de haver paz, e prosperidade em cada família.
O que aconteceu com S. Paulo, e com os seus companheiros de viagem, é semelhante ao que sucedeu com o Abraão e com Isaac. Deus pôs à prova a fé deles.
O Altíssimo chamou Abraão pelo seu nome, este respondeu:
- Estou aqui Senhor!
Deus mandou-lhe oferecer em holocausto, o seu filho Isaac. A sua vontade não podia ser satisfeita, tinha de ser crucificada, morta. O seu
Desejo era ter o seu filho vivo cheio de saúde, não morto, e nem consumido pelo fogo, até nada restar.
Abraão acreditava que teria, o seu filho vivo e não morto, pensava que o Altíssimo o ressuscitaria, porque o Isaac lhe tinha sido dado, por milagre, no ventre de Sara, sua esposa, e esta era estéril. Ele acreditava que ao seu Criador nada é impossível.
Deus queria provar, perante tudo e todos, que Abraão o temia, mais do que a qualquer outra coisa, ou ser vivo. Que Lhe obedecia mais do que a si mesmo e à sua própria vontade. A morte do carneiro, em lugar do Isaac, simboliza a morte do Senhor Jesus, em nosso lugar, que nos dá direito à vitória. É Nele que confiamos, para sermos livres de toda a maldição.








A Ilha dos Milagres

A Igreja de Deus crê em todas estas histórias, da história do povo de Israel, e da Igreja cristã. Esta ainda hoje existe. O povo de Israel, ainda está na Palestina e em quase todo o Mundo.
O Deus de que a Bíblia fala, está vivo e é recompensador dos que o buscam. Ele continua hoje a manifestar-se, assim como a corrente eléctrica se revela apesar de ser invisível.
O Senhor Jesus que apareceu a S. Paulo, no caminho para Damasco, capital da Síria, continua a abençoar, curar e salvar.
O Espírito de Deus, não parou de dar dons.
A Terra ainda está cheia da glória do seu Criador, as víboras são dominadas pelos filhos do Altíssimo, os demónios saem, porque são dominados e expulsos.
Na história Universal, continuamos a encontrar as seguintes palavras:
- “Antes de Cristo e depois de Cristo” , porque as profecias da Bíblia
serão sempre verdadeiras, as que se cumpriram e as que se hão-de cumprir.
Os arqueólogos prosseguem, descobrindo sinais, de que a história das sagradas Escrituras é verdadeira, no Novo, e no V. T.. Deus usou aqueles que quis utilizar, e continua empregando os seus filhos para mostrar quão poderoso É, e será.
S. Paulo escreveu treze epístolas, ou mais, por inspiração do Espírito de Deus, este homem importunou, a Igreja de Deus, prendendo os cristãos…, mas o Senhor Jesus apareceu-lhe, fê-lo nascer de novo, baptizou-o, em, e com o seu Espírito, e usou-o poderosamente para escrever, para curar enfermos, e expulsar demónios.
Ele estava presente no naufrágio do navio, que ia para a ilha de Malta, onde foram bem recebidos, pelos habitantes, e pelo seu chefe, o públio.
Paulo foi liberto do veneno da víbora. Curou o pai do Públio, e todos que estavam enfermos, na ilha. Era isto que o diabo queria evitar, tentando matar S. Paulo.
Não devemos temer as coisas que acontecem, mesmo quando não as esperamos, usemos a nossa fé, prevendo que Deus nos livrará do mal.
A Bíblia diz o seguinte: “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas”.







A Ilha dos Milagres



Não temamos, mas façamos bem, o que fizermos às pessoas deste planeta, estamos a semear no Senhor Jesus, que É o seu chefe, dono, criador e defensor. Ele nos pagará.
Demos o exemplo do crente Abraão, este demonstrou que é homem de fé, que a possuiu e a usou para agradar a Deus, e Lhe obedecer mais do qualquer homem Seria capaz.
Deus nos mostra, que Jesus virá buscar a sua Igreja, então haverá uma festa no Céu, e Ele virá para reinar sobre a terra…
Dêmos glória a Deus, por tudo que o Senhor Jesus tem feito, para livrar o seu povo, das obras do diabo.
Vigiemos e oremos, para que não entremos em tentação. Enchamo-nos do Espírito de Deus, e da sua Palavra. Ele nos dará alegria, e toda a força, e sabedoria.


























Capítulo 17
Aqui Está a Melhor Decisão


Meditemos sobre a seguinte promessa de Deus:
Se vocês, meus filhos, estiverem cheios, da minha Palavra, e Lhe obedecerem, não sofrereis doenças, nem anormalidades, porque Eu Sou o Senhor, que vos sara. Faço-o baseado, no facto da morte, do meu Filho Jesus, que sofreu, o vosso castigo.
Deus É o Senhor, que nos sara, então, se o crente se sentir doente, não foi o Altíssimo, que isso produziu.
O sistema do pecado e da morte, que opera sobre a humanidade, desde o Adão, é que produz a doença. O cérebro dele era perfeito, como não tinha pecado, havia nele saúde completa. Mas quando ele desobedeceu a Deus, a parte do seu cérebro, que reage sem pensar, reagiu da seguinte forma:
Se tu desobedeceste à vontade do nosso Criador, então eu desobedeço ao teu desejo, de teres saúde completa, no teu corpo.
O cérebro dele, foi dando lugar à doença, através dos anos, por este não ser santo, como o seu Criador, e por não confiar na morte do Senhor Jesus que havia de vir.
Também a minha cabeça, me quer destruir, trabalhando, de maneira inconsciente, para esse alvo. Assim como Deus permitiu, que o Senhor Jesus sofresse, assim o meu cérebro me quer fazer sofrer.
Pretende tirar-me a beleza orgânica, usando a doença, e o envelhecimento, para que eu fique como raiz, de terra seca, sem formosura.
Para que as outras pessoas, me desprezem, e voltem o seu rosto, para não verem a minha face. O meu cérebro quer fazer-me ficar enfermo, aflito e cheio de dores, e deseja que eu ande oprimido, e seja injusto e morra, e fique separado de Deus, sofrendo eternamente.
Ex.15:26;Is.50:1-12;52:14,15;53:1-10;Dt.4:1;7:12-15;13:3;15:7-12;Pv.4:20-26;Pv.12:10;Ex.20:6;1ªRs.6:12;Sl.105:1-4;141:14;91:7-13;Pv.7:5;13:13;13:19;Mt.28:20;Hb.1:1;8:5;10:1;10:2225;Lc.12:15;19:16,17;10:19;Tg.1:27;1ªJo.5:14;Nm.33:14;Rm.10:8-11;Ef.2:8-10;6:16.








Aqui Está a Melhor Decisão


Então devemos ouvir a Palavra de Deus, com o máximo de atenção, obedecendo-lhe de forma perfeita, guardando os estatutos, do Senhor Jesus, para termos vida e saúde, com abundância. É necessário que ensinemos a Bíblia, aos nossos filhos, e a outras pessoas. Não devemos fazer imagem material, do Deus invisível, porque Ele, não mandou. Assim o Senhor nos abençoará, e desviará de nós, toda a enfermidade.
Não prestaremos contas a vários deuses, porque o Altíssimo, é Um só, é Aquele que se manifestou, no Senhor Jesus.
Mas se os sintomas de doença, insistirem em ficar, devemos dizer o seguinte:
Eu uso agora, o meu dom de fé, para curar o meu corpo, no Nome, do Rei celestial, Jesus Cristo. Então leio versículos, sobre cura Divina, e expulso o diabo, que quase sempre, acompanha os sintomas.
Também devemos vigiar a saúde e vida, dos nossos animais, devemos ter cuidado com os pobres, dando-lhes ofertas, das bênçãos que Deus nos deu, e Ele nos fará prosperar. Mas se esse irmão orar ao Senhor, contando-lhe que nos pediu, e não lhe demos, então o nosso cérebro nos condenará, e agirá para nosso mal; se sua terra, não tiver produzido o suficiente, ou se ele não tiver recebido, a sua reforma.
Deus confirmará, sua palavra e nos curará, se lhe obedecermos.
Devemos louvá-lo, pedir-lhe que nos auxilie, falar das suas maravilhas, buscar a sua força, e a sua face.
Exemplo: Senhor Jesus, dou-te graças, porque já me libertaste da azia, já curaste o meu estômago. (Enquanto escrevo estas palavras, sinto-me completamente curado, Deus curou-me agora mesmo). Aleluia!
Senhor Jeová, peço-te que o meu espírito, use o seu corpo e alma, para a tua glória, que ele te sirva eternamente, sem pecar.










Aqui Está a Melhor Decisão


Temos que falar de acordo com a Palavra de Deus, para que isso aconteça, ordenemos ao nosso cérebro, que trabalhe de acordo com a Bíblia, no sentido de manter todo o corpo saudável. Também devemos afastar-nos do mal, perdoando e vivendo em amor. Profetizemos de acordo com as Escrituras, acerca da cura Divina, isso é muito útil.
O que não tem boas consequências, é o facto de fazermos coisas, que Deus proibiu, ou não mandou fazer.
O que o Senhor Jesus pregou, está de acordo com o V. T. mas o Novo Testamento, é a máxima revelação de Deus, é a Ele que devemos obedecer. O Messias não mandou matar, os falsos profetas, nem os adúlteros, porque só Ele, que não é pecador, é que tem autoridade para julgar, com verdade e Amor.
A Lei do V.T., não nos deu a imagem exacta, da revelação de Deus, mas o Senhor Jesus, trouxe-nos a revelação total e perfeita. O Moisés não nos podia compreender exactamente, como o Verbo vivo, entendia e entende.
Se queremos ser curados, amemos mais ao Altíssimo, do que aos bens materiais ou aos espirituais. Usemos a nossa aptidão, para servir a Deus, confiemos Nele eternamente. Louvemo-lo por todo o bem que nos tem
Feito, e por todas as bênçãos que nos dará.
Usemos a verdade Bíblica, habituemo-nos a usar fé, lavemos o nosso corpo, e cuidemos dele.
Retenhamos firmemente, a confissão, de que estamos curados, pelas marcas da morte por crucificação, no corpo do nosso Senhor Jesus. Deus que profetizou a sua vinda, cumpriu-a, Ele É fiel e Justo.
Repreendamos brandamente, uns aos outros, de acordo com a Bíblia, correctamente interpretada.
Visitemos os órfãos, as viúvas e os enfermos, nas suas tribulações. Não sejamos corruptos, como aqueles que não obedecem a Deus. Ele exige santidade completa, para sermos curados e abençoados; isto é preço que eu não posso pagar. Nem o povo de Israel, nem a Igreja do Senhor Jesus, nenhum homem pode cumprir esta exigência. É motivo para perguntarmos:
Porque é que as pessoas têm sido curadas, sem satisfazerem esta reclamação da parte de Deus?







Aqui Está a Melhor Decisão



Porque o Senhor Jesus cumpriu, e continua a satisfazer, essa exigência de santidade. Deus vê-nos em Cristo, cobertos com o sangue Dele, então perdoa os nossos pecados, e cura-nos.
Tudo que pedirmos, de acordo com sua vontade, receberemos. Façamos a seguinte oração:
Senhor, te peço que me vejas, unido com tua Igreja, e com o Senhor Jesus, coberto com seu sangue, crucificado e morto para o pecado, para a doença, para o diabo, para o mundo, para mim mesmo. Vivo para te servir, cheio de saúde, vencendo o excesso de peso, ou peso insuficiente, toda a doença. Ajudando os que me ouvem, ou lêem, a ficarem salvos e curados em Cristo.
Não me deixes acreditar no que sinto, quando penso que estou doente. Ajuda-me a acreditar na tua Palavra que diz o seguinte:
Verdadeiramente o Senhor Jesus, tomou sobre si, as nossas enfermidades, e as nossas dores, levou sobre si. Ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz, estava sobre Ele, e pelas suas pisaduras, fomos sarados. Como o Altíssimo, transforma as águas amargosas, em doces, assim transforma o sentimento de doença, em sensação de saúde. Se o Senhor Jesus, não tivesse morrido por nós, ninguém poderia ser curado, e ninguém teria autorização, de ficar com Ele no Céu.
O diabo, que enganou Eva e Adão, não está interessado, que a pessoa fique livre dos sintomas de doença, envia pensamentos de desânimo e medo, para que esta pense que não adianta nada ler a Bíblia, sua fé não se fortaleça, não seja curada e salva.
A cura Divina, é sempre baseada, no facto de que o Senhor Jesus, sofreu o castigo que eu merecia. Deus vê-me em Cristo, coberto com o seu sangue, morto e ressuscitado com Ele.
A pessoa diz que está doente, quando se sente fraca, ou com dores, mas ela deve duvidar desses sentimentos. É necessário que acredite na Palavra de Deus, que medite Nela, para que a sua fé na verdade do Altíssimo se fortifique, e ela se sinta cheia de saúde e de força. Deve crer com o seu coração, e revelar o que crê, com a sua boca.







Aqui Está a Melhor Solução


Se a pessoa já aceitou a doença, e seus sintomas, Há muito tempo, deve continuar a purificar-se, estudando a Palavra de Deus, sobre cura Divina. Faça o estudo todas as manhãs, durante duas horas, ou mais. Para ficarmos curados, não precisamos deixar, de comer e beber, mas devemos cumprir os nossos deveres, para com Deus e para com o nosso próximo. A cura e a salvação, não são pagas, por esforço humano, ou por dinheiro, mas só pela graça de Deus.
Se nós em imaginação, nos virmos já mortos com Cristo, indo ao inferno com Ele, ressuscitando com o nosso Senhor, já assentados no Céu, reinando com Ele. Se fortalecermos nossa fé, meditando sobre cura Divina, venceremos todo o sintoma de doença. Pisaremos serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo. Nada nos fará dano algum. Em nome do Senhor Jesus, e para a glória de Deus.
O Messias foi ferido, pelas nossas transgressões e iniquidades, não permitamos, que isso tenha sido em vão. Não queiramos pagar o que já foi expiado por Ele.
O diabo é mentiroso e pai da mentira, nunca se firmou na verdade, ele é contra a raça humana, desde o Adão; mas o Senhor Jesus, feriu a sua cabeça. Ele tem que fugir dos filhos de Deus.
Se o Altíssimo não nos ajudasse, não mandasse o Salvador, se não protegesse o povo de Israel, e sua Igreja, satanás os teria enganado e vencido. Para que isso não aconteça, meditaremos no nosso Testamento, nos nossos direitos, exigiremos que os sintomas, se portem de acordo com a Bíblia, e não com as mentiras, do diabo e do nosso cérebro.
Glória a Deus eternamente, por Ele ter mandado, o Senhor Jesus, o nosso Rei. Por nos dar forças, para ficarmos firmes, na confissão da nossa esperança.
Eu como espírito, não aceitarei, que o meu corpo, fique doente. Ele venceu, vence, e vencerá. Aleluia.
Mil poderão cair, à minha esquerda, dez mil à minha direita, mas eu não serei atingido. Com o escudo da fé, apago todos os dardos inflamados do maligno.







Capítulo 18

Olhemos para Jesus o Verbo de Deus


Mas há pessoas que ficam angustiadas, sentem-se mal, na alma e no corpo, ao mesmo tempo. Sofrem inquietação e até pânico. Possuem impressões corporais dolorosas, sentem pressão no tórax, ou na laringe. Era assim que o povo de Israel se sentia, e por essa causa falaram contra Moisés e contra Deus. O público pensou que o facto de serem mordidos, pelas serpentes, e morrerem, era porque tinham falado contra o profeta do Altíssimo.
Vieram a Moisés, confessaram o seu pecado, e pediram-lhe que orasse por eles. Ainda hoje é assim que se deve fazer. Então Deus deu ordem ao seu servo, para fazer um réptil ofídio, de bronze, e o pendurasse num tronco. Então aconteceria o seguinte:
A pessoa que fosse mordida pela serpente, olhava com fé, para aquela que estava morta, e pendurada e o resultado era a sua cura perfeita. Aconteceu o mesmo com S. Paulo na ilha de Malta, mas ele não precisou de ver a víbora pendurada, olhou para o Senhor Jesus. Mas os israelitas precisaram de trazer o seu problema ao Moisés, e a Deus, e o Senhor lhes deu a solução. Ele não permite que a tentação, exceda a capacidade de vencer, que dá ao seu povo.
A serpente de bronze, simboliza o diabo que foi vencido, pelo Cristo de Deus. Se olharmos para Ele, e crermos que somos perdoados, e salvos, pedimos-lhe e Ele dá-nos a vida eterna. Os israelitas olhavam para serpente morta e eram libertos da morte.
Para o cérebro humano, este acto de olhar para réptil ofídio morto, que não se movia, aliado à ordem de Deus, de ficarem livres da morte, era o suficiente, para criar o antídoto. (Nm.21:4-9;1ªCo10:4-13;2ªRs 18:3,4;Jo3:14;Sl140:1-3;Mt10:16;23:1-29;Ap12:9-11;Fp2:5-14;Hb4: 12;1ªCo3:21,22;Hb13:5,6;Jo14:16-18;).
Olhemos para o Senhor Jesus e recebamo-lo, Ele é nosso Rei, Senhor e Salvador. Assim seremos salvos e curados, no espírito, alma e corpo. O diabo procura injectar, o veneno da dúvida, no nosso cérebro, mas o Senhor Jesus é o exemplo, da verdadeira e vitoriosa fé.
Com o meu firme fundamento, sobre o qual estão as coisas que espero, e a prova, de que vou receber as coisas que ainda não vejo, eu destruo toda a peçonha da serpente, que é o diabo.






Olhemos para Jesus o Verbo de Deus


A víbora de bronze não devia ser adorada, era apenas um símbolo, da anulação, do veneno das serpentes de fogo, e da destruição das forças do mal.
O homem mau e violento, que pensa em prejudicar os outros, e continuamente se ajunta, para roubar e matar, é como a serpente, suas palavras são como veneno. Deus nos livra deles ajudando-nos a ser prudentes.
Os Escribas e Fariseus, do tempo do Senhor Jesus, eram hipócritas, iníquos, e ignorantes. Estavam destinados ao Inferno, eram como serpentes venenosas.
O Povo precisava e necessita, de dirigentes santos, se não se arrependesse e não pedisse ao Moisés, para orar a Deus por ele, ou se o servo de Deus, não quisesse estar com esse trabalho, ou se o Senhor não lhe respondesse. Deus podia ter respondido, mas Moisés podia não ter compreendido. Se os mordidos não olhassem para a serpente de bronze, não seriam curados, morreriam, sem ver o poder do Altíssimo, manifestado no seu corpo.
Mas Deus revelava ao Moisés, o que ele devia fazer, para resolver os problemas; das águas de Mara, que eram amargosas, e se tornaram doces, das serpentes ardentes ou outros. Deus resolve todas as questões que lhe apresentemos, devemos habituar-nos a confiar Nele, pois nunca deixará de ser o que É.
O Altíssimo deu o Senhor Jesus, para morrer em nosso lugar, mas Ele ressuscitou, subiu ao Céu, está muito levantado, grandemente exaltado, por Deus nosso Pai.
A serpente morta, pendurada numa haste, simboliza a vitória, do Senhor Jesus sobre o diabo, doenças e morte.
A Bíblia diz o seguinte:
“E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e, de dia e de noite, serão atormentados, para todo o sempre”. (Ap.20:10). O diabo também é denominado, de grande dragão, antiga serpente e satanás.
Deus exaltou o Senhor Jesus, soberanamente, e Lhe deu um nome, que é sobre toda a denominação. O seu Nome domina sobre, Sida, Cancro, Tuberculose, sobre todos os vírus e anormalidades.






Olhemos para Jesus o Verbo de Deus


O Senhor Jesus já me curou, de toda enfermidade, livrou meu espírito de toda a doença. Sua Palavra é semelhante a espada de dois gumes, é viva, eficaz, penetra até à divisão, ou zona, da alma e do espírito, e das juntas e suas medulas; e é apta para avaliar, os pensamentos e intenções do espírito humano.
Façamos a seguinte oração:
Senhor meu Deus, te peço que meu espírito, não receba os sintomas de doença, mostra-lhe como ele pode solucionar, os frequentes sentimentos, de que há algo mal com a saúde do seu corpo; assim como mostraste, ao Moisés a saída para as situações aflitivas de Israel. No Nome do Senhor Jesus e para tua glória. Amem.
S. Paulo diz o seguinte:
“Tudo é vosso e vós de Cristo, e Cristo de Deus”; então, tem, ou terá Deus, temor dos micróbios e dos vírus, das doenças, ficará Ele preocupado, sem saber qual a saída, para ver um cancro curado? É óbvio que não!
Quando Deus estava dentro de um corpo humano, na pessoa do Senhor Jesus, não temeu a doença, tudo lhe obedeceu, até a serpente. Ele não podia pecar, porque vivia em perfeito Amor. Ele sempre me livrou e livrará, dos sintomas de enfermidade, o Messias promete nunca deixar, que a tentação seja superior, ao poder Dele em mim. Façamos a seguinte oração:
Senhor Espírito de Deus, Tu trabalhas em favor de Deus, Pai e Filho e também, para meu benefício, te peço que me livres de todos os sintomas de enfermidade.
Agora repreenda o espírito do diabo, que quer fazer-lhe pagar, o que Jesus, já expiou, morrendo por nós, expulse-o em nome do Senhor Jesus. Depois louve a Deus, veja-se em imaginação, saltando de alegria, e dizendo o seguinte:
Glória ao Altíssimo salvador, vejo-me curado, a sua verdade é superior aos meus sentimentos, é nela que eu creio, aceito-a, confesso-a com a minha boca, escrevo-a e adoro-a, juntamente com o seu criador. Os Anjos de Deus, querem servi-lo, diga-lhes o seguinte:
Anjos de Deus, enviados para me servir, eu vos comissiono, para me livrarem dos espíritos de enfermidade, e de toda a maldição, enviada contra mim. (Sl.91:11;Hb.1:13,14;).






Olhemos para Jesus o Verbo de Deus


Sabemos que Deus é o Criador, dos anjos, de tudo e de todos. todas as coisas, que acontecem, sobre a terra, boas ou más, é com sua permissão; mas cada pessoa sofre as consequências, das suas próprias obras. Então se nos sentirmos mal, angustiados, doentes, isso não deve ser motivo, para falarmos mal de Deus, dos homens, ou do resto da sua criação; mas deve levar-nos, a confessar nossos pecados, ao Altíssimo, cuja ordem perturbamos. Devemos deixar o pecado e agir correctamente.
Os sintomas de doença, podem levar a pessoa a duvidar da Palavra de Deus, e ao nosso cérebro, a criar a dor e a perturbação. Então não devemos acreditar no sentimento de anormalidade, transformando assim, imagens negativas, em positivas, para nosso bem.
Deus permitiu, que o diabo provasse a fé do Job, fazendo-o ficar doente; mas se ele tivesse duvidado dos sintomas, imaginando-se já vencedor, cheio de saúde; confessando com a sua boca, a sua vitória, pela fé no Messias, que viria, não temendo, o Job venceria. Mas venceu, apesar de ter sofrido mais. Aprendeu com o que sofreu, Deus lhe revelou Sua presença e Seu Poder, porque falou acerca de Deus, o que é verdadeiro.
Eu vejo-me cheio de saúde, próspero, feliz; e da mesma maneira, aqueles por quem tenho pedido a Deus. Observo-me a mim mesmo, em imaginação, dançando diante do Altíssimo, de mãos levantadas, como árvore, e digo:
Glória ao Pai ao Filho, e ao Espírito santo, porque me salvou; estou curado, próspero, abençoado. Em nome do Senhor Jesus e para glória de Deus.














Capítulo 19


Deus é Pai dos Nossos Espíritos


Na realidade, devemos louvar o nosso Deus, porque Ele nos exaltou. Estamos sentados com o Senhor Jesus, no Céu: Acima da pobreza, da doença, do diabo, de todos os nossos inimigos; assim eles não se alegrarão, por muito tempo, com as nossas imperfeições. Nós passaremos o tempo, louvando ao Altíssimo, por tão grande salvação que nos deu.
Ao curar-nos, fez subir a nossa alma, acima da morte, conserva-nos vivos, para o glorificarmos e adorarmos. Ele bem o merece; deu-nos a justificação e a reconciliação consigo mesmo, porque sempre nos amou, e amará eternamente.
Então, é nosso dever moral, cantar louvores a Deus; porque Ele, nos deu a vida eterna, e nos tem prometido vitória total, sobre todas as aflições. Toda a ferramenta, preparada contra o Seu povo, não prosperará, nem atingirá o seu alvo. Com o escudo da fé, apagaremos todos os dardos inflamados do maligno.
Então devemos ser verdadeiros e justos, pregando o Evangelho do Senhor Jesus. Temos a certeza, que estamos salvos Nele. É necessário que oremos em novas línguas, em todo o tempo, por cada um dos nossos irmãos, e por todos os homens.
Recordemos que Deus, é absolutamente santo e não pode mudar. Deus nos criou, à sua imagem e semelhança, deseja que o homem se aperfeiçoe e seja semelhante a Ele mesmo. A raça humana não deve, deixar-se vencer, pela dúvida, sintomas de enfermidade, nem por qualquer outra coisa, nem pelo diabo.
(Sl30:1-4;Ef6:14-18;1Co14:2,12-17;Gn5:5;Jo15:14).
O facto de o corpo do Adão, ter estado vivo, durante 930 anos, é algo de admirável. Se um dedo fosse tirado do seu corpo, seria enterrado, e dentro de pouco tempo, estaria desfeito.
Deus nos alegra, nos dá vitória, sobre a morte, contra a dor, e sobre toda aflição. Aleluia.
Quando pedimos ao Altíssimo, que nos cure, Ele concede isso, por processos ou caminhos, que não conhecemos perfeitamente, mas Ele o faz.





Deus é Pai dos Nossos Espíritos


Se eu faço um golpe, no meu dedo, ele curar-se-á, por si mesmo, de dentro para fora; porque Deus lhe deu esse poder. O meu sangue pode defender-se dos micróbios, que entrem por esse corte, usando os glóbulos brancos. O meu cérebro, pode produzir adrenalina, adquiriu hábitos: de comer, beber, agir e reagir automaticamente, conforme aprendeu.
Se eu lutar contra os meus inimigos, serei mais que vencedor, por Jesus nosso Senhor; se tiver medo, e não combater, o que acontecerá? Ficarei doente, morrerei e irei para o inferno.
Deus quer sempre, exaltar-nos, levantar-nos, encher-nos de saúde.
Ele não quer, que nossos inimigos, nos vençam. Deus nos exaltou, como seus filhos, e ainda não é manifestado, a posição que devemos ter, no Seu Reino.
Exaltemos Seu Nome,”Jesus”, e Sua Pessoa, façamos tudo que lhe agrada. Elogiemos ao Deus vivo e verdadeiro.
Se o Altíssimo não curasse seu povo, nos deixasse morrer, cada vez que cortássemos um dedo; ou quando estivéssemos doentes, estaria a
humilhar, a permitir que o diabo se ficasse a rir. Mas o nosso Deus, tem tudo preparado, para que sejam curados, os corpos que Ele criou.
Quando o homem semeia o seu trigo, este fica escondido durante algum tempo. Algo nos diz que não está a acontecer nada; mas depois de passar, a primeira fase da vida da semente, o agricultor, vê com alegria, saindo da terra, uma planta; é um indivíduo do reino vegetal, que dará, não só um bago de trigo, mas muitos.
O cristão verdadeiro, é vitorioso sobre a doença, porque medita na palavra de Deus. O altíssimo é como um bom pai, que gosta de ver seu filho, sempre vencendo tudo, e todos aqueles que lhe querem fazer mal; querem impedi-lo de ser um homem perfeito, cheio de saúde; é isto que Deus deseja, Ele fará tudo para que estejamos bem, porque Ele é infinitamente melhor que um pai humano.
Este Deus, que dá ao homem capacidade, de voar, com avião, de navegar, com navio, viajar na estrada, com automóvel; dá-nos sabedoria, para utilizarmos as ondas hertzianas, telefone, computador, e ensina-nos a cuidar do nosso corpo. Ele nos tornou capazes, de nos mantermos com saúde, e de nos curarmos, mesmo quando nos tínhamos desviado, pelo mau e espiritual caminho, da doença e da dor.






Deus é Pai dos Nossos Espíritos



Enchamo-nos dos pensamentos de Deus, estudando a sua palavra, raciocinando como o Senhor Jesus, falando como Ele falou. Gozemos a saúde, que o Altíssimo dá, como o Messias usufruiu.
Elogiemos a Deus, antes de recebermos a cura que pedirmos. Exemplo: Um neto recebeu a seguinte promessa, de sua avó:
Vou dar-te uma bicicleta, boa e bonita.
Passaram-se três meses, e o neto, o menino João, não a tinha recebido. Então escreveu à sua avó, porque ela morava, numa cidade que estava, a quarenta quilómetros de distância. A carta dizia o seguinte:
Querida avó, não me esqueci da sua promessa, em espírito já tenho a bicicleta, e estou esperando por ela, que é boa e bela.
Fico agradecido, pela sua promessa. A avó, dona Maria, quando viu a carta, ficou muito alegre, e escreveu o seguinte:
Querido neto, aqui te envio um cheque, que servirá para comprares, a tua boa e bonita bicicleta, porque aqui não encontrei nenhuma, que te agradasse, e tão bonita como tu queres.
Assim acontecerá connosco, se dissermos a Deus o seguinte:
Senhor Deus, pai do Senhor Jesus Cristo, te agradeço com amor e fé antes de receber, de forma material, porque apesar dos sintomas de infecção, na garganta, eu creio que já estou curado. O Senhor Jesus levou, sobre si mesmo, as minhas dores e enfermidades. Eu não temerei, mas confiarei em ti.
Se falámos com Deus, e vimos que não obtivemos, resultados positivos, devemos consultar o médico, o nutricionista etc.. porque Deus só pode actuar de acordo, com o que esperamos, e em concordância com os hábitos do nosso cérebro. Devemos louvá-lo por tudo o que Ele tem posto, à nossa disposição:
Sol, ar puro, água doce, bons frutos, cereais de boa qualidade…
Devemos, eternamente agradecer-lhe, por nos ter mandado a este planeta, por nos ter salvo da morte eterna, do inferno, do diabo, de todo efeito do mal. Ele fez de nós, seus filhos, livrou-nos das drogas e das doenças porque nos ama, e sempre nos amará.






Capítulo 20

A Energia Espiritual de Deus Fortalece seu Corpo


Se Deus nos ordena, que levantemos mãos e joelhos, com a ordem dá a capacidade de obedecer. levantemo-nos, vamos pregando, curando e salvando, os oprimidos pelo diabo.
O Espírito de Deus, encherá nossas mãos de vigor, fortalecerá joelhos indecisos, doloridos e os curará, para podermos orar melhor.
Quando a pessoa se sente doente, inclina-se para o desânimo, sente-se fraca nas mãos, nos joelhos, e em todos seus ossos, e articulações, mas deve falar positivo, de acordo com o Evangelho, do Senhor Jesus. O Espírito de Deus, dará energia ás suas articulações, e a seus ossos; Ele lhe outorgará saúde, porque ficou em lugar do Senhor Jesus, para nos guiar em toda a verdade.
Se o cristão não usou a fé da Bíblia, seu subconsciente accionou a dúvida, criou a dor e o desânimo; mas o seu consciente sabe, que Deus quer, que nos tornemos a levantar. Ele deseja que nossos ossos, e todo o corpo, sejam cheios do seu Espírito, e de saúde. Então o cristão, estenderá sua mão, como um náufrago na água, a alguma coisa que possa ajudá-lo, para não se afogar. Vencerá dor e enfermidade, porque Deus o fortalecerá. É possível que use chá, água, medicamentos, ou outras coisas, mas vencerá eternamente, não sofrerá muito, porque está no caminho da saúde. Pelo sangue e morte do Senhor Jesus, tem direito a levantar-se novamente, como um campeão, mais que vencedor.
S. Tiago diz o seguinte: “A oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”.
(Hb12:12;1Co10:13;Tg5:15;Rm9:17;Jo11:32-45;8:25-32;Jl2:11;Is12: 1-6;At16:25;Hb12:13-17;3Jo1-6;Lc10:17-20; Sl37:23-25;Cl5:23;Tg4: 7).
Assim Deus levantou Faraó, contra o povo de Israel, para mostrar seu poder, contra ele, a fim de que Seu nome, fosse glorificado. O Senhor permite doença, dor, para demonstrar seu poder, contra ela. As obras de Deus destroem a doença, mas o Senhor Jesus, nalgumas ocasiões, é forçado a permitir, que a enfermidade avance. Mostrará porém ao cristão, Seu poder, não só a este, mas também aos outros que estejam à sua volta. O Lázaro morreu, porque não sabia lidar, com seu subconsciente.




A Energia Espiritual de Deus Fortalece seu Corpo


Mas o Senhor Jesus o ressuscitou, para mostrar que tem, não só poder
Para curar, mas também para o ressuscitar, mesmo que esteja a ficar podre. Isto aconteceu com o corpo do Lázaro.
Cada pessoa tem um livro, onde são escritas, as suas obras, mas o Espírito de Deus, pelo sangue e morte de Jesus, apaga as más obras e cura a enfermidade. (Ap20:12;12:11). Louvemos o Senhor Jesus já! Precisamos levantá-lo com adoração, Ele é o Verbo de Deus, criador e sustentador de tudo.
Portanto não devemos temer, é uma ordem de Deus. Não devemos desistir de crer na palavra do Altíssimo. Ainda que pareça, que a dor e a doença, estão a vencer, não devemos desanimar. A ordem é de avançar e viver em perfeição, perdão e santificação.
O diabo faz todo o mal, que puder, para produzir doença, mas Deus a transforma em saúde, nos exalta, acima de toda enfermidade.
Não desanimemos, mas fiquemos firmes, no Altíssimo. Nosso alvo é vencermos, toda doença e toda maldição.
Peçamos ao Espírito de Deus, que perdoe e apague, do nosso livro, toda má obra.
Acreditemos que a ira de Deus, se retira do pecador, e Ele lhe dá sua alegria. Jesus é nossa salvação, da doença, da pobreza e de todo o mal. Ele é nossa força e cântico. No meio dos sintomas de doença devemos alegrar-nos, porque o Altíssimo nos perdoa e nos cura; assim Paulo e Silas faziam, na cidade de Filipos, Quando foram presos.
Supliquemos e louvemos a Deus, em nome do Senhor Jesus, forte e elevado é seu Nome, Ele é omnipotente. Mas se a pessoa, não amar a Deus, não buscando ajudar sua Igreja, continuando a pecar, vivendo numa atitude de dúvida, desânimo e medo, será pior para ela, mas se deixar de pecar, o Senhor Jesus lavará seu subconsciente, voltará a ser feliz.
Se não quiser viver em paz e se recusar o desejo de ser santo, como Deus é, não terá vida eterna, não possuirá saúde, com abundância, baseada no facto, de Jesus tirar do seu livro, todo o pecado.
Se de modo nenhum, confessar a graça do Senhor Jesus, que dá poder para perdoar e esquecer a ofensa; então as raízes de amargura, ou pensamentos de aflição, o perturbarão.







A Energia Espiritual de Deus Fortalece seu Corpo


O Esaú ficou atormentado, e chorou, porque não deu valor, ao seu direito de primogénito; Nós somos filhos de Deus, mas sofreremos como o irmão de Jacob, que lhe vendeu o seu direito, de filho mais velho, se não avaliarmos correctamente, nosso direito de co-herdeiros, com o Senhor Jesus.
Deus quer que vivamos, em santidade, boas obras, e que tenhamos saúde, no espírito, alma e corpo.
Cuidemos dos cristãos e de todos os homens, porque é a Bíblia que nos ordena, que o façamos; Ela é a Palavra de Deus, inspirada pelo Seu Espírito. O Altíssimo não pode mentir, nem mudar; tudo que lhe pedirmos, de acordo com sua boa, agradável, e perfeita vontade, Ele nos concederá; Então cremos, com o coração, que estamos perdoados e curados.
O Espírito de Deus, que está no planeta Terra, não é visível por olhos humanos; mas os cristãos o conhecem, por suas obras em nós. Ele limpará e curará seu cérebro, consciente, inconsciente e libido. Dará saúde ao seu espírito, alma e corpo.
Falemos de acordo, com a Palavra de Deus, comamos e bebamos coisas boas, que nos façam sentir vigorosos e felizes; isso não impede, o Espírito de Jeová, de nos curar e de nos dar ânimo, porque foi Ele que tudo criou.
O seu cérebro consciente pode verificar, que o inconsciente, está a agir, para seu mal, mas também sentirá, a vitória se meditar, sem cessar, na palavra de Deus, sobre o Senhor Jesus, que veio para salvar e curar a todos.
Levantemo-nos da cova da dúvida, onde fomos cair; não ficaremos desanimados, porque o Senhor nos dará a sua ajuda infalível e santa.
Digamos o seguinte:
Eu vejo Satanás a cair e a fugir de mim, vencido e triste, porque não consegue fazer-me aceitar, seus pensamentos, de pobreza, tristeza, doença, etc.. Vejo o Espírito de Deus, limpando meu espírito, alma e corpo. S. Tiago diz o seguinte:
“Sujeitai-vos pois a Deus, resisti ao diabo, ele fugirá de vós. Aleluia.







A Energia Espiritual de Deus Fortalece seu Corpo


O Senhor prometeu, que nos perdoará, nos livrará da anormalidade e da doença, assim fez no Egipto, levantando o Faraó, para depois o derrotar; para que seu Nome fosse glorificado.
O Senhor não curou o Lázaro, ele morreu; mas o Messias o ressuscitou, com mais saúde do que antes. Devemos exaltar o Cristo, que nos deu direito a estarmos curados; Ele é nosso advogado de defesa, diante de Deus.
O poder e sabedoria de Jeová, contra os micróbios, é maior que a força do diabo, que os usa; por isso não devemos desanimar, mas usar tudo que Deus põe à nossa disposição, para nos curar. Através da doença, Satanás quer tornar-nos seus escravos, mas nós já somos servos de Deus e da sua justiça. Não somos escravos do diabo, nem dos sintomas de enfermidade.





























Capítulo 21


É o Espírito de Deus que Limpa teu Pecado


Os que odeiam o povo de Deus, sofrerão enfermidades, mas os que amam ao Altíssimo, e ao seu povo, delas se livrarão. Asa, rei de Judá, não recorreu a Deus, mas só aos médicos, por isso morreu.
Eu não morrerei, se lhe obedecer, demonstrando que o amo; assim o Altíssimo perdoa-me, cura-me e não permite que a enfermidade seja dona de mim. Deus é meu Senhor, meu dono; Ele me amou de tal maneira, com tão grande Amor, que me deu seu Filho amado, e permitiu que os homens o matassem.
Confiados neste Deus, que está em nós, sábio, santo, omnipotente, omnipresente, e omnisciente. Nele venceremos toda força maligna, no interior ou exterior, do nosso corpo.
O Senhor Jesus, demonstrou seu Amor, por mim, não só dizendo que me ama muito, eternamente, mas dando-me o que eu precisava. Deu sua vida em meu lugar, dá-me tudo, que lhe peço e além do que lhe solicito, ou penso. Também eu, se puder, devo dar aos meus irmãos, o que eles me pedem; demonstrando meu amor, pelo facto de fazer boas obras. Assim os sintomas de doença, não me vencerão.
A capacidade de amar, vem do Espírito de Deus, que habita em nós. Se alguém não tem essa aptidão, é porque seu espírito, não conhece ao Altíssimo.
Se uma pessoa recebeu o Senhor Jesus, Ele é seu Rei, senhor e salvador, faz boas obras em amor, então pertence ao grupo do céu, à Igreja de Deus. No Amor não há temor; a pessoa que conhece e ama um cão, não o teme, não se assusta com seu ladrar.
Se faço boas obras, espero ceifar o bem, saúde, protecção de Deus, e do Seu reino. Aquele que semeia caridade continuamente, pode em fé, esperar a misericórdia do Senhor Jesus, para o livrar de todo o mal.
(Dt7:14,15;28:15-68;1Jo1:9;2:1,2,5;3:1,16,18;4:7,8,16;Jd21;Hb6: 10,11;10:24;13:1-6;2Tm1:7;Rm13:9,10;At18:9-11;Lc1:30;12:32;18: 1-8;Sl17:8).








É o Espírito de Deus que limpa teu Pecado


O amor, ou capacidade de amar, faz boas obras, principalmente aos cristãos. Quando devolvemos, todos os dízimos a Deus, e semeamos ofertas, estamos a demonstrar nosso amor. Perseveremos nisso até ao fim, para glória de Deus, em nome do Senhor Jesus, porque se agirmos de forma útil, seremos bom exemplo, que influenciaremos os cristãos, para fazerem o mesmo, ou melhor que nós.
A caridade leva-nos a hospedar de graça, os cristãos, visitar os presos e os doentes, para orarmos por eles, e ajudarmos no que pudermos.
Também conduz os cônjuges, a serem fiéis, um ao outro. Assim Deus, não nos deixará nem desamparará; no meio da doença e da dor, nos fará triunfar. Devemos crer que Ele nos ajuda a vencer, louvando-o antes de vitória receber. É o Espírito do Altíssimo, que nos leva a fazer, obras de Amor, mas há espíritos malignos, que procuram fazer-nos sentir, medo da doença e da dor. Querem induzir-nos, a adulterar, matar, furtar, dar falso testemunho, cobiçar coisas ou pessoas.
Não os temamos, nem aos que possam matar nosso corpo, mas com prudência, examinemos essas pessoas, no alvo de orarmos por elas e de as levar a receber o Senhor Jesus. Amarremos Satanás e todos seus espíritos, dizendo-lhes o seguinte:
“Está escrito: nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Não tentarás o Senhor teu Deus. Vai-te Satanás, porque está escrito: ao Senhor teu Deus, adorarás, e só a Ele servirás.” (Mt4:4,7,10).
Peçamos ao Altíssimo, que desvie de nós, toda a enfermidade. os que disserem, que nós filhos de Deus, ficaremos doentes, ou amaldiçoados, sofrerão, doenças e maldição, porque foi isso que semearam. Vamos pregando o Evangelho sem medo, Jesus prometeu estar connosco todos os dias.
A pessoa que acha graça diante de Deus, não precisa do medo, porque Ele dá-lhe sua bênção, que desfaz toda maldição, apaga todo pecado, cura toda enfermidade, nos faz reinar com o Senhor Jesus.









É o Espírito de Deus que Limpa teu Pecado


Deus deseja que eu tenha fé Nele, mas meu cérebro, é como um juiz mau e teimoso. Devo enchê-lo continuamente, com a palavra de Deus. Assim, a palavra, livrará meu corpo, da doença e de toda perturbação. Ela é como água pura, que limpa meu subconsciente.
Quando tenho medo, daquele que não teme a Deus, o meu cérebro faz –me ceifar hesitação em tudo, assim só segarei o que vem do diabo, e dos meus inimigos. Isto não deve acontecer, porque fui comprado pelo sangue e morte, do Senhor Jesus. Então devo dizer o seguinte:
Deus não me deu, espírito de temor, estou cheio com o Espírito de Deus, de fortaleza, amor e moderação. Ao nome de Jesus Cristo se submete todo o espírito. (2Tm1:7).
A Igreja de Deus, é tão preciosa, para o Altíssimo, como para mim, são os meus olhos. Para Ele vale mais uma alma, que um planeta, como a Terra. Qual é o valor que eu dou aos meus olhos? Cuido deles não permitindo que os firam, sujem, ou lhes toquem, de forma indelicada, sem amor. Assim Deus quer que estejamos bem, e nos protege de todo o mal.
Jeová, sempre tem guardado o povo de Israel. Seu pai, Jacob viveu à cerca de três mil e oitocentos anos, sofreram muito, mas Deus os trouxe para a palestina. Alguns já receberam o Senhor Jesus Cristo, mas muitos rejeitam-no, com prejuízo seu.
Actualmente Deus está formando, um povo de Israelitas e de gentios que recebem o Senhor Jesus, como seu Rei, Senhor e Salvador. Todas estas pessoas, amam, ou deviam amar a Deus, sobre todas as coisas, e ao próximo como a si mesmos.
Mas se elas se sentirem doentes, devem buscar primeiro Deus. Se Ele não puder usar seu cérebro, por este não lhe obedecer; chame um médico crente, se possível; porque este pode orar por si.
Demonstre amor pelo seu corpo, enchendo-se do conhecimento, da palavra de Deus.
Estejamos dispostos a sofrer, por aqueles que amamos. Sejamos benignos. Não devemos ser invejosos, imprudentes, orgulhosos, desrespeitadores, egoístas, incomodativos, desconfiados, injustos, mentirosos, intolerantes. Sejamos confiantes, esperemos o melhor, mas estejamos preparados para o pior. O pombo nem sempre voa, mas está, em todo o tempo, preparado para voar.






É o Espírito de Deus que Limpa teu Pecado


Se eu não estudar a palavra de Deus, meditando Nela de dia e de noite, e se não lhe obedecer; as maldições da lei virão e me atingirão. Então devo estudar a bíblia e orar.
Se eu desobedecer a Deus, e perseverar nisto, amaldiçoado serei:
No campo nada me correrá bem. Será maldito meu cesto, minha amassadeira, meu filho, minha ceifa, bezerros, ovelhas, minha entrada e saída.
O melhor é receber Jesus, como meu Rei, Senhor e Salvador e perseverar eternamente, nesta atitude.

Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...