domingo, abril 04, 2010

Deus nos Dá Bens Materiais


Dinheiro


A nossa intenção é mostrar que existe por trás do dinheiro um espírito do diabo que procura fazer que as pessoas o amem, e pensem que se não tiverem dinheiro, sofrerão males, e terão dores, então têm um desejo descontrolado e imoral de obter cada vez mais dinheiro.
O filho de Deus que recebeu o Senhor Jesus Cristo, como seu Rei, Senhor e Salvador, pode e deve repreendê-lo dizendo o seguinte:
Espírito de amor ao dinheiro, que me queres enganar, eu te ordeno que te afastes de mim, e da minha vida económica e financeira, a mais de cinco mil quilómetros e não voltes, em nome do Senhor Jesus Cristo.
Esse espírito causa medo de não conseguir cada vez mais dinheiro, como o medo é um sentimento contrário à fé, então a pessoa cada vez tem menos dinheiro.
Devemos agradecer a Deus, pelos alimentos e pelos vestidos e calças e outras roupas, e por tudo o que já nos deu, porque Ele já tem tudo preparado, assim como aconteceu, depois da ressurreição, que foi o seguinte:
Simão Pedro, e Tomé, e Natanael, e outros dois discípulos de Jesus Cristo, pensando que Ele não venceria a morte, voltaram para a sua antiga profissão, foram pescar, mas nada apanharam.
Apareceu na praia, um homem estranho, que perguntou se eles tinham algo que se comesse, eles não tinham nada, perderam o seu Mestre a quem amavam, perderam tudo, creio que também perderam a vontade de viver.
Aquele homem era Jesus Cristo, mas eles não o tinham reconhecido, agora ele tinha um corpo ressuscitado, espiritual, celestial, imortal, era como um anjo, creio que o seu vestido seria diferente, porque a Sua túnica tinha ficado na posse de um soldado.
Jesus Cristo lhes disse: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes.
Então, Jesus Cristo tomou o pão, e deu-lho e, semelhantemente o peixe, desde esse tempo, Ele não mudou e quer ajudar cada filho seu, quer dar-nos, para que demos aos administradores da Sua igreja, e para termos o suficiente, sem medo, mas com fé que Ele nos vai dar abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, que é o Espírito de Deus.
.
Lc 12:23; Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que o vestido.
Jo 21:12; Disse-lhes Jesus: Vinde, jantai. E nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: Quem és tu? sabendo que era o Senhor.
Ef 3:20; Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,
1Tm 6:8; Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.
1Tm 6:10; Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
Ml 3:14; Vós dizeis: Inútil é servir a Deus; que nos aproveitou termos cuidado em guardar os seus preceitos, e em andar de luto diante do Senhor dos Exércitos?
Mt 6:24; Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há-de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Lc 10:40; Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude.
Jo 12:26; Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.

Meditámos sobre o facto de termos um Deus rico que quer suprir as nossas necessidades, mas devemos expulsar o espírito maligno que quer fazer-nos amar o dinheiro e aos outros bens materiais, acima de Deus, e quer que tratemos o dinheiro como um senhor a quem devemos servir, com o qual devemos estar preocupados, no qual devemos pensar continuamente, e cheios de medo de que nos falte o dinheiro, deixamos de dar o dízimo e as ofertas alçadas, e porque não temos fé em Deus, cada vez temos menos bens materiais.
Quanto mais conhecermos a palavra de Deus, mais fé teremos Nele, mas quanto mais dinheiro tivermos, mais devemos usar para servir o nosso Criador, que tem predestinado todas as coisas, se não o servirmos, estamos a servir o inimigo, que é satanás.
Devemos valorizar mais a comunhão com Deus, do que os bens materiais, porque Deus nos dá bens materiais, mas estes não nos dão o Deus vivo, o nosso Pai Celestial.










Sem comentários:

Uma Murmuração

Anciãos ou Presbíteros Eram os mesmos que os Bispos (Comentários estão entre parêntesis e tiveram a ajuda da Sociedade Religiosa Edições V...