segunda-feira, outubro 01, 2007

Estes Sinais Seguirão aos que Crerem

Em Nome de Jesus, o Primogénito de Deus


1 Co 14:2,4,15,16; S. Paulo está dizer que eu posso orar e cantar em língua estranha, e posso orar e cantar na minha língua materna, que é a língua portuguesa; Orar e cantar pode ser diferente do dom de falar em língua estranha com a intenção de dar uma mensagem àqueles que ouvirem; Se for essa a minha intenção devo estar calado, ou devo ter interpretação, ou devo falar só entre mim e Deus, porque ninguém me compreenderá.
Mc 16:17; Falar em novas línguas é (diferente do dom de falar em línguas com o alvo de profetizar, nesse caso, tem de ter interpretação).
At 10:46; Os gentios que ouviram a palavra Deus ... falaram línguas e magnificaram (engrandeceram) a Deus, as línguas, eram sinal (indício) que o Espírito de Deus, os estava a usar, (mas a sua intenção não era darem uma mensagem a ninguém).

a. Vamos falar de transmitir a Deus o nosso louvor de forma directa, sem ninguém perceber, seja no mundo visível ou invisível, quando eu nasci falava línguas estranhas, que só Deus entendia, e Ele usava a minha mãe e o meu pai, para suprir as minhas necessidades, conforme a minha fé.
b. Falar e cantar em línguas estranhas, para a igreja de Jerusalém, era tão normal, que S. Paulo não precisava de explicar, o problema não era o facto de cantar e louvar a Deus em línguas estranhas, era sim o facto de haver pessoas que queriam que os outros percebessem essas línguas, sem o dom de interpretação, era isto que S. Paulo estava a explicar aos coríntios.
c. Se S. Paulo quisesse proibir os crentes de orarem, louvarem e engrandecerem a Deus em línguas, estaria a proibir que manifestassem a sua fé nas palavras de Jesus (estes sinais seguirão aos que crerem ...) também quando os crentes eram e são baptizados com o Espírito Santo, falavam e falam em línguas estranhas., mas ele estaria a discordar desse sinal.
A pessoa que fala línguas estranhas, e que está a falar a Deus, não deve ser impedida, nem está a querer dar uma mensagem aos homens, ela está a falar com Deus de coisas que o cérebro humano não entende (são mistérios), o seu espírito está a aprender coisas que o seu cérebro não pode entender.
d. Quando a igreja está reunida a louvar a Deus, na sua língua materna, e depois, sob a direcção do pastor começam a cantar em línguas estranhas, isso não causa confusão, mas edifica os espíritos dos crentes; mas o diabo não quer e não entende e fica triste e frustrado porque está a perder o controlo dos espíritos que estão a edificar-se contra ele e o vencerão mais facilmente.
e. Jo 10:1-16; Um pastor de ovelhas, guia o rebanho para boas pastagens e entende a sua voz, mas as ovelhas não se deixam guiar por vozes estranhas, e se alguém quiser impedir que as ovelhas sigam o seu pastor, este arranjará uma maneira de o impedir, Deus impede o diabo de perceber a comunicação directa, e em línguas estranhas, que os Seus filhos usam para com Ele; Deus sabe a sua intenção.
f. 1 Co 12:10; 14:5,13; Em línguas estranhas, ore a Deus e louve-O, usando a fé de que O Espírito Santo o guiará, peça-Lhe que Ele o inspire, que o guie, estude melhor este assunto, o crente fica a ganhar, e o diabo fica a perder, creia que a promessa de Jesus se cumprirá na sua vida, mas se tiver o dom de dar uma mensagem em línguas peça a Deus que lhe dê o dom de interpretar.
g. At 17:24-31; Imagine que está a nadar por baixo de água doce e pura, e bebe de livre vontade um gole dessa água e sente-se bem, e bebe outra porção dessa água; agora imagine-se mergulhado no Espírito de Deus, bebendo, e dizendo: estou bebendo o Espírito de Deus, Nele vivo me movo e existo, mesmo que você não tenha recebido Jesus, como seu Rei, Senhor e Salvador, Ele está junto de si, como a água pura e doce, porque Ele é omnipresente, nele se movem todas as coisas; receba Jesus, creia Nele, obedeça-Lhe e beba com confiança e com esperança de que atingirá o seu alvo.
h. Todos os melhores cristãos que eu conheci, alguns já estão no céu, foram baptizados com o Espírito de Deus e no Espírito de Deus, falaram novas línguas, tiveram fé no Espírito de Deus, e venceram, porque confiaram na palavra de Deus.
i. Os que me disserem que eu não posso cantar e orar em línguas estranhas, seja sozinho ou em reuniões em que o pastor nos convide a isso, não estão a falar de acordo com a Bíblia, correctamente interpretada.
j. Essas pessoas devem estudar melhor este assunto e devem pedir a Deus que os esclareça, o Espírito Santo lhes fará recordar do que Jesus ensinou.
l. 1 Jo 1:7; Vou terminar fazendo a seguinte oração:
Pai Celestial te agradeço por tudo o que me revelaste sobre este assunto tão maravilhoso, te peço por toda a Tua Igreja, que está em todo este planeta, faz que o teu povo seja perfeito na compreensão da personagem maravilhosa que é o Teu Santo Espírito, faz que eu ore e interceda em línguas, pelo Teu santo povo, lavado pelo sangue do Teu Filho Unigénito. Amém.

Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...