Pedi buscai batei a Salvação por Jesus Cristo é de Graça


Transferir de graça



Era uma vez uma oliveira, já muito velha, o seu tronco tinha um grande buraco, onde cabia uma raposa de sete quilos de peso.
A oliveira continuava a produzir belas e grandes azeitonas, de um belo vermelho escuro.
Um dia choveu muito, e veio abrigar-se no seu forte tronco, um coelho cinzento, já velho.
Então uma pequena e nova raposa, de um quilo de peso, também veio, pediu licença ao coelho cinzento, encostou-se a ele, e deixou-se dormir, porque estava cansada de correr, por causa da chuva, que continuava a cair em grande quantidade.
Mas as crianças devem ter cuidado com as raposas, porque já houve algumas que atacaram meninos e meninas de fraldas sujas, por pensarem que era comida boa para elas.
Mas esta raposa só queria descansar, e não atacou o coelho velho e forte.
Uma aranha vermelha estava na sua teia, por cima das duas criaturas, que dormiam, porque o coelho também ficou quentinho, encostado à raposa nova, e deixou-se dormir.
Uma mosca pequena, caiu na teia da aranha vermelha, e foi uma boa refeição para a esfomeada e grande aranha.
Chegou um elefante castanho, de tromba comprida, e disse ao coelho e à raposa:
-Belo casal, ficam muito bem juntos, a dormir, com uma aranha no tecto, vejam bem o que a chuva faz? Ela uniu-vos para que ficásseis quentinhos.
Convido-vos a virem comigo, vamos passear pelo mato, eu dou-vos uma boa boleia, podem subir já, para as minhas costas.
-O coelho e a raposa subiram e foram passear pelo mato, e encontraram um bando de macacos e macacas que ladram como os cães, as macacas traziam os seus filhotes às costas.
Nenhum animal ficou assustado, todos ficaram em paz, o elefante passou e disse:
-Vejam como há amor por toda a mata, excepto, quando o leão, ou outro carnívero, vem para comer, então muitos se assustam, mas protegem-se, o melhor que podem, e a vida continua.

Meditemos sobre algumas passagens bíblicas, parecidas com a história que acabámos de ler.

Verificamos que, até para dar alguma coisa, devemos ter sabedoria, e fé em Deus, e devemos respeitá-Lo, amá-Lo e adorá-Lo.
Também devemos aprender com os nossos pais e com os nossos mestres.
Mas devemos ter cuidado com os estranhos, mesmo que venham bem vestidos e falem com sabedoria, porque para ganhar dinheiro, quase todos se portam com injustiça, se for necessário.
Mas isso não glorifica a Deus, que quer que todos se salvem, venham ao conhecimento da verdade, e dêem honra e glória ao Pai Celestial, que é o Senhor dos exércitos celestiais e espirituais.
Todas as palavras que eu disser, devem ser para glorificar ao meu Criador, e devem ser úteis, a mim e às outras pessoas, não devo dizer palavras inúteis, porque um dia serei julgado por Deus, e Ele vai ter em conta, todas as palavras que eu tiver proferido.
Porque eu devo servir, como o Senhor Jesus Cristo serviu, pregando o evangelho, fazendo boas obras e curando aqueles que estavam presos pelo diabo, o qual os oprimia com doenças e dores.
Portanto devo dar o sustento espiritual, que é a palavra de Deus, até que Jesus Cristo venha, ou que me chame para Ele, que está no céu.
Então, se um administrador dá a palavra de Deus, pode receber bens materiais em troca, assim como o boi que trabalha para o seu dono, deve receber o seu sustento.
Mas se o administrador puder passar, sem receber da igreja o seu sustento, porque tem outro emprego, ou por qualquer outra razão, então faça como quiser.
Devo viver em amor, isso significa que devo ajudar os irmãos que estão aflitos, com falta de roupa, comida ou qualquer outra coisa, mas devo afastar-me daqueles que andam desordenadamente, não cumprindo a palavra de Deus, acerca do amor.
Cada pessoa ceifará o que semeou, portanto façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.

Gl 6:10; Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.
Pv 1:4; Para dar aos simples, prudência, e aos jovens, conhecimento e bom siso;
Pv 28:21; Ter respeito à aparência das pessoas não é bom, porque até por um bocado de pão um homem prevaricará.
Ml 2:2; Se o não ouvirdes e se não propuserdes, no vosso coração, dar honra ao meu nome, diz o Senhor dos Exércitos, enviarei a maldição contra vós, e amaldiçoarei as vossas bênçãos; e também já as tenho amaldiçoado, porque vós não pondes isso o coração.
Mt 7:7; Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.
Mt 12:36; Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão-de dar conta no dia do juízo.
Mt 20:28; Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.
Mt 24:45; Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?
Mt 28:9; E, indo elas, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo:
Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram.
Jo 10:18; Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai.
Jo 18:37; Disse-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz.
Gl 5:13; Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
Fp 4:15; E bem sabeis também, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedónia, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber, senão vós somente;
2Ts 3:9; Não porque não tivéssemos autoridade, mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes.
1Jo 3:16; Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.
Ap 22:12; E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Mc 12:33; E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.

Meditámos sobre o nosso dever de amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.


































Comentários

Mensagens populares deste blogue

Considera-o como um Gentio e Publicano

Entra no Gozo do teu Senhor Jesus Cristo o Rei Eterno

O Fruto da Justiça Semeia-se na Paz