quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Tudo é Vosso 1 Co 3:21-23

O Homem Rico e o Seu Mordomo

Lc 16:1-13; Deus é, nesta parábola o homem rico, a humanidade é o Seu administrador, que tem estragado o planeta terra e a forma de pensar, falar e agir, das pessoas.
2. Sendo assim Deus não pode estar em comunhão com esta pessoa, e tem de a julgar e condenar, mas se ela for prudente, pode receber Jesus Cristo como seu Rei, Senhor e Salvador e pode ser perdoada e salva.
3. O esforço desta pessoa, não poderia assegurar a sua vida e o seu futuro e poderia cair num inferno de sofrimento e incerteza.
4. A solução que ele achava que o salvaria, não passava de um pagamento àqueles que ele tinha enganado, mas isso não resolveria a falta que lhe fazia o seu senhor, o qual garantia o seu sustento para sempre.
5-7. Os pregador que anuncia que Deus perdoa os seus devedores, pode levar a que as pessoas, sejam perdoadas por Deus, mas ele mesmo não pode ser perdoado se não pedir perdão a Deus, como resultado de se ter arrependido dos seus pecados.
8. Deus louva o pregador que prega o Seu evangelho, mas espera que se converta e receba a Jesus Cristo.
9. Todo o filho de Deus, deve utilizar parte do seu dinheiro, e parte dos seus bens materiais e parte de tudo o que é seu, para salvar pessoas.
10. Se fizermos isto estaremos a ser fieis a Deus, que tudo nos dá com abundância.
11. O nosso criador dará cada vez mais àqueles que se convertem a Ele e o servem bem.
12. O nosso dinheiro, não é nosso, é de Deus, e nós somos Seus administradores, se Lhe dermos uma parte, será como semear no banco do céu, então o Altíssimo nos abençoará e sempre suprirá as nossas necessidades.
13. O nosso dinheiro, não pertence, a ele mesmo, porque não é um deus, portanto não o devemos servir, mas devemos usá-lo com fé prevendo que Deus nos ajudará a usá-lo, para Sua glória, e em nosso favor e para nossa felicidade.

Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...