segunda-feira, novembro 15, 2010

Eis que a Virgem Conceberá e Dará à Luz um Filho


David Judá e Jesus Cristo

Gn 3:15; 35:19; 49:8-11; 1 Jo 3:8; Rm 16:20; 1 Co 15:45,57; Gl 4:4; Fp 2:4-11; Is 7:14; 9:7; 2 Cr 21:3; Mt 1:3-6; 1:16,20,18-25; 22:41; Lc 1:27,32; 2:4,5; 3:23,31-35; 4:22; 23:2,3; 24:26,27,46; Jo 1:45; 6:42; Is 4:1; Rt 1:1,2; 2:1; 4:13-17; 1 Sm 17:12,58; Rm 1:3; At 2:24-36; Sl 16:8-11; Fp 2:11; Jr 1:12; Nm 27:1-11; 36:1-13; Jr 22:24-30; 2 Rs 24:8-17; Nm 17:8-11; Ez 21:27; Sl 60:7; 108:8; At 13:22,23; Lc 1:46-55; Ef 2:5-9; Lc 2:21-24; Ex 13:15; Lv 12:1-8; Mt 1:25; 12:46,47; 13:55,56; Mc 13:31,32; 6:3; Lc 8:19,20; Jo 2:12; 6:42; 7:2-5; At 1:14; Gl 1:19; Mt 13:55,56; 1 Cr 3.5; 1 Jo 4:1-6; Mt 22:29;

O que a Bíblia diz sobre o nascimento virginal de Jesus Cristo, é uma poderosa profecia do próprio Criador Altíssimo, que se cumpriu no ano zero da Era Cristã.
A casa de David, ou família dele seria abençoada, porque dos seus descendentes nasceria o Messias verdadeiro.
O facto de Jesus ter sido criado no ventre de Maria, pelo Espírito de Deus, faz-me lembrar que o primeiro homem, Adão foi feito em alma vivente, mas o último Adão, que é Jesus, é o Espírito que dá vida, apesar de se ter humilhado, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens.
Mas o Seu nome é, segundo disse o anjo Gabriel a Maria:
Filho do Deus Altíssimo, que foi gerado pelo Espírito de Deus e por Maria, esposa de José, que deu à luz, no tempo normal.
Então, do ponto de vista jurídico, para que Jesus tivesse direito ao trono de David, o José é citado como pai do Messias verdadeiro, apesar de não ser o pai biológico.
Sim o José era da casa de David, e juridicamente, Jesus também era seu filho primogénito o Qual reinará eternamente, não só na casa de Jacob mas também na família de David.
O Senhor Jesus Cristo, confirmou perante Pilatos, que é o Rei dos judeus.
Vamos escrever sobre uma mulher chamada Ruth, que foi esposa de Boaz, era mãe de Obede, era avó de Jessé, e era bisavó de David.
David era filho de Jessé, e nasceu em Betleém de Judá, foi lá, na província da Judeia que José e Maria se alistaram, porque o José era da família de David, e como eram casados, Maria tinha direito a pertencer à família de David.
E em Betleém nasceu Jesus, nesse tempo do alistamento, porque se tinham cumprido os dias, em que Maria devia dar à luz, Jesus foi o primogénito de Deus e de Maria.
Portanto, Jesus, o Messias verdadeiro, nasceu da descendência de David, segundo a carne.
Lucas diz que Jesus é o filho legal de José, e Mateus diz quais são os herdeiros ao trono de David, mas não diz que os descendentes de Jeconias ou Joaquim, reinaram em Judá, mas Jesus não era um descendente natural do Jeconias, porque o José não gerou o corpo de Jesus, que foi gerado pelo Espírito de Deus.
A promessa de Deus, em toda a Bíblia, de que Ele usaria a tribo de Judá para trazer o verdadeiro Messias, demonstra a Sua intenção de mostrar que dela viria o verdadeiro Salvador.

Meditámos sobre Jesus Cristo o verdadeiro Messias, que morreu, ressuscitou e é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, mas já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo dizendo o contrário.
Erram muito porque não conhecem as escrituras, nem o poder de Deus, e isso é porque não nasceram de novo, portanto não poderão ver o reino de Deus, nem entrar nele.















Sem comentários:

Aleluia eu Conheço Jesus

fé é o oposto do medo, temos fé no Deus que conhecemos e temos medo do que não conhecemos. Estudemos as palavras e actos do Senhor Jesus ...