Produzindo Filhos com Amor e responsabilidade




A Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal


A nossa intenção é obter um maior conhecimento da melhor maneira, de não causar confusão, na área sexual, e no relacionamento entre sexos masculino e feminino, porque é necessário que se faça tudo decentemente e com ordem, em amor, e com responsabilidade da situação social em que se cada pessoa se encontra, e do crescimento da nação. É necessário que o pai e a mãe, amem os seus filhos, isto é: que cuidem deles, sabendo que isso é o seu dever perante as leis do estado, como também gostavam que os seus pais tivessem feito, alguns não cuidaram dos seus filhos porque o estado não lhes dava nenhum subsídio, e a injustiça era muito grande, ganhavam salários miseráveis que não lhes chegava para os gastos mínimos, as casas onde moravam, não tinham instalações sanitárias, e ninguém sabia o que fazer para melhorar a sua situação económica e financeira.
Creio que as leis do estado português, já ajudam algumas pessoas, mas parece-me que ainda há muita desorganização, e algumas faltas, para não dizer que há algumas mentiras, e aproveitamentos por causa da ganância.

Gn 2:17; Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
Ex 20:4; Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Ex 20:5; Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.
Exo 20:7; Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.
Exo 20:10; Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas.
Ex 20:13; Não matarás.
Ex 20:14; Não adulterarás.
Ex 20:15; Não furtarás.
Ex 20:16; Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
Ex 20:17; Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.
Exo 22:16; Se alguém enganar alguma virgem, que não for desposada, e se deitar com ela, certamente a dotará por sua mulher.
Lev 18:3 - Não fareis segundo as obras da terra do Egito, em que habitastes, nem fareis segundo as obras da terra de Canaan, para a qual vos levo, nem andareis nos seus estatutos.
Lev 18:7; Não descobrirás a nudez do teu pai e de tua mãe: ela é tua mãe; não descobrirás a sua nudez.
Lev 18:8;Não descobrirás a nudez da mulher de teu pai; é nudez de teu pai.
Lev 18:9; A nudez da tua irmã, filha de teu pai, ou filha de tua mãe, nascida em casa, ou fora de casa, a sua nudez não descobrirás.
Lev 18:10; A nudez da filha do teu filho, ou da filha da tua filha, a sua nudez não descobrirás; porque é tua nudez.
Lev 18:11; A nudez da filha da mulher do teu pai, gerada do teu pai (ela é tua irmã), a sua nudez não descobrirás.
Lev 18:12; A nudez da irmã do teu pai não descobrirás; ela é parenta de teu pai.
Lev 18:13; A nudez da irmã de tua mãe não descobrirás; pois ela é parenta de tua mãe.
Lev 18:14; A nudez do irmão de teu pai não descobrirás; não te chegarás à sua mulher; ela é tua tia.
Lev 18:15; A nudez da tua nora não descobrirás: ela é mulher de teu filho; não descobrirás a sua nudez.
Lev 18:16; A nudez da mulher do teu irmão não descobrirás; é a nudez de teu irmão.
Lev 18:17; A nudez de uma mulher e da sua filha não descobrirás; não tomarás a filha do seu filho, nem a filha da sua filha, para descobrir a sua nudez; parentas são; maldade é.
Lv 18:18; E não tomarás uma mulher com sua irmã, para afligi-la, descobrindo a sua nudez com ela na sua vida.
Lv 18:19; E não te chegarás à mulher durante a separação da sua imundícia, para descobrir a sua nudez,
Lv 18:20; Nem te deitarás com a mulher do teu próximo para cópula, para te contaminares com ela.
Lv 18:22; Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;
Lv 18:23; Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele, nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.

Meditámos sobre a melhor maneira de pôr ordem e amor, nas relações sexuais, que devem ser bem geridas, para que tenhamos muitos filhos e filhas, mas tudo com respeito pelas leis de Deus, porque Ele deseja o nosso bem, por isso inspirou os Seus homens santos para escreverem sobre este assunto, tão importante.
Ele Mesmo tornou as relações sexuais agradáveis para facilitar a multiplicação do ser humano e dos animais, mas tudo deve ser gerido com muita sabedoria, e com responsabilidade, pelos filhos que daí nascerem, os quais precisam de muita ajuda, para que se tornem pessoas responsáveis pelos seus actos.
Os órgãos sexuais, e todo o corpo humano, demonstram a sabedoria do Deus vivo, no qual vivemos nos movemos e existimos, e devemos viver para um só fim, que é o seguinte: louvar a Deus, e glorificá-Lo, porque Ele nos mandou a este planeta para sermos felizes, mas infelizmente muitos não conhecem as leis de Deus, que é o Deus do amor e da paz.















Comentários

Mensagens populares deste blogue

Considera-o como um Gentio e Publicano

Entra no Gozo do teu Senhor Jesus Cristo o Rei Eterno

O Fruto da Justiça Semeia-se na Paz