quinta-feira, março 10, 2011

O Reino de Deus e o seu Poder


Rei dos Reis e Senhor dos Senhores Uma Pedra que Feriu a Estátua

Gn 1:27-30; 2:7,18-25; 3:6,15,21; Sl 47:5; 62:11; 66:7; 103:19; Jr 10:12; 32:17; 51:15; Dn 2:20,37-47; 4:17; Mq 4:1; Mt 1:14,15; 3:2; 4:11,17; 6:13; 23; 6:10; 13:11,44-46,50; 21:42,43; 25:26,34; 28:18; Mc 4:11; 9:1; 10:23;12:9;34; 14:25; 16:15-20; Lc 1:32,33; 9:2; 10:9; 12:24,31; 13:28; 17:20; 19:11-27; Jo 3:3-5; 14:6; 17:23; 21:15-17; At 1:4-8; 2:1-4; 4:10-12,31; 14:22; 19:8; 20:25; 28:23,31; Rm 3:27; 1 Co 2:1-16; 15:50; Ef 2:15-22; 4:11;
1 Tm 6:16; 2 Tm 4:1; Hb 1:3,8; 13:7; 1 Pd 2:4-8; 2
Pe 1:17; Ap 4:2; 11:15;
Vamos pensar sobre o reino de Deus, no qual entrámos por Jesus Cristo, o nosso amado Salvador e Senhor.
Ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando da magnífica glória lhe foi dirigida a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me tenho comprazido.
Já meditámos sobre o facto de termos recebido, um reino que não pode ser abalado, por isso, devemos reter a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade, porque o nosso Deus é um fogo consumidor, mas é justo e cheio de amor, é Deus que perdoa, baseado no facto de termos passado para a família do Seu Filho Jesus Cristo.
No princípio Deus abençoou, o Adão e Eva, deu-lhes o Seu reino, mas eles o deram ao diabo, a antiga serpente, então ele passou a ser o rei desse reino, mas Deus lho tirou ao prometer mandar a semente da mulher, Jesus Cristo.
Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.
Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome.
E vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.
Então Deus disse à serpente: porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.
E fez o Senhor Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.
O reino de Deus, não só domina nos céus onde está o Seu trono, mas também domina sobre tudo, com autoridade soberana, não há ninguém, que tenha mais poder do que o nosso Criador, e Dele é a sabedoria e a força. Deus enviou o Senhor Jesus Cristo e deu-Lhe todo o poder, no céu e na terra.
E logo fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono.
O trono de Deus foi visto no céu, pelo nosso irmão João que estava na ilha de P

atmos.
Ao rei David foi revelado o seguinte:
Uma coisa disse Deus, duas vezes a ouvi: que o poder pertence a Deus.
Outro salmista disse: Ele domina eternamente pelo seu poder; os seus olhos estão sobre as nações; não se exaltem os rebeldes. (Selah.)
O profeta Jeremias disse: Ele fez a terra pelo Seu poder; Ele estabeleceu o mundo por Sua sabedoria, e com a sua inteligência estendeu os céus.
e também disse: Ah Senhor Jeová! Eis que tu fizeste os céus e a terra com o teu grande poder, e com o teu braço estendido; não te é maravilhosa coisa alguma;
Jeremias também disse acerca de Deus:
Ele fez a terra com o seu poder, e ordenou o mundo com a sua sabedoria, e estendeu os céus com o seu entendimento.
E Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus para todo o sempre, porque dele são a sabedoria e a força;
O Senhor Jesus Cristo disse, ensinando os discípulos a orar e dirigindo-se a Deus: porque Teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Ámen.
Ele disse de Si mesmo o seguinte:
É-me dado todo o poder no céu e na terra.
O escritor da carta aos hebreus, diz de Jesus Cristo o seguinte:
O qual, sendo o resplendor da Sua glória, e a expressa imagem da Sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do Seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à dextra da majestade nas alturas;
O Pai Celestial chamou Deus a Jesus Cristo, dizendo o seguinte:
Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Ceptro de equidade é o ceptro do teu reino.
S. Paulo diz de Deus o seguinte:
Aquele que tem, Ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Ámen.
O evangelho do reino de Deus, é a pregação do arrependimento, para que a pessoa seja salva, entrando na comunhão com Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor.
No evangelho escrito por S. Marcos é dito o seguinte:
E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galileia, pregando o evangelho do reino de Deus,
O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.
Devemos pedir ao Pai Celestial que nos revele o Seu reino, que domina sobre os corvos, que faz crescer todos os seres vivos, e os lírios, e a erva etc..
S. Lucas diz o seguinte:
Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?
Os que ficarem fora do reino de Deus, serão como os que choram amargamente, por ter perdido o maior tesouro, ou a pérola mais valiosa.
S. Mateus diz o seguinte:
Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo.
Acerca dos maus, e dos que causam escândalo, S. Mateus diz o seguinte:
E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Tudo que fizermos para Deus, seja pregar, ensinar, dar dinheiro e outros bens materiais etc., deve ser porque O amamos.
Os que receberam a Jesus, devem servi-Lo conforme os dons, naturais e espirituais, que receberam Dele, não devem esconder esses dons, mas devem querer que Deus domine sobre eles, devem sujeitar-se a Ele, e à palavra de Deus que os Seus apóstolos, profetas, evangelistas, pastores, doutores e todos os santos ensinam e pregam.
S. Mateus diz o seguinte, acerca que tinha informação errada acerca de Deus:
Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabes que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei;
Este homem que não tinha o dom para servir a Deus como os outros servos, então devia ajudá-los dando-lhes dinheiro, ou ajudando-os como pudesse.
Deus queria usar Israel, para salvar o mundo, mas visto que rejeitaram e mataram o Senhor Jesus Cristo, desde esse tempo, Deus usa a Sua igreja, que é formada por judeus e gentios que recebam o Senhor Jesus Cristo, como o Messias verdadeiro e como Rei, Senhor e Salvador os quais Nele permanecem eternamente.
O reino ou domínio, de Deus, foi tirado a Israel, e foi dado à igreja, que é o novo homem, que é a morada do Deus, que é O Espírito no qual vivemos, nos movemos e existimos.
Acerca disso S. Mateus diz o seguinte:
Portanto, eu vos digo que o reino de Deus vos será tirado, e será dado a uma nação que dê os seus frutos.
S. Paulo referindo-se a Israel e aos gentios diz o seguinte:
Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz,
S. Pedro usado pelo Espírito de Deus disse o seguinte:
Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dos mortos, em nome Desse é que este está são diante de vós.
Os que estão fora, do reino de Deus, não podem compreender os mistérios do Seu reino, porque não têm o Espírito do nosso Criador, nem a mente do Senhor Jesus Cristo.
S. Paulo referindo-se à sabedoria de Deus, que é oculta, diz o seguinte:
A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória.
Ele diz que, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
E também diz que os que têm o Espírito de Santo, e a Sua palavra, são espirituais, ou dominados pelo Espírito de Deus, e neles está a mente de Cristo.
Deus manifestou outra vez o Seu reino, este reino é para todos os que recebem a Jesus, este reino veio, com poder no dia de pentecostes, com a descida do Espírito de Deus, na reunião da igreja de Deus, logo depois de Jesus ter ido para o céu.
S. Lucas diz que, de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.
Todos foram guiados pelo Espírito de Deus, a falar noutras línguas.
E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.
Ao receber Jesus, a pessoa entra na igreja de Deus, que é como um círculo menor do que o reino, porque este abrange tudo o que existe, mas no mundo espiritual, a pessoa pode estar perto do reino de Deus, e não ter entrado nele, de livre vontade.
Mas o reino de Deus virá sobre a terra, depois do arrebatamento, e com a segunda vinda do Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Meditámos sobre o reino de Deus, e verificámos que aqueles que não receberem o Senhor Jesus Cristo, mas viverem em injustiça, não andando na lei da fé e do amor, não nascendo do Espírito de Deus, não buscando o Seu reino, nem as Suas escrituras nem o Seu poder, ficarão separados do seu Criador, e sofrerão, como quem arde no fogo eterno.

Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...