quinta-feira, março 24, 2011

Ligados com Jesus Cristo O Salvador

Galardão



Gn 15:6; Sl 27:1; Mat 7:12; 10:41,42; 18:5; Mar 10:40-45; 11:24; 12:36; 16:19; Lc 6:38; 12:10; Jo 1:4-9; 7:39; 14.14,17; 15:7;16:24; 17:24; 21:15-17; At 2:32,33; 4:32-37; 6:1-7; 7:55; 20:17,28,35; 2 Co 9:1,2; Rm 4:3; 1 Co 9:25; Gl 3:7,8,14; 4:6; 6:7; Ef 1:20; 4:11; Col 3:24; 4:1; 2 Tm 4:8; Fm 1.20,21; Hb 6:10; 10:26-31; 12:27; Tg 2:23; 4:3; 5:13-20; 1 Pd 5:1-5; 1 Jo 3:21,22; 5:13-15; 2 Jo 1:8; Ap 2:10; 3:11;

Vamos pensar sobre o facto de Jesus Cristo ter morrido pelos pecadores, e de ter ressuscitado, e de ser o Rei dos reis e o Senhor dos senhores.
Ele dará a recompensa àqueles que tendo nascido de novo estão completamente ligados com Ele, como varas na videira verdadeira.

Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.
Se eu for útil a Jesus Cristo, recebendo os filhos de Deus, que pregam e ensinam a Sua palavra, e são justos, Deus me pagará, porque tudo o que eu fizer, é isso que me vão fazer.
Por isso devo fazer, aos outros, aquilo que quero que me façam, e não devo fazer, aos outros, aquilo que não quero que me façam.
S. Mateus diz o seguinte:
Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo.
E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.
Se eu respeitar a outra pessoa, como demonstração de amor por ela, isso me torna grande no reino dos céus, e na igreja de Deus.
O Senhor Jesus Cristo diz:
E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe.
Eu recebi o Senhor Jesus Cristo, como meu Rei, Senhor e Salvador, nasci de novo, e recebi, no meu espírito, o Espírito de Deus, que é água viva e espiritual, porque o Filho Unigénito de Deus morreu, ressuscitou e foi glorificado, à direita de Deus Pai.
S. João diz o seguinte:
E isto disse Ele do Espírito que haviam de receber os que Nele cressem; porque o Espírito Santo, ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.
Eu devo obedecer à palavra e doutrina do Senhor Jesus Cristo, se o fizer estou a demonstrar que O amo e que creio que Ele, é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores.
E o Espírito de Deus ficará com a Sua igreja, para sempre, os discípulos de Jesus O conheciam, porque viam a manifestação do Espírito Santo, na vida e nas obras do Messias.
S. João ainda diz:
O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós O conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.
Se pedirmos de acordo com a Sua vontade, vivendo em santificação, e servindo ao Pai Celestial, Deus promete que nos dará o que pedirmos.
S. João diz:
Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra.
As pessoas da igreja de Deus, desde o princípio, se ajudaram uns aos outros, entregavam aos apóstolos e estes faziam a distribuição, depois elegeram sete homens para fazerem o trabalho de distribuição dos bens materiais, ficando assim os apóstolos livres para perseverarem na oração e no ministério da palavra.
S. Paulo diz que os anciãos, eram bispos, constituídos pelo Espírito Santo, que olhavam pela igreja de Deus.
Ele ainda diz o seguinte:
Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber.
Mas Deus deu-nos o Espírito do Senhor Jesus Cristo, porque pela fé O recebemos, como nosso Rei, Senhor e Salvador, esta fé foi considerada por Deus, como justiça, por isso fomos justificados, e Deus nos vê como Seus amigos.
S. Paulo diz:
Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.
Servir a Jesus Cristo, não é em vão, porque Ele sempre nos paga muito bem.
Os patrões devem ser justos, segundo a lei dos dez mandamentos e segundo a lei moral.
E S. Paulo, ainda diz o seguinte:
Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.
E Deus Pai também não é injusto, por isso pagará a cada um dos Seus filhos todo o trabalho, que fizerem para ajudar a Sua igreja.
E cada dia devemos servir melhor os filhos de Deus, que se esforçam por pregar e ensinar o evangelho.
O escritor da carta aos Hebreus diz:
Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho de amor que para com o Seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis.
Devemos pedir a Deus, que nos dê sabedoria e força, para servirmos os apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e doutores, que servem a igreja em santidade, com o seu tempo e com os seus bens materiais.
S. Tiago diz o seguinte:
Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.
Devemos pedir a Deus com o propósito de O servir, como S. Pedro servia e também aconselhava os anciãos ou presbíteros, ou bispos, ou supervisores, a apascentar o rebanho de ovelhas de Deus, com amor a Jesus Cristo, não com violência, mas dando a liberdade a cada pessoa de fazer o que Deus tem revelado.
Falando mais com o seu bom exemplo, do que com mandamentos, ou com demonstração de domínio sobre a igreja de Deus.
Receberemos uma coroa incorruptível, de justiça, porque amamos a vinda do Senhor Jesus Cristo, e o amamos a Ele, por isso receberemos a coroa da vida eterna.
S. Pedro diz:
E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa de glória.
Por isto, devemos perseverar na doutrina do Senhor Jesus Cristo e não noutras doutrinas, que não concordam com a palavra de Deus, correctamente interpretada e ensinada pelo Espírito de Deus.
S. João diz:
Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão.

Meditámos sobre o facto de que Deus Pai, Filho e Espírito Santo nos fazem receber todo o bem que fizermos, no caminho da fé e amor.





Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...