sábado, abril 17, 2010

Pai Celestial Enche de Ti todo o Meu Espírito


Os Limpos de Coração Verão a Deus

Devo esperar com paciência em Deus, isso mostra que sei o que é a fé.
Se eu plantar uma vara de louro, devo ter paciência, isso é fé de que ela crescerá, devo estar atento, regando-a e tratando da terra, por fim ela dará sinais de que desenvolveu uma raiz, porque começarão a nascer folhas novas etc..
Se eu pedir à Segurança Social de Portugal, que me dê a reforma, envio os documentos, isso demonstra fé, depois devo estar atento, telefonando e fazendo as coisas necessárias, porque sei que a reforma vem a caminho, posso já imaginá-la a chegar.
No mundo espiritual, devo usar a fé para crer que Deus me alegrará, e que verei o Senhor Jesus Cristo, que morreu, ressuscitou e é o Rei, dos reis e o Senhor dos senhores.
Devo crer que Deus me auxilia e liberta, e devo pedir-Lhe isso com fé, estando atento, insistindo até que receba o meu auxílio e libertação.
Devo crer que a pessoa que receber o Filho Unigénito de Deus, e que insista em fazer a Sua vontade verá a luz de Deus, e ficará eternamente com Ele.
Devo amar mais o bem do que o mal, e devo falar conforme a rectidão de Deus.
Devo confiar na misericórdia de Deus eternamente, e devo louvá-Lo porque Ele fez que eu recebesse o Senhor Jesus Cristo, como meu Rei, Senhor e Salvador.
Devo crer que Deus conhece os meus pecados, melhor do eu mesmo.
Devo crer que Deus ouve a minha oração, devido ao facto de que Ele sabe que eu recebi a minha salvação, devido à Sua graça em Jesus Cristo.
Devo pedir a Deus que me livre das pessoas que me aborrecem, e olhe para mim com piedade, e livre a minha alma.
Devo ser justo, e devo viver em santificação, pedindo perdão a Deus dos meus pecados, devo perdoar como Deus me perdoou em Cristo, para que possa compreender qjue Deus existe e é galardoador dos que O buscam.
Devo crer que o Filho Unigénito de Deus ressuscitou, e cumpriu tudo o que Dele estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.

Sl 40:3; E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor.
Sl 49:19; Irá para a geração de seus pais; eles nunca verão a luz.
Sl 52:6; E os justos o verão, e temerão: e se rirão dele:
Sl 69:32; Os mansos verão isto, e se agradarão; o vosso coração viverá, pois que buscais a Deus.
Mt 5:8; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Mt 28:10; Então Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galileia, e lá me verão.
Jo 19:37; E outra vez diz a Escritura: Verão aquele que traspassaram.
At 4:29; Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra;
At 4:31; E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.
Rm 4:20; E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus;
Rm 15:21; Antes, como está escrito:Aqueles a quem não foi anunciado, o verão,E os que não ouviram o entenderão.
Ef 3:12; No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele.
Hb 10:19; Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus,
Ap 22:4; E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.

Meditámos sobre a promessa do Senhor Jesus Cristo, de que poderemos vê-Lo, e poderemos compreender o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
Se eu tiver pedido três coisas a Deus e o tempo se passar, e eu não tiver recebido, devo falar com Ele, para saber porque não recebi, devo insistir até receber, isso é fé.
Posso dizer o seguinte:
Pai Celestial, para a glória do Teu Nome, mostra-me porque ainda sinto este sintoma de enfermidade, se eu já Te pedi que me curasses, baseado na Tua palavra, que os teus servos escreveram, inspirados pelo Teu Santo Espírito, que se movia sobre a face das águas, eu creio que és Tu que curas, seja com medicamentos, ou sem eles, e sem qualquer ajuda exterior, como quando se faz um golpe num dedo, e ele se cura, por si mesmo.
O Abraão não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus,





1 comentário:

J. Araújo disse...

João, passei por aqui, achei excelente o texto.
abraço

Uma Murmuração

Anciãos ou Presbíteros Eram os mesmos que os Bispos (Comentários estão entre parêntesis e tiveram a ajuda da Sociedade Religiosa Edições V...