O Espírito de Deus Provoca Terramotos Espirituais


Terramoto


Mc 16:17; A nossa intenção é mostrar, pela palavra de Deus, que falar em língua estranha, é um privilégio do espírito humano, principalmente da pessoa que já recebeu o Senhor Jesus Cristo, como seu Rei, Senhor e Salvador, que pede e crê que recebe, este dom.
Para expulsar demónios, também precisa crer, e deve fazê-lo em nome do Filho Unigénito de Deus.

1 Co 14:1; "Segui a caridade"
2. Ao falar em língua estranha a minha intenção deve ser dirigir-me a Deus, porque Ele sabe a minha intenção.
4. posso edificar-me falando a Deus em língua estranha (estranha para os que falam português).
5. Ele quer que todos falem em língua estranha.
6. Para dar uma mensagem, devo fazê-lo na língua das pessoas que me ouvem, se eu escrevesse em línguas estranhas, ninguém poderia ler, mas Deus sabia a minha intenção.
12.Devo pedir a Deus que me dê o dom de falar línguas estranhas, se essa for a minha vontade.
13. quando acabo de falar devo pedir a Deus que me dê a interpretação, e devo ter uma atitude de fé para receber a interpretação.
14. É o meu espírito que ora em línguas para o Deus que é Espírito.
15. Não erro, se orar em línguas, se pedir e receber a mesma oração com interpretação em português, só o diabo é que perde o controlo quando eu falo, oro ou canto em línguas, e não as interpreto, ele fica irritado, mas os irmãos que seguem a caridade, não se irritam, podem é orar a Deus pelo irmão que não teve fé para interpretar.
16. É bom que o irmão ore de acordo com a Bíblia, e que os que ouvem possam concordar.
17. O alvo do que fala em línguas deve ser o facto de ter interpretação, para edificar a pessoa que ouve.
19. De livre vontade, devo apresentar a interpretação.
22. Para crer na existência de Deus, os crentes não precisam de falar em línguas, porque já nasceram de novo e olhando para a criação de Deus, tanto invisível como visível, sabem que só o Pai celestial, Aquele que se formou por si mesmo, poderia ter criado todas as coisas.
23. Seria um absurdo que numa reunião, todas as pessoas falassem em línguas e não dessem a interpretação.
27. Se os pregadores, derem uma mensagem em línguas, seriam loucos se exigissem que ouvintes entendessem.
29. Se alguns profetas devem julgar os pregadores, os que julgam terão de entender o que eles dizem.
33. Não deve haver confusão.
Se um bebé de três meses de idade chorar, a mãe, ou o médico, sabem o que ele precisa, isso causa nenhuma confusão.
39. ...Não proibais falar línguas.
40. ...Decentemente e com ordem.
Tenho assistido a algumas reuniões, onde cantam um hino em português e depois cantam o mesmo hino em línguas, isso não causa confusão, porque é feito sob a direcção da pessoa que está a dirigir a reunião.
Se o líder disser o seguinte: vamos todos orar em línguas pelo irmão Manuel, isso não causa confusão, e só Deus é que sabe o que foi dito, e essa oração é mais perfeita porque foi feita pelo espírito do crente, se fosse feita com o seu entendimento, não seria tão perfeita, porque não sabemos o que havemos de pedir, como convém. (Rm 8:26,27).

Meditámos sobre o dom de falar língua estranha, que deve ser usado numa atitude de amor.
A edificação da igreja, deve ser o propósito principal, para profetizar e para falar línguas, e para tudo o que façamos, nas reuniões dos filhos de Deus.
A pessoa que fala em língua estranha, está, como que a dizer, o seguinte:
Eu creio no que Jesus Cristo disse, acerca da salvação, e estou salvo por Cristo, e eu creio no que Ele disse acerca de expulsar demónios, e falar novas línguas.
Por essa razão é que as línguas são um sinal só para os descrentes se elas forem interpretadas, mas não são um sinal para os crentes, porque todos eles sabem que aquele irmão está salvo, expulsa demónios e fala em línguas estranhas, então seria uma mensagem desnecessária para os crentes.
Mas os que profetizam e ainda não falam, línguas estranhas, e também todos os outros irmãos, não devem proibir falar línguas estranhas.
Rm 14:17; Nas reuniões deve haver:
Justiça, paz, e alegria motivadas pelo Espírito de Deus, e deve haver santificação, e boa administração.















Comentários

Mensagens populares deste blogue

Considera-o como um Gentio e Publicano

Entra no Gozo do teu Senhor Jesus Cristo o Rei Eterno

O Fruto da Justiça Semeia-se na Paz