sexta-feira, dezembro 04, 2009

Ninguém Pode Dizer que Jesus Cristo é o Senhor senão pelo Espírito Santo


O Dom da Fé foi Dado por Deus

At 17:28; (comentário) A nossa intenção é dizermos que o Pai de Jesus Cristo é o Único Deus, vivo e verdadeiro, nós somos Seus descendentes, Nele vivemos nos movemos e existimos.
2 Pd 1:21; (comentário) Dizemos que a Bíblia, é digna da nossa confiança, porque os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.
Dizemos que a impiedade, e falta de fé, poderá prejudicar aqueles que nelas vivem.
Dizemos que devemos respeitar a Deus, e louvá-Lo, nos alegrarmos Nele, e exaltar o nosso Criador, Ele nos livra de todos os nossos temores, nos ilumina, envia o Seu anjo, para nos livrar, não permite que nos falte aquilo que precisamos, nos livra de todas as aflições.
Deus sabe bem o que se passa no espírito, alma e corpo dos orgulhosos.
Devemos confiar na palavra de Deus, devemos decorá-la, porque são vida,
Hb 4:12; Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
Dizemos que a pessoa que duvida da palavra de Jesus Cristo, afunda-se nos problemas, a pessoa que acha que o Messias que curou ontem, não pode curar agora, ficará doente, e sofrerá muito mais do que se tivesse confiado.
Dizemos que a pessoa que não crê, na palavra de Deus, não fala contra o problema, mas fala contra a palavra.
Mas a pessoa que crê, fala ao problema, e lhe resiste, com autoridade de Deus, como se o problema fosse um escravo que é obrigado a obedecer.
A nossa intenção é dizer que Jesus Cristo, venceu a morte e ressuscitou, então se crermos e O recebermos como nosso Rei, Senhor Salvador, nasceremos do Espírito de Deus, e teremos em nós o Espírito Santo que é a verdadeira testemunha da vida, e morte, e ressurreição do nosso Salvador.
Dizemos que podemos ser salvos, e a salvação, é mais importante, do que ter muitos bens materiais.
Dizemos que a palavra de Deus se entrelaça, de tal maneira que, o Deus que nos começa a falar vai até ao fim, para que possamos compreender, ele sabe que a pessoa não está a compreender, mas faz acontecer coisas, que nos ajudam a compreender a mensagem Dele, para nós, e o próprio Espírito Santo nos fala, em relação ao problema.
Ef 6:12; Dizemos que há espíritos que procuram apartar as pessoas de ouvirem a palavra de Deus, para que não tenham fé nela, e assim não se salvem crendo, então, contra essas pessoas que são usadas pelo diabo, devemos lutar, com a palavra de Deus, porque não estamos lutando contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
O Senhor Jesus Cristo expulsava os demónios das pessoas que os tinham, não estava lutando contra a carne e o sangue, mas estava lutando contra o diabo, que estava nelas, no caso de Pedro:
Mt 16:23; Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.
Dizemos que uma boa maneira de fortalecermos a nossa fé, ou nos enchermos do Espírito Santo, é dar glória a Deus, mesmo quando parece que as coisas não estão a acontecer como o nosso Criador prometeu, dizendo o seguinte:
Pai Celestial, eu estou certíssimo que, o que Tu prometeste, também és poderoso para o fazer.
Dizemos que quando estamos sozinhos com Deus, podemos falar em línguas estranhas, e podemos comer o que quizermos, pedindo a Deus que abençõe os alimentos, e tendo fé que, não nos farão mal, mas devemos ser prudentes, não comendo quantidades superiores àquelas de que temos necessidade.
Dizemos que o crente, não é escravo do descrente, mesmo que o descrente seja o conjuge.
A nossa intenção é mostrarmos a nós mesmos que nunca devemos desobedecer à palavra de Deus, e nos apartarmos Dele, mas devemos exortar-nos uns aos outros, para que ninguém viva em pecado.
A nossa intenção é não darmos lugar à dúvida, porque assim não podemos receber de Deus o que precisamos.
A nossa intenção é estarmos aptos para salvar mesmo os que estão duvidosos, pregando-lhes o evangelho, que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê.
Rm 1:16; Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.

Caríssimos amigos que ledes ou ouvis este texto, ficai firmes no dom de fé que Deus vos deu, não deis lugar ao dom de dúvida, repreendei, o espírito de dúvida, que vos quer enganar, como fez com a Eva e o Adão.
A dúvida não tem lógica nenhuma, mas a fé é lógica, a dúvida acerca da palavra de Deus, vem de um cérebro louco.

Dt 6:3; Ouve, pois, ó Israel, e atenta que os guardes, para que bem te suceda, e muito te multipliques, como te disse o Senhor Deus de teus pais, na terra que mana leite e mel.
Dt 32:7; Lembra-te dos dias da antiguidade, atentai para os anos de muitas gerações: pergunta a teu pai, e ele te informará; aos teus anciãos, e eles te dirão.
Jb 35:8; A tua impiedade faria mal a outro tal como tu; e a tua justiça aproveitaria ao filho do homem.
Sl 34:9; ...não têm falta alguma aqueles que O temem.
Sl 138:6; Ainda que o Senhor é excelso, atenta para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe.
Pv 4:20; Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido.
Mt 14:31; E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?
Mt 21:21; Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito;
Mt 28:17; E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.
Mc 8:36; Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?
At 10:17; E estando Pedro duvidando entre si acerca do que seria aquela visão que tinha visto, eis que os varões que foram enviados por Cornélio pararam à porta, perguntando pela casa de Simão.
At 11:12; E disse-me o Espírito que fosse com eles, nada duvidando; e também estes seis irmãos foram comigo, e entramos em casa daquele varão;
At 13:8; Mas resistia-lhes Elimas, o encantador (porque assim se interpreta o seu nome), procurando apartar da fé o procônsul.
Rm 4:20; E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus,
Rm 14:23; Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado.
1Co 7:15; Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz.
Hb 3:12; Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo.
Tg 1:6; Peça-a, porém, com fé, em não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.
Jd 1:22; E apiedai-vos de alguns, que estão duvidosos;

Meditámos sobre o nosso dever de crermos no Deus vivo e verdadeiro,
Ato 17:28; Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.


Uma Murmuração

Anciãos ou Presbíteros Eram os mesmos que os Bispos (Comentários estão entre parêntesis e tiveram a ajuda da Sociedade Religiosa Edições V...