Temos Paz com Deus por Nosso Senhor Jesus Cristo


Somos descendentes de Abraão na linhagem de Jesus Cristo

Gn 15:4, 16:1,16; Is 40:17; 41:12,24,29; 44:9; Mt 5:13; 10:26; 17.20; Mc 4:22; Mc 11:13; Lc 12:2; Jo 5:19; 15:5; 16:8; Rm 4:1-25; 5:1; 1 Co 1:28; 4:15; 2 Co 6:10; 13:8; Gl 3:24; 4:1,28; 5:2;

Pelo evangelho, eu fui gerado em Jesus Cristo, alguém me disse que eu devia receber o Senhor Jesus Cristo, como meu Rei, Senhor e Salvador, então o Espírito de Deus, me convenceu que eu era pecador, seria julgado, e condenado à separação eterna do meu Criador, se não me arrependesse e se não recebesse o único caminho que me leva ao Altíssimo Criador.
Eu fui justificado diante do Deus no qual vivo, me movo e existo, como uma vara na videira verdadeira.
Agora sou um filho do Deus vivo, que é Espírito e vida, estou unido com o Filho Unigénito de Deus, pertenço ao Seu reino, apesar de físicamente estar em Portugal.
Abraão gerou a Isaac, como Deus lhe tinha prometido, ele saiu das entranhas do Abraão, este é o cumprimento da promessa de Deus ao Abraão.
Mas o nascimento de Ismael, não foi como Deus tinha planeado, e não foi através de Ismael que veio o verdadeiro Messias, Jesus Cristo, mas foi através do Isaac.
Portanto a salvação é através de Isaac, mas não é através da escrava Agar, e do seu filho Ismael.
Isaac é filho da promessa de Deus a Abraão, mas Ismael, não é filho da promessa, mas Deus o abençoou porque ele não teve culpa do erro de Abraão seu pai.
Portanto os que recebem o Senhor Jesus Cristo, são descendentes da Sara, que era livre, ela não era escrava, e nós não somos escravos da lei de Moisés, somos livres, dirigidos pelo espírito de Deus.
Aliás no tempo da Sara ainda não havia a lei de Moisés, então a Sara nunca poderia estar sujeita a uma lei que nem sequer existia.
Portanto como existem os descendentes de Isaac, também existem os descendentes de Ismael, e como existem os irmãos espirituais de Jesus Cristo, que O receberam, existem os que não O receberam, nem seguem a lei de Jesus Cristo, mas seguem a lei de Moisés, porque ainda não perceberam que Jesus Cristo é infinitamente superior a Moisés, porque é o Verbo de Deus, é a Luz Espiritual, estava com Deus e era Deus, morreu por nós, ressuscitou, e é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores eternamente.
Por Jesus Cristo recebemos a graça de Deus e somos salvos, mas pela lei de Moisés não podemos ser salvos, porque a própria lei exige que a cumpramos de forma perfeita, e nós não conseguimos, porque somos pecadores descendentes do Adão e Eva.
Portanto devemos decidir aceitar a salvação que há em Jesus Cristo, porque Ele é o caminho a verdade e a vida, e ninguém vem ao Pai Celestial senão por Ele.
Deus, vivifica os mortos, e chama as coisas que não existem como se já existissem, Ele disse haja luz, antes que esta existisse, e houve luz.
É por Jesus Cristo que temos paz com Deus, mas a lei serviu de Aio àqueles que não tinham recebido a Jesus Cristo, o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

Meditámos sobre a salvação que há em Jesus Cristo, e só Nele, porque Ele é Deus feito homem, venceu a satanás e a todas as coisas, Ele é perfeito e veio para salvar a todo aquele que O busca até O encontrar.


















Comentários

Mensagens populares deste blogue

Considera-o como um Gentio e Publicano

O Fruto da Justiça Semeia-se na Paz

Entra no Gozo do teu Senhor Jesus Cristo o Rei Eterno