segunda-feira, setembro 17, 2007

Jesus é o Supremo Dominador

Só o Espírito de Deus me Leva a Dizer que Jesus é Deus

1 Co 2:4; ... em demonstração do Espírito e de poder (em prova evidente do poder do Espírito de Deus).
1 Co 2:10; ... Deus no-las revelou pelo Seu Espírito; porque o Espírito penetra (revela) todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.
1 Co 2:11; ... sabe as coisas de Deus ... o Espírito de Deus.
1 Co 2:12; ... O Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.
1 Co 2:13; ... O Espírito Santo ensina ...
1 Co 3:16; ... Sois o templo de Deus ... o Espírito de Deus habita em vós ...
1 Co 6:19; ... o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus ...
1 Co 7:40; ... eu cuido (julgo) que tenho o Espírito de Deus ...
1 Co 12:3; ... vos quero fazer compreender que ninguém, pode dizer que Jesus é o Senhor, (supremo dominador) senão pelo Espírito Santo.
1 Co 12:13; ... todos nós fomos baptizados (unidos) em um Espírito ... e todos temos bebido de um Espírito. (Como na videira, a vara bebe da sua seiva).
2 Co 1:21,22; ... O que nos ungiu, é Deus, o qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações.

a. Podíamos falar da sabedoria dos homens, dos anjos, arcanjos, querubins, serafins, de melões, melancias, do profeta Elias, do profeta Eliseu, do vendedor de ouro, daquele que possui grande riqueza material, do que é mais pobre que toda a gente, do político, do crítico, do manjerico, do Francisco e da Maria, mas só quero escrever acerca Daquele que tem todo o poder, toda a sabedoria, que está em todo o lugar ao mesmo tempo.
b. S. Paulo diz-nos que o Espírito de Deus o usou para falar, e que nisso não teve influência a sua própria sabedoria humana, nem as suas palavras, mas o Espírito santo que era o seu Mestre, lhe ensinou todas as coisas, e o fez recordar das palavras que Jesus falou, conduziu-o em toda a verdade, consolou, fê-lo falar de coisas que ele não conhecia antes.
c. Mc 13:10,11; Lc 1:39-45; At 4:8-14; A mim já me sucedeu o mesmo muitas vezes, porque isso foi o que Jesus profetizou que devia acontecer; o Espírito Santo usou o cérebro e a língua de S. Pedro e de S. João com tal ousadia (atrevimento) que fez calar Anás, o sumo sacerdote, o Caifaz,
o João, o Alexandre, e todos quantos havia da linhagem do sumo sacerdote.
d. Tt 1:16; Mas aqueles que confessam (declaram) que conhecem a Deus, mas são muito maus, desobedientes, e reprovados para toda a boa obra, poderão dizer que o Espírito de Deus não os usa para falar, a razão disso é que Deus não tem comunhão com os que vivem em pecado.
e. Jo 3:1-21; O Nicodemos era um dos principais dos judeus, mas não tinha recebido Jesus como seu Rei , Senhor e Salvador, não estava ligado na videira verdadeira, não tinha entrado no reino de Deus, ele era mestre de Israel, mas não sabia que precisava nascer de novo e ser cheio do Espírito de Deus, não compreendia as coisas celestiais, não tinha a vida eterna, não estava salvo do inferno, não amava a luz verdadeira que É Jesus, não praticava a verdade, vivia escondido das outras pessoas para não conhecerem as suas imperfeições.
Como poderia o Espírito de Deus usar esta pessoa? É óbvio que o Espírito Santo tinha que o preparar, para ser vaso de honra, para servir o nosso Criador.
f. Mt 25:14-30; 2 Tm 2:15; Tg 1:5-7; 3:17; Esteja preparado para ser um vaso de bênçãos; Use os talentos que Deus lhe entregou, peça a Deus que lhe dê sabedoria (prudência) para negociar e ganhar mais talentos para usar ao serviço do nosso Criador.
g. Pv 18:10,20,21; 23:7; Diga assim a Deus: Pai celestial imagino-me já a receber a tua sabedoria e prudência para negociar os talentos que me tens dado, imagino as tuas bênçãos a virem sobre mim e a alcançarem-me, antecipadamente te agradeço. Amém.
h. O Espírito de Deus deu uma forma de pensar firme que levou pessoas a obter coisas que
anteriormente não viam com os seus olhos materiais; algumas destas pessoas são as seguintes:
Abel o irmão do Caim, Henoch, Noé, Abraão, Sara, Isaac, Jacob, José, Moisés, Raab, Gideão, Barac, Sansão, Jefté, David, Samuel, muitos profetas, Daniel, seus três amigos, e muitos outros filhos de Deus.
i. Toda a vitória dos filhos de Deus é possível porque Jesus é Deus omnipotente, omnisciente, omnipresente, imanente e transcendente.
-Porque o Espírito de Deus desceu sobre a igreja de Jesus e é o seu Mestre; Ele nos dá poder para pregarmos, curarmos, etc., Ele nos revela as coisas de Deus, e tudo o que precisamos saber; Porque nós somos o templo de Deus: Pai, Filho e Espírito Santo; Estamos unidos no Espírito de Deus, como varas na videira verdadeira;
Porque oramos pedindo a Deus que nos ajude a imaginar que já estamos abençoados, e perfeitos para receber todas as bênçãos que Deus nos tem prometido.

Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...